Posted 02/09/2009 by Rui Malheiro in Observatório
 
 

André Dias

André Dias
André Dias

André Dias (São Paulo)

 

Perfil

2008

Central descoberto pelo Paraná no Palestra de São Bernardo, clube da sua cidade natal, as suas boas prestações no «Tricolor da Vila», no decurso do Brasileirão 2001, valeram-lhe a transferência, em 2002, para o Flamengo. Contudo, acusaria demasiado o peso de ter sido contratado para substituir o ídolo Juan, transferido para o Bayer Leverkusen, e algumas exibições menos conseguidas conduziram à sua dispensa. Depois de relançar a sua carreira ao serviço do Paysandu e do Goiás, André Dias rumaria, em 2006, ao São Paulo, clube onde conquistou espaço e relevância de época para época. Protagonista de um excelente exercício em 2008, o melhor da sua carreira, assumiu um papel de destaque no tricampeonato do «Tricolor paulista», o que lhe valeu o prémio de melhor defesa central do Brasileirão.

 

André Gonçalves Dias

Data de Nascimento: 15 – 05 – 1979
Nacionalidade: Brasil
Altura: 1.84
Peso: 80
Posição: Defesa Central; Líbero
Internacional AA pelo Brasil

ÉPOCA CLUBE JOGOS GOLOS
1999 Palestra São Bernardo
1999 Paraná
2000 Paraná
2001 Paraná 22 (0) 1
2002 Paraná 0 0
2002 Flamengo 10 (1) 0
2003 Flamengo 0 0
2003 Paysandu 26 (0) 1
2004 Goiás 42 (0) 1
2005 Goiás 32 (0) 2
2006 São Paulo 16 (2) 1
2007 São Paulo 26 (4) 1
2008 São Paulo 32 (0) 3
2009 São Paulo 29 (0) 1
2009/10 Lazio 12 (0) 2
2010/11 Lazio 33 (0) 2
2011/12 Lazio

2008/09

– Capacidade física – corpo a corpo
– Disponibilidade física
– Agressividade e capacidade de pressão
– Desarme e poder de antecipação
– Jogo aéreo – defesa e ataque
– Remate – jogo aéreo e pé direito
– Prático
– Sentido posicional
– Liderança

 

Multimédia

 

 

foto © Vipcomm


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.