Posted 01/09/2009 by Rui Malheiro in Observatório
 
 

Fernando Belluschi

Fernando Belluschi
Fernando Belluschi

Fernando Belluschi (Olympiakos)

 

Perfil

2008/09

Produto das escolas do CA Federación, clube da sua cidade natal, e do Newell’s Old Boys, onde foi promovido, com apenas 18 anos, à equipa principal, Fernando Belluschi assumiu-se, entre 2004 e 2006, como uma das grandes pérolas do futebol argentino, o que lhe garantiu a chegada à Selecção AA, depois de um bom trajecto nas Selecções inferiores, e originou uma «guerra» entre River Plate e Boca Juniors, emblemas que disputaram, palmo a palmo, a sua aquisição. Rumaria aos Millonarios, onde não tardou a despertar a cobiça de vários emblemas europeus. Protagonista de um excelente Apertura 2007, Belluschi rumou, em Janeiro de 2008, ao Olympiakos, clube que investiu 7,4 milhões de euros na compra do seu passe, mas sentiu dificuldades de adaptação. Também conhecido por «Cabezón» ou «Samurai», explodiu, em 2008/09, ao juntar 5 golos a 5 assistências, assumindo um papel importante na conquista do penta por parte da «Lenda». O seu futuro passa pelo FC Porto, clube que assegurou a aquisição de metade do seu passe por 5 milhões de euros. Utilizado praticamente em todas as posições do sector intermediário no futebol argentino, tanto ao centro como mais aberto sobre as alas, fixou-se, no futebol grego, como médio ofensivo ou segundo avançado. Algo frágil do ponto de vista físico, o que o deixa, quase sempre, em desvantagem nos lances corpo a corpo, trata-se de um jogador fortíssimo a assumir acções de organização e condução de jogo, mostrando uma boa capacidade para gerir e definir os seus ritmos. Possui também grandes argumentos a nível do passe e perspicácia na leitura das movimentações e desmarcações dos seus colegas de equipa, o que o torna, a partir de posições mais recuadas, num jogador muito forte no lançamento de ataques, e, em posições mais próximas da área, num especialista no último passe. Muito ágil e capaz de promover acelerações no seu jogo, mesmo não se tratando de um jogador particularmente rápido, revela uma capacidade técnica acima da média, o que lhe permite definir, com facilidade, a um-dois toques, e um bom poder de drible, o que lhe garante a criação desequilíbrios no um para um. Bom executante de lances de bola parada, principalmente de livres laterais e pontapés de cantos, já que coloca a bola com grande facilidade na área a partir de cruzamentos – o que também acontece em lances de bola corrida quando abre sobre os flancos -, a sua mobilidade e capacidade de desmarcação permitem-lhe aparecer em posições de finalização, de forma a explorar o seu remate com ambos os pés – o direito é, de longe, o que melhor define. Ao seu jogo falta, contudo, uma maior estabilidade e consistência, já que no futebol europeu tem vindo a acusar alguma irregularidade a nível exibicional. No entanto, é um jogador de talento indiscutível, desequilibrador e com sentido colectivo, já que a sua disponibilidade física, que o leva a percorrer e ocupar inúmeros espaços ao longo do jogo, permite-lhe participar em trabalhos defensivos, mostrando-se agressivo na abordagem aos lances, ainda que lhe falte uma maior capacidade de recuperação, tanto em acções de desarme como de antecipação.

 

Fernando Daniel Belluschi

Data de Nascimento: 10 – 09 – 1983
Nacionalidade: Argentina
Altura: 1.73
Peso: 69
Posição: Médio Ofensivo; Avançado; Médio Interior; Médio Centro
Internacional AA pela Argentina

ÉPOCA CLUBE JOGOS GOLOS
2002/03 Newell’s Old Boys 5 (5) 0
2003/04 Newell’s Old Boys 9 (3) 1
2004/05 Newell’s Old Boys 33 (0) 9
2005/06 Newell’s Old Boys 35 (0) 11
2006/07 River Plate 34 (2) 6
2007/08 River Plate 12 (0) 7
2007/08 Olympiakos 8 (3) 1
2008/09 Olympiakos 19 (6) 5
2009/10 FC Porto 21 (6) 3
2010/11 FC Porto 23 (3) 2
2011/12 FC Porto

 

Multimédia

 

 

foto © google.gr


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.