Posted 01/09/2009 by Rui Malheiro in Observatório
 
 

Ignacio Scocco

Ignacio Scocco
Ignacio Scocco

Ignacio Scocco (AEK Atenas)

 

Perfil

2008/09

Jogador formado nas categorias de base do Newell’s Old Boys, Ignacio Scocco realizou, com apenas 18 anos, a sua estreia na equipa principal do clube de Rosário e não tardou a merecer chamadas às Selecções inferiores argentinas, tendo marcado presença no Mundial Sub-20 de 2005. Protagonista de uma excelente temporada em 2005/06, tanto a nível interno – 13 golos na Liga argentina – como externo – 4 golos em 5 jogos na Libertadores -, despertou a cobiça de vários clubes europeus, mas acabou por rumar ao México, já que o Pumas UNAM não hesitou em oferecer 2,5 milhões de euros pelo seu passe. Duas épocas de muito bom nível, em que somou 23 golos em 66 jogos, valeram-lhe a transferência, em Julho de 2008, para o AEK Atenas. Também conhecido por «Tucano» ou «Nacho», Scocco realizou uma excelente temporada de estreia no futebol europeu, ao juntar 7 golos a 11 assistências, o que o tornou no jogador da Liga grega que, em 2008/09, mais passes decisivos para golo efectuou. Unidade móvel de ataque, tem vindo a ser mais utilizado como extremo, preferencialmente à esquerda, no AEK, de forma a explorar a sua capacidade para realizar diagonais, um dos pontos mais fortes no seu jogo, mas pode também actuar em posições mais centrais, como avançado, falso avançado ou até médio ofensivo. Jogador explosivo e imprevisível, sabe tirar partido da sua velocidade, agilidade e capacidade para imprimir acelerações para ganhar lances no um para um, até porque consegue aliar a essas características argumentos de ordem técnica e um bom poder de drible. Muito forte no capítulo das assistências para situações de finalização, quer através de passes, quando pisa zonas mais centrais, quer através de cruzamentos, em bola corrida ou parada, a sua mobilidade e poder de desmarcação permitem-lhe também aparecer em zona de concretização, onde alia uma boa capacidade de remate com ambos os pés – o direito é o que melhor define – com sentido de oportunidade e uma boa capacidade de antecipação aos defesas adversários. Bom executante de lances de bola parada, tanto laterais como frontais – muito perigoso a bater livres directos entre o centro e a esquerda –, «Nacho» Scocco procura compensar algumas limitações que possui do ponto de vista físico, nomeadamente no capítulo do choque, aspecto em que se mostra frágil, com uma grande entrega ao jogo e agressividade na abordagem aos lances, ainda que não se trate de um jogador talhado para cumprir tarefas defensivas.

 

Ignacio Martín Scocco

Data de Nascimento: 29 – 05 – 1985
Nacionalidade: Argentina
Altura: 1.75
Peso: 71
Posição: Extremo Esquerdo; Extremo Direito; Avançado
Internacional Sub-20 pela Argentina

ÉPOCA CLUBE JOGOS GOLOS
2003/04 Newell’s Old Boys 0 (5) 0
2004/05 Newell’s Old Boys 27 (7) 3
2005/06 Newell’s Old Boys 30 (6) 13
2006/07 Pumas UNAM 26 (6) 11
2007/08 Pumas UNAM 28 (6) 12
2008/09 AEK Atenas 27 (0) 6
2009/10 AEK Atenas 23 (1) 8
2010/11 AEK Atenas 19 (4) 9
2011/12 Al-Ain

 

Multimédia

 

 

foto © prasinanea.gr


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.