Espanha 2008/09: Os promovidos

Xerez
Xerez

OS CLUBES PROMOVIDOS À 1ªDIVISÃO

 

XEREZ CD

 
Equipa Tipo

Xerez: táctica

 
Treinador

Esteban Vigo
foto © furiaxerez.com

ESTEBAN VIGO

Antigo jogador do Barcelona, clube que representou entre 1977 e 1987, conheceu, aos 53 anos, o momento mais alto da sua carreira como técnico, ao conduzir o Xerez, pela primeira vez na sua história, ao escalão maior do futebol espanhol, isto depois de ter conseguido salvar a equipa da descida ao terceiro escalão em 2007/08. Inicialmente apontado como forte candidato à despromoção, até por ter arrancado a temporada com um plantel formado por apenas 14 jogadores, o Xerez, contrariando todas as expectativas, posicionou-se, desde a segunda metade da primeira volta, em zona de subida e de lá não mais saiu. Líder durante grande parte da segunda volta confirmou, na última jornada, o título de campeão, um prémio ao trabalho de Esteban Vigo, quase sempre fiel a um 4x2x3x1, que aliava grande rigor do ponto de vista táctico a uma ideia de jogo ofensivo, o que permitiu, em diversas ocasiões, conjugar boas exibições a excelentes resultados. O seu futuro passará pelo Hércules, depois da Direcção do Xerez ter recusado as suas condições para renovar contrato.

 
As Figuras

Momo
foto © google.es

Momo

Aythami
foto © furiaxerez.com

Aythami

 
Saragoça
foto © EFE

REAL SARAGOÇA

 
Equipa Tipo

Saragoça: táctica

 
Treinador

Marcelino García Toral
foto © EFE

MARCELINO GARCÍA TORAL

Técnico da moda do futebol espanhol, depois dos excelentes trabalhos realizados no Recreativo Huelva e Racing Santander, clube que guiou à Taça UEFA em 2007/08, surpreendeu tudo e todos ao trocar projectos europeus pela recondução do Saragoça – que lhe ofereceu 2,4 milhões de euros/ano – à divisão principal. Uma aposta de risco, já que as constantes entradas e saídas de jogadores até ao fecho do «Mercado de Verão» obrigaram Marcelino a um trabalho aturado, como também foi necessário adaptar um plantel de 1ªDivisão às especificidades competitivas do segundo escalão. Se é certo que os resultados demoraram a aparecer, também é verdade que, aos poucos, a equipa foi ganhando automatismos e percebendo as ideias do treinador, que apostou no 4x4x2 clássico como modelo de jogo. Por isso, depois de um final de primeira volta em franco crescimento, o Saragoça disparou em direcção à promoção, concretizada com um esplêndido final de época, onde acumulou 17 jogos consecutivos sem perder: 12 vitórias e 5 empates.

 
As Figuras

Ewerthon
foto © elzaragoza.com

Ewerthon

Jorge López
foto © as.com

Jorge López

 
Tenerife
foto © Reuters

CD TENERIFE

 
Equipa Tipo

Tenerife: táctica

 
Treinador

José Luis Oltra
foto © as.com

JOSÉ LUIS OLTRA

Técnico com um trajecto ascensional no futebol espanhol, concretizou, aos 40 anos, o maior feito da sua ainda curta carreira: reconduziu o Tenerife ao escalão principal, após sete longas e dolorosas temporadas no escalão secundário. Adepto de um futebol ofensivo e vistoso, de posse e toque de bola, algo muito pouco comum na Liga Adelante, Oltra, que alternou a utilização do 4x2x3x1 com o 4x4x1x1, conseguiu impor a sua ideia de jogo e alcançar resultados com um plantel sem grandes soluções para além do «onze base». O êxito dos «Azulones», que se revelaram fortíssimos do ponto de vista ofensivo, passou muito pela «química» criada entre Alfaro e Nino, responsáveis por 49 dos 79 golos apontados ao longo do exercício, mas também pela velocidade dos alas Juanlu e Kome e pela capacidade de passe e boa visão de jogo de Ricardo e Richi, dois médios centro que começaram as suas carreiras como «10». Contudo, o salto qualitativo dos «Insulares», que nunca conseguiram penetrar na zona de subida na 1ª volta, passou pelo acerto feito a nível defensivo a meio da temporada, altura em que Manolo Martínez e Luna passaram a formar o eixo central da defesa, enquanto que Pablo Sicilia deslocou-se do centro para o posto de lateral esquerdo. Uma série de 17 jogos consecutivos sem perder, entre a jornada 20 e 36, lançou definitivamente o Tenerife na rota da subida e só uma derrota na última jornada, na recepção ao Castellón, impediu que se sagrasse campeão da 2ªDivisão.

 
As Figuras

Alejandro Alfaro
foto © google.es

Alejandro Alfaro

Nino
foto © google.es

Nino

 
foto de abertura © EFE


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.