Posted 01/04/2013 by Daniel Pires in Business FC
 
 

Deloitte Football Money League 2011/2012. 4º – Bayern Munique.

Deloitte Football Money League 2011/2012. 4º - Bayern Munique.
Deloitte Football Money League 2011/2012. 4º - Bayern Munique.

A

pesar de não ter ganho nada em 2011/2012, o Bayern de Munique conseguiu aumentar o seu valor de receitas e tornar-se no 4º classificado desta Football Money League.

O maior clube alemão conseguiu aumentar as suas receitas em 15%, no valor de 47 milhões de euros, para um total de 368,4 milhões de euros, apesar de não ter ganho nem campeonato nem Taça (perdidos para o Borussia Dortmund) e de ter perdido a Final da Champions League em casa: derrota frente ao Chelsea, após o desempate por pontapés da marca de grande penalidade, na Allianz Arena.

As receitas de bilheteira do clube bávaro aumentaram em 13,5 milhões de euros (cerca de 19%) para os 85,4 milhões de euros, apesar de não ter havido aumento dos preços dos bilhetes. O Bayern conseguiu este crescimento nas receitas de bilheteira devido a dois factores fundamentais:

– Mais jogos disputados em casa (25, em comparação aos 23 da época anterior).

– Receita partilhada pelo facto da final da Champions League se ter disputado na Allianz Arena.

 
No que aos direitos de TV diz respeito, o Bayern também aumentou as receitas dos 71,8 milhões de euros para os 81,4 milhões de euros, devido à participação na Champions League, uma vez que o clube bávaro chegou à final da competição e, com isso, os prémios são muito maiores relativamente aos outros clubes.

Nas receitas de merchandising, o mais importante factor de receitas do Bayern (representa 55% do total de receitas) fez com que o clube alemão fosse o primeiro a ultrapassar, neste campo específico, os 200 milhões de euros em receitas comerciais. Para este valor, os acordos comerciais que o Bayern gera são impressionantes:

– Acordo com a Adidas para a renovação dos equipamentos, com um valor estimado de 25 milhões de euros / ano, até 2020.

– Adição da Imtech ao portefólio de parceiros premium do Bayern, bem como a renovação de contratos com a Samsung e a cerveja Paulaner.

– Fecho de novo contrato para o patrocínio da camisola com a Deutsche Telekom até 2017, num negócio avaliado em 30 milhões de euros / ano.

 
O Bayern de Munique é, claramente, o maior clube alemão e o resultado das suas contas demonstra-o. Depois de duas épocas em branco, a equipa bávara prepara-se, em 2012/2013, para ser campeã, como também está nas meias-finais da Taça (após eliminar o Dortmund) e nos quartos-de-final da Champions League.

Para além de já ter anunciado o acordo com Pep Guardiola, o que faz com que o interesse na Bundesliga tenha mais impacto mediático, este facto vai fazer com que a negociação dos direitos televisivos venha a ter também a sua importância. As notícias para o lado da Allianz Arena serão certamente positivas e prevê-se um aumento das receitas nesta época, fazendo com que o Bayern se afaste dos restantes concorrentes e se aproxime mais dos 3 principais clubes ao nível das receitas (Real Madrid, Barcelona e Manchester United), cimentando a sua posição global na Football Money League.

 
foto de abertura © pelauts.com


Daniel Pires

 
35 Anos. Produtor de TV. Pós-Graduado em Marketing Desportivo. Licenciado em Marketing. Apaixonado por futebol.