Posted 02/09/2009 by Rui Malheiro in Observatório
 
 

Andrés Palop

Andrés Palop
Andrés Palop

Andrés Palop (Sevilha)

 

Perfil

2008/09

Produto das escolas do Valencia, a falta de espaço para se impor na equipa principal da formação «che» conduziu-o a um empréstimo ao Villarreal, onde se conseguiu impor como titular indiscutível, participando, em 1997/98, na histórica promoção do «Submarino Amarelo» à divisão principal. De regresso a Valencia, Andrés Palop, também conhecido por «Pantera», passou seis temporadas na sombra de Santiago Cañizares, o que não o impediu de se sagrar bicampeão espanhol e de vencer uma Taça UEFA e uma Supertaça europeia. Cansado do seu papel secundário, aceitou rumar, no Verão de 2005, ao Sevilha, impondo-se como um dos guardiões mais sólidos do campeonato espanhol. Decisivo nos trajectos vitoriosos dos «Rojiblancos» na Taça UEFA em 2005/06 e 2006/07, Palop sagrar-se-ia campeão europeu pela Selecção espanhola em 2008, isto apesar de ainda não somar qualquer internacionalização. Protagonista, em 2008/09, de uma época notável, a melhor da sua carreira, arrecadou o impressionante registo de 16 «balizas-virgens» em 35 jogos, o que lhe valeu o prémio de guarda-redes do ano da Liga.

 

Andrés Palop Cervera

Data de Nascimento: 22 – 10 – 1973
Nacionalidade: Espanha
Altura: 1.84
Peso: 75
Posição: Guarda-Redes
Não é internacional pela Espanha

ÉPOCA CLUBE JOGOS GOLOS
1995/96 Valencia B 34 0
1996/97 Valencia B 34 0
1997/98 Villarreal 39 0
1998/99 Villarreal 35 0
1999/00 Valencia 15 (0) 0
2000/01 Valencia 1 (0) 0
2001/02 Valencia 6 (1) 0
2002/03 Valencia 7 (2) 0
2003/04 Valencia 0 (0) 0
2004/05 Valencia 10 (1) 0
2005/06 Sevilha 36 (0) 0
2006/07 Sevilha 34 (0) 0
2007/08 Sevilha 31 (0) 0
2008/09 Sevilha 35 (0) 0
2009/10 Sevilha 33 (0) 0
2010/11 Sevilha 19 (0) 0
2011/12 Sevilha 13 (0) 0
2012/13 Sevilha

2008/09

– Reflexos, Agilidade e Elasticidade
– Colocação
– Voz de comando
– Agressividade
– Defesa de grandes penalidades
– Saídas pelo chão
– Um para um
– Domínio da pequena área
– Saídas pelo ar
– Lançamento de Ataques – mãos e pés
– Liderança

 

Multimédia

 

 

foto © Reuters


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.