Áustria 2008/09

Red Bull Salzburgo
Red Bull Salzburgo

Balanço

A

pós uma passagem mal sucedida pelo Al-Sadd do Qatar, Co Adriaanse, técnico holandês que conduziu o FC Porto ao primeiro título do tetra, foi apontado como sucessor de Giovanni Trapattoni no comando do Red Bull Salzburgo. O objectivo era claro: recuperar o título perdido na última temporada para o Rapid Viena, ainda que com um corte orçamental em relação aos exercícios anteriores, o que não impediu a aquisição do veterano central Opdam e o avançado/extremo Nelisse, dois jogadores «fetiche» do técnico, que já os orientara no AZ Alkmaar. A resposta de Adriaanse foi concludente: se durante o primeiro terço da época a equipa acusou uma excessiva irregularidade, até pela adaptação ao 4x3x3 e à alternativa 3x3x3x1, esquemas tácticos pouco habituais na Liga austríaca, a chegada à liderança à 14ª jornada encetou uma caminhada segura até ao título, confirmado a duas rondas do fim da prova, com uma vitória caseira diante do LASK Linz (2-1), depois de ter deixado para trás Rapid Viena e Sturm Graz, os clubes que ofereceram maior resistência ao 5º título da história dos «Bois» de Salzburgo. Contudo, ao contrário do que seria expectável, a época do novo campeão foi marcada por inúmeros sobressaltos, já que o temperamento complicado de Co Adriaanse voltou a produzir estragos. A aposta na permanente rotatividade dos jogadores, com inúmeras trocas posicionais e passagens da titularidade para a bancada, agravada pelas críticas públicas ao rendimento e qualidades de alguns, gerou permanentes situações de instabilidade no balneário e junto dos directores do clube. Por isso, mesmo com o título conquistado, Adriaanse não viu o seu contrato ser renovado e o nome do seu sucessor – o também holandês Huub Stevens – foi tornado oficial mais de um mês antes do fim da competição.

 

Classificação:

 1.Red Bull Salzburgo           36 23  5  8 86-50  74 Campeão; Liga Campeões (2ªPré)
 2.SK Rapid Viena               36 21  7  8 89-43  70 Liga Europa (2ªPré)
 3.FK Austria Viena             36 17 11  8 59-46  62 Liga Europa (3ªPré)
 4.SK Sturm Graz                36 17  9 10 68-45  60 Liga Europa (2ªPré)
 5.SV Ried                      36 17  9 10 58-38  60
 6.SK Austria Kärnten           36 11  8 17 47-57  41
 7.LASK Linz                    36 11  4 21 35-67  37
 8.Kapfenberger SV Superfund    36 10  6 20 48-81  36
 9.SV Mattersburg               36  8  9 19 42-71  33
-----------------------------------------------------
10.SC Rheindorf Altach          36  8  6 22 56-90  30  Despromovido

 

Quem Subiu:

SC Magna Wiener Neustadt.

 

Melhores Marcadores

Marc JANKO (Red Bull Salzburgo), 39
Erwin HOFFER (Rapid Viena), 27
Stefan MAIERHOFER (Rapid Viena), 23
Mario HAAS (Sturm Graz), 15
Milenko ACIMOVIC (Austria Viena), 14
Rubin Rafael OKOTIE (Austria Viena), 14
Ignacio Ortiz-Rodríguez «NACHO» (SV Ried), 14
Hamdi SALIHI (SV Ried), 14
Steffen HOFMANN (Rapid Viena), 12
Ilco NAUMOSKI (SC Mattersburg), 12
Robin NELISSE (Red Bull Salzburgo), 12
Andreas HÖLZL (Sturm Graz), 11
Herwig DRECHSEL (SV Ried), 10
Christian MAYRLEB (LASK Linz), 10
ADI Rocha Sobrinho Filho (Áustria Kärnten), 10

 

Dados Relevantes

O Campeão

5º título austríaco do Red Bull Salzburgo, que recuperou o título que perdera na última época.

Clubes com mais títulos

Rapid Viena (32), FK Austria Viena (23), FC Wacker Innsbruck (10), Admira Viena (8), First Vienna (6), Red Bull Salzburgo (5).

Mais vitórias

Red Bull Salzburgo (23).

Menos derrotas

Red Bull Salzburgo, Rapid Viena e Austria Viena (8).

Melhor ataque

Rapid Viena (89).

Melhor defesa

SV Ried (38).

Menos empates

LASK Linz (4).

Mais empates

Austria Viena (11).

Menos vitórias

SCR Altach e SV Mattersburg (8).

Mais derrotas

SCR Altach (22).

Pior ataque

LASK Linz (35).

Pior defesa

SCR Altach (90).

Melhor equipa nos jogos em casa

Red Bull Salzburgo (48). 16 vitórias, 0 empates e 2 derrotas.

Melhor equipa nos jogos fora de casa

Rapid Viena (28). 8 vitórias, 4 empates e 6 derrotas.

Melhor série de vitórias consecutivas

Red Bull Salzburgo e Sturm Graz (7).

Melhor série de jogos consecutivos sem perder

Red Bull Salzburgo (10). Entre a jornada 9 e a jornada 18.

Pior série de derrotas consecutivas

LASK Linz (9).

Pior série de jogos consecutivos sem vencer

SV Mattersburg (21). Entre a jornada 8 e a jornada 28, período em que somou 8 empates e 13 derrotas.

Média de golos

3,3 golos por jogo. Representou um relevante acréscimo de 0,6 em relação ao exercício anterior, em que a média de golos por jogo foi de 2,7.

Jogo com mais golos

SV Mattersburg – SK Sturm Graz (5-6).

Maior goleada

Rapid Viena – SCR Altach (8-1).

Resultados mais comuns

2-0 (23), 2-1 (22), 1-0 (20), 3-0 e o 3-1 (17).

Percentagem de jogadores austríacos utilizados na Liga

63,5%. Representou uma queda de 1,2% em relação à época anterior (64,7%).

Equipa mais nacional

LASK Linz – 76,9% de utilização de jogadores austríacos.

Equipa menos nacional

Red Bull Salzburgo – 26,4% de utilização de jogadores austríacos.
Das 10 equipas participantes na Liga apenas o Red Bull Salzburgo ficou abaixo dos 50% de utilização de jogadores austríacos.

Países mais representados (utilização em jogos da Liga)

Áustria (63,5%), Croácia (3,7%), Alemanha (3,5%), República Checa (2,4%), Bósnia e Brasil (2,1%).

Jogadores mais utilizados

– Andreas Ulmer, SV Ried e Red Bull Salzburgo, 37 jogos
(mais um do que o número total de jornadas -, 36 dos quais completos, que lhe permitiram totalizar 3317 minutos de utilização)
– Thomas Gebauer, SV Ried, 36 jogos, 3240 minutos (totalista)
– Ilja Kandelaki, Sturm Graz, 36 jogos, 3240 minutos (totalista)
– Mario Sonnleitner, Sturm Graz, 36 jogos, 3165 minutos.

Jogadores com melhor média pontual

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 19 jogos)

– Robin Nelisse, Red Bull Salzburgo, 2,188 (32 jogos)
– Louis Ngwat Mahop, Red Bull Salzburgo, 2,148 (27 jogos)
– Ronald Gercaliu, Red Bull Salzburgo, 2,130 (23 jogos)
– Alexander Zickler, Red Bull Salzburgo, 2,125 (24 jogos).

O melhor marcador

Marc Janko (Red Bull Salzburgo)
39 golos em 34 jogos
24 golos apontados em casa e 15 em jogos extramuros
17 golos obtidos na primeira parte e 22 na segunda parte
Marcou golos em 22 partidas: 11 golos foram «solitários», juntando ainda 6 «duplas», 4 «triplas» e 1 «quádrupla», esta na deslocação vitoriosa (4-3) ao terreno do SCR Altach.

Jogador com a melhor série de jogos consecutivos a marcar golos

Marc Janko (Red Bull Salzburgo), 7.

Jogador mais eficaz

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 19 jogos)

Marc Janko (Red Bull Salzburgo), 1 golo a cada 67 minutos de utilização.

Melhor «joker» – jogador com mais golos como suplente utilizado

Marc Janko (Red Bull Salzburgo), 5 golos em 3 partidas como suplente utilizado.

Guarda-redes menos batido

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 19 jogos)

Christian Gratzei (Sturm Graz), 0,95 golos sofridos por jogo.

Guarda-redes com mais «balizas-virgens»

Thomas Gebauer (SV Ried), 14 em 36 jogos

Guarda-redes com melhor percentagem de «balizas-virgens»

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 19 jogos)

Christian Gratzei (Sturm Graz), 50% (10 em 20 jogos)

Guarda-redes que mais minutos esteve sem sofrer golos

Andreas Schranz (Austria Kärnten), 531 minutos, numa série iniciada na 2ª jornada e que se prolongou entre a 6ª e a 11ª jornada.

 

Taça

24-5-2009
Trenkwalder Admira, 1 (Sascha Laschet, 72.)
Austria Viena, 3 (Rubin Rafael Okotie, 60., Milenko Acimovic, 94. e 100.)

 

RED BULL SALZBURGO: O CAMPEÃO

 
Estatísticas

Nac. Pos. Nome J G A V Min.
AUT G Heinz ARZBERGER 13 0 0 0 1.082
AUT MD René AUFHAUSER 25 2 6 0 1.878
HUN D László BODNÁR 28 2 4 1 2.463
TUN MD Anis BOUSSAÏDI 28 1 10 0 2.222
SRB D Milan DUDIC 9 1 1 0 219
AUT D Ronald GERCALIU 23 0 3 0 1.710
SWE G Eddie GUSTAFSSON 9 0 1 0 810
SRB M Sasa ILIC 3 0 0 0 258
AUT A Marc JANKO 34 39 8 0 2.596
SVK MA Vladimir JANOCKO 16 5 3 0 755
CZE MA Patrik JEZEK 15 2 0 0 1.111
CRO M Niko KOVAC 12 0 3 0 828
AUT M Christoph LEITGEB 16 0 1 0 1.280
SUI MD Remo MEYER 10 0 1 0 732
ANT A Robin NELISSE 32 12 3 0 1.661
CMR A Louis NGWAT-MAHOP 27 3 1 1 1.026
AUT AM Ernst ÖBSTER 5 0 1 0 322
GER G Timo OCHS 15 0 1 0 1.348
NED D Barry OPDAM 25 0 4 0 2.188
CZE M Karel PITÁK 16 4 5 0 1.296
UGA D Ibrahim SEKAGYA 34 1 4 1 2.891
CMR AM Somen TCHOYI 32 6 4 0 2.334
TUN M Majdi TRAOUI 2 0 0 0 40
AUT DM Andreas ULMER 15 0 0 0 1.350
SUI MA Johan VONLANTHEN 29 3 4 0 1.508
GER A Alexander ZICKLER 24 5 2 0 1.665

 
A Táctica

Red Bull Salzburgo: a táctica

 

Treinador Campeão

Co Adriaanse
foto © REUTERS

CO ADRIAANSE

Passagem meteórica pelo futebol austríaco e, à semelhança do que aconteceu em Portugal, o êxito não produziu unanimidade. O seu temperamento irascível deixou marcas, a sua ideia de jogo ultra-ofensiva, a utilização de jogadores fora da sua posição natural e a rotatividade nas escolhas para o «onze» nem sempre foram compreendidas. O 4x3x3 foi modelo de eleição, o 3x3x3x1 a principal alternativa, mas chegou a ceder e a recorrer ao 4x4x2, desdobrável em 4x1x3x2, o esquema que os adeptos exigiam, de forma a juntar Zickler e Janko na frente de ataque.

 

Equipas-Tipo

[accordion title=”SK RAPID VIENA“]

Rapid Viena[/accordion]

[accordion title=”FK AUSTRIA VIENA“]

Austria Viena[/accordion]

[accordion title=”SK STURM GRAZ“]

Sturm Graz[/accordion]

[accordion title=”SV RIED“]

SV Ried[/accordion]

[accordion title=”SK AUSTRIA KÄRNTEN“]

Austria Kärnten[/accordion]

[accordion title=”LASK LINZ“]

Lask Linz[/accordion]

[accordion title=”KAPFENBERGER SV SUPERFUND“]

Kapfenberger SV Superfund[/accordion]

[accordion title=”SV MATTERSBURG“]

SV Mattersburg[/accordion]

[accordion title=”SC RHEINDORF ALTACH“]

Rheindorf Altach[/accordion]

 

O «ONZE» DO ANO

Áustria 2008/09: onze do ano

 

Figuras da Época

Thomas Gebauer
foto © nachrichten.at

THOMAS GEBAUER (SV RIED)

László Bodnár
foto © RedBull/Gepa

LÁSZLÓ BODNÁR (RED BULL SALZBURGO)

Ibrahim Sekagya
foto © Zimbio

IBRAHIM SEKAGYA (RED BULL SALZBURGO)

Manuel Ortlechner
foto © weltfussball.de

Manuel Ortlechner (SK Austria Kärnten)

Andreas Ulmer
foto © EXPA pictures

Andreas Ulmer (Red Bull Salzburgo/SV Ried)

Markus Heikkinen
foto © skrapid.at

Markus Heikkinen (Rapid Viena)

Steffen Hofmann
foto © kleinezeitung.at

Steffen Hofmann (Rapid Viena)

Milenko Acimovic
foto © Gepa

Milenko Acimovic (Austria Viena)

Somen Tchoyi
foto © AP

Somen Tchoyi (Red Bull Salzburgo)

Marc Janko
foto © RedBull/Gepa

Marc Janko (Red Bull Salzburgo)

Erwin Hoffer
foto © Bernhard Mössner

Erwin Hoffer (Rapid Viena)

 
foto de abertura © REUTERS


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.