Random Article


 
A ferver
 

 
Caderneta da Bola
 
 
 
Caderneta da Bola
 
Saigão.
Saigão.
Saigão.

Saigão.

Saigão... foda-se, ainda só estou em Saigão. Cada vez que penso que terei que sair algum dia e voltar para a selva. Quando voltei a casa pela primeira vez depois da minha primeira missão, aqueles dois anos em Timor, foi pio...
 
 
Caderneta da Bola
 
Zito, ou a presença de todo o futebol na ausência de um canhoto
Zito, ou a presença de todo o futebol na ausência de um canhoto
Zito, ou a presença de todo o futebol na ausência de um canhoto

Zito, ou a presença de todo o futebol na ausência de um canhoto.

Aqui jaz, então, nas entranhas dos cursos de treinador de segundo nível e do anonimato quotidiano, levado cedo demais desta vida da bola incapaz de traduzir em número a sua poesia, apesar de moldado por inúmeros campeões. ...
 

 
Caderneta da Bola
 
ziad
ziad
ziad

Ziad: O voo rasante da Águia de Cartago rumo ao golo e à liberdade.

45 golos em mais de 100 jogos ao longo de 5 épocas, vitórias europeias incluídas como aquela noite lendária contra a Real Sociedad. Uma relação tumultuosa com alguns dos seus treinadores, outra de amor indestrutível com ...
 
 
Caderneta da Bola
 
wender_caderneta
wender_caderneta
wender_caderneta

Shukran, Wenderson.

Wender é, enfim, todos eles, mais a busca incessante da paz que só os que atravessam o deserto sabem o que é e expressá-la. A sua Sidi Bouzid é o flanco esquerdo, a sua voz a bola e o corpo movido pelo olhar perdido, a car...