Posted 01/09/2009 by Rui Malheiro in Observatório
 
 

Eljero Elia

Eljero Elia
Eljero Elia

Eljero Elia (FC Twente)

 

Perfil

2008/09

Revelação do ano do futebol holandês em 2008/09, o que lhe valeu a atribuição do «Prémio Johan Cruyff», assumiu um papel determinante na excelente campanha do FC Twente, ao juntar 6 assistências a 9 golos. Depois de ter iniciado o seu trajecto de formação em clubes amadores, como o SV Voorburg, o Forum Sport e o TONEGIDO, «Elly», como também é conhecido, rumaria, aos 9 anos, para o ADO Den Haag, onde seria descoberto por olheiros do Ajax. Contudo, não se conseguiu impor em Amesterdão, o que o levou a regressar, ainda como juvenil, ao ADO Den Haag, onde se reencontraria com o bom futebol. Promovido, com apenas 17 anos, à equipa principal, foi ganhando preponderância de época para época, o que justificou a sua chamada às Selecções inferiores holandesas, como também o tornou num alvo dos «grandes». No final da época 2006/07, com a despromoção do ADO Den Haag ao segundo escalão, o Ajax voltou a interessar-se pelo seu concurso, mas Elia rejeitou o regresso aos «Filhos de Deus» para rumar, a troco de 200 mil euros, ao FC Twente, onde, depois de uma primeira época irregular, explodiria no último exercício. Colocado, novamente, na rota do Ajax, como também de PSV Eindhoven e Liverpool, acabaria por se transferir, em Julho de 2009, para o Hamburgo, clube que não hesitou em avançar com 9 milhões de euros para assegurar o seu concurso. Internacional BB holandês, não deverá demorar a estrear-se pela Selecção AA. Médio ala ou extremo, capaz de actuar sobre qualquer um dos flancos, é, no entanto, à esquerda que atinge maior rendimento, sobretudo porque lhe permite ser mais incisivo na exploração das diagonais, um dos pontos fortes do seu jogo, até porque se trata de um jogador destro. Forte a assumir acções de condução pelo flanco, Elia é um especialista a criar situações de desequilíbrio no um para um, ao revelar-se agressivo e destemido a partir para cima dos adversários, como também ao utilizar a sua impressionante velocidade, enorme agilidade e tremenda capacidade para promover acelerações, argumentos aos quais consegue aliar a sua boa técnica individual e uma grande gama de dribles, o que o torna num jogador desconcertante, mesmo que, em algumas situações, tenda a individualizar ou adornar excessivamente as suas acções. No entanto, revela sentido colectivo, ao ser capaz de proporcionar assistências para situações de finalização, ainda que possa ganhar uma maior consistência a nível dos cruzamentos e dos passes, itens em que tem registado uma evolução. Extremamente móvel e perspicaz a desmarcar-se, sabe aparecer em posições de finalização, quer à entrada da área, quer já dentro desta, onde se faz valer do seu bom poder de antecipação, principalmente em conclusões com o pé direito, que é o que melhor define. Pouco talhado para trabalho defensivo, tem, no entanto, denotado um crescimento a esse nível, quer ao participar, de forma mais activa, em acções de pressão, como também a fazer mais vezes o acompanhamento das subidas do lateral adversário, aspecto que negligenciava bastante no início do seu trajecto como sénior.

 

Data de Nascimento: 13 – 02 – 1987
Nacionalidade: Holanda
Altura: 1.76
Peso: 75
Posição: Médio Ala/Extremo Esquerdo; Médio Ala/Extremo Direito
Internacional BB pela Holanda

ÉPOCA CLUBE JOGOS GOLOS
2004/05 ADO Den Haag 0 (4) 1
2005/06 ADO Den Haag 17 (13) 2
2006/07 ADO Den Haag 13 (12) 3
2007/08 FC Twente 17 (6) 2
2008/09 FC Twente 34 (0) 9
2009/10 Hamburgo SV 20 (4) 5
2010/11 Hamburgo SV 18 (6) 2
2011/12 Hamburgo SV 2 (2) 0
2011/12 Juventus

 

Multimédia

 

 

foto © fct-enter.nl


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.