Croácia 2008/09

Dinamo Zagreb
Dinamo Zagreb

Balanço

G

rande dominador do futebol croata desde a sua independência, o Dinamo Zagreb confirmou, em 2008/09, essa condição, juntando a conquista do título – 4º consecutivo e 11º do seu palmarés – à da Taça – 3ª consecutiva e 10ª do seu historial. Contudo, a época de sucesso dos «Modri» esteve longe de ser pacata e o desenlace vitorioso acabou por ser bem mais custoso do que seria inicialmente expectável. Se o arqui-rival Hajduk Split irrompeu no novo exercício mais forte e ambicioso, mostrando argumentos para pelejar por ambos os troféus, o Dinamo viveu uma época muito instável, como o comprovam as várias alterações no plantel, que dificultaram a definição de uma «equipa-tipo», e, sobretudo, as duas mudanças no comando técnico. É que o regressado Branko Ivanovic, que rendeu o campeão Zvonimir Soldo no início da época, não resistiu a uma campanha europeia aquém das expectativas, sendo substituído por Marijan Vlak, que foi despedido após ser superado pelo Hajduk na liderança da Liga. Seria Krunoslav Jurcic, jovem técnico que se destacara no Slaven Belupo, a reencaminhar os «Modri» na direcção do título, aproveitando um final de época irregular da formação de Split, que perdeu 10 pontos nas últimas 5 jornadas, e a afiançar o triunfo na Taça, apenas garantido após o desempate por pontapés da marca de grande penalidade.

 

Classificação:

 1.Dinamo Zagreb            33 23  5  5 71-26 74  Campeão; Liga Campeões (2ªpré)
 2.Hajduk Split             33 21  5  7 59-25 68  Liga Europa (3ª pré)
 3.NK Rijeka                33 17  5 11 50-44 56  Liga Europa (2ª pré)
 4.Slaven Belupo Koprivnica 33 16  7 10 46-39 55  Liga Europa (1ª pré)
 5.NK Zagreb                33 13  8 12 38-39 47
 6.NK Sibenik               33 13  7 13 44-35 46
 7.NK Osijek                33 10 11 12 40-41 41
 8.Cibalia Vinkovci         33 10  8 15 33-53 38
 9.Inter Zapresic           33  9  9 15 41-50 36
10.Varteks Varazdin         33 10  5 18 41-55 35
11.NK Zadar                 33  7  8 18 28-49 29
 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
12.Croatia Sesvete          33  6  8 19 31-66 25  [-1] Playoff

Notas:

– O Croatia Sesvete foi penalizado com a perda de um ponto, na sequência de uma dívida ao Imotski.

– A Liga croata será alargada para 16 clubes em 2009/10. Por isso mesmo, nenhum clube desceu automaticamente à 2ªDivisão. O 12º classificado da 1ªDivisão disputou um Playoff contra o 5º classificado da 2ªDivisão, enquanto que os 4 primeiros classificados subiram directamente à divisão maior.

– O Slavonac CO Stari Perkovci, 4º classificado da 2ªDivisão, recusou-se a subir de divisão. Com isso, o 5º classificado subiu automaticamente à divisão maior, enquanto que o 6º classificado teve direito a disputar o Playoff.

 

Playoff

[entre o Croatia Sesvete, 12º classificado da 1ªDivisão, e o Hrvatski dragovoljac, o 5º (neste caso 6º) classificado da 2ªDivisão]

Hrvatski dragovoljac – Croatia Sesvete, 0-0
Croatia Sesvete – Hrvatski dragovoljac, 2-1

– O Croatia Sesvete garantiu a manutenção na 1ªDivisão.

 

Quem Subiu:

Istra 1961 Pula, NK Karlovac, Lokomotiva Zagreb, Međimurje Čakovec.

 

Melhores Marcadores

Mario MANDZUKIC (Dinamo Zagreb), 16
Nikola KALINIC (Hajduk Split), 15
Anas SHARBINI (Rijeka), 14
Bojan VRUCINA (Slaven Belupo), 14
Ermin ZEC (Sibenik), 14
Senijad IBRICIC (Hajduk Split), 12
Ahmed SHARBINI (Rijeka), 12
Goran MUJANOVIC (Varteks), 11
Ilija SIVONJIC (Dinamo Zagreb), 11
Davor VUGRINEC (NK Zagreb), 11
Ivan RODIC (Sibenik), 9
Josip BARISIC (Osijek), 8
Jorge SAMMIR (Dinamo Zagreb), 8
Drago GABRIC (Hajduk Split), 8
Ivan KRSTANOVIC (NK Zagreb), 8
Zeljko MALCIC (Cibalia), 8

 

Dados Relevantes

O Campeão

11º título do Dinamo Zagreb em 18 edições da prova, o que o torna no grande dominador da competição desde que em 1992 se tornou oficial. Foi, igualmente, o quarto título consecutivo, depois das vitórias em 2005/06, 2006/07 e 2007/08.

Clubes com mais títulos

Dinamo Zagreb (11), Hajduk Split (6), NK Zagreb (1).

Média de golos

2,6 golos por jogo. Representou um decréscimo de 0,3 em relação à temporada anterior, onde a média de golos tinha sido de 2,9 por jogo.

Jogo com mais golos

Rijeka – Slaven Belupo (6-2).

Maior goleada

Dinamo Zagreb – Cibalia (6-0).

O melhor marcador

Mario Mandzukic (Dinamo Zagreb)
16 golos em 28 jogos
9 golos apontados em casa e 7 em jogos extramuros
7 golos obtidos na primeira parte e 9 na segunda parte
Marcou golos em 13 partidas: onze golos foram «solitários», aos quais juntou uma «dupla» e uma «tripla», obtida em casa na goleada sobre o Cibalia (6-0, 4ª jornada).

 

Taça

20-5-2009
Dinamo Zagreb, 3 (Mario Mandzukic, 13. e 57., Jorge Sammir, 29.)
Hajduk Split, 0

26-5-2009
Hajduk Split, 3 (Nikola Kalinic, 56. e 75., Mladen Bartolovic, 58.)
Dinamo Zagreb, 0

O Dinamo Zagreb venceu a Taça da Croácia no desempate por pontapés da marca de grande penalidade (4-3).

 

DINAMO ZAGREB: O CAMPEÃO

 
Estatísticas

Nac. Pos. Nome J G A V Min.
CRO M Milan BADELJ 31 4 0 0 2.109
CRO A Bosko BALABAN 13 6 1 0 862
CRO D Tomislav BARBARIC 6 0 2 0 195
CRO D Igor BISCAN 27 1 3 1 2.269
CRO G Tomislav BUTINA 24 0 0 1 2.136
ARG M Adrián CALELLO 12 0 1 0 885
BRA D CARLOS SANTOS de Jesus 7 0 0 0 401
CMR M Mathias CHAGO 16 2 2 0 604
CRO D Dino DRPIC 13 0 5 0 1.170
CRO DM Oélinton dos Santos «ETTO» 16 1 0 0 861
CIV M Franck GUELA 1 0 0 0 45
BIH DM Mirko HRGOVIC 25 2 7 0 1.779
ARG DM Luis Ezequiel IBÁÑEZ 23 1 1 0 1.645
CRO G Ivan KELAVA 10 0 0 0 834
CRO D Robert KOVAC 12 0 2 0 940
CRO A Andrej KRAMARIC 1 0 0 0 23
CRO D Dejan LOVREN 22 1 4 1 1.789
CRO M Mate MALES 1 0 0 0 71
CRO A Mario MANDZUKIC 28 16 6 0 2.347
CRO MD Mihael MIKIC 15 0 2 1 1.270
CHI M Pedro MORALES 21 7 1 0 1.236
BRA M Jorge SAMMIR 32 8 2 0 2.323
CRO AM Ilija SIVONJIC 14 3 0 0 946
CZE A Miroslav SLEPICKA 9 6 0 0 568
CRO A Tomislav SOKOTA 6 1 1 0 279
ARG AM Guillermo SUÁREZ 5 0 1 0 109
CRO A Josip TADIC 22 4 0 0 1.153
CRO DM Ivan TOMECAK 13 4 1 0 1.006
CRO M Ante TOMIC 8 1 0 0 239
CRO MD Ivica VRDOLJAK 29 3 2 0 2.445

 
A Táctica

Dinamo Zagreb: táctica

 

Treinador Campeão

Krunoslav Jurcic
foto © index.hr

KRUNOSLAV JURCIC

Terceiro técnico da temporada do Dinamo, Krunoslav Jurcic foi contratado numa altura em que a equipa perdera a liderança da Liga. Aos 39 anos, este antigo internacional croata, que se destacara como treinador ao serviço do Slaven Belupo, vice-campeão em 2007/08, mostrou-se à altura do desafio: adepto do 4x1x3x2, soube reorganizar o plantel e encontrar uma «equipa-tipo», em que mesclou jogadores jovens com «velhos tubarões», somando 10 vitórias – 8 delas consecutivas -, 2 empates e 1 derrota que guiaram os «Modri» ao 4º título consecutivo, a que juntou a vitória na Taça, depois de uma final disputadíssima diante do Hajduk Split.

 

O «ONZE» DO ANO

Croácia 2008/09: onze do ano

 

Figuras da Época

Matej Delac
foto © sportsfile

Matej Delac (Inter Zapresic)

Ivan Tomecak
foto © index.hr

Ivan Tomecak (Dinamo Zagreb)

Ivo Smoje
foto © sportnet.hr

Ivo Smoje (NK Osijek)

Robert Kovac
foto © Nikola Movrić

Robert Kovac (Dinamo Zagreb)

Luis Ibáñez
foto © index.hr

Luis Ibáñez (Dinamo Zagreb)

Ivica Vrdoljak
foto © nk-dinamo.hr

Ivica Vrdoljak (Dinamo Zagreb)

Milan Badelj
foto © slobodnadalmacija.hr

Milan Badelj (Dinamo Zagreb)

Anas Sharbini
foto © hrsport.net

Anas Sharbini (NK Rijeka)

Drago Gabric
foto © slobodnadalmacija.hr

Drago Gabric (Hajduk Split)

Nikola Kalinic
foto © slobodnadalmacija.hr

Nikola Kalinic (Hajduk Split)

Mario Mandzukic
foto © slobodnadalmacija.hr

Mario Mandzukic (Dinamo Zagreb)

 
foto © index.hr


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.