Inglaterra 2008/09: Aston Villa

Aston Villa
Aston Villa

ASTON VILLA: 6º CLASSIFICADO

classificado em 2007/08, o Aston Villa partiu para o novo exercício como um dos grandes favoritos a alcançar um lugar europeu. Garantida a continuidade do «capitão» Gareth Barry, extremamente assediado pelo Liverpool, o treinador Martin O’Neill preocupou-se em remodelar o sector defensivo, o mais débil dos «Villans» na temporada anterior, canalizando grande parte dos 55 milhões de euros que lhe foram disponibilizados para o seu reforço. Protagonista de um trajecto espectacular até à 25ª jornada, o Aston Villa conseguiu aliar consistência defensiva e um futebol de qualidade a excelentes resultados, com uma série de 9 vitórias e 4 empates entre as jornadas 13 e 25 a garantir aos «Villans» a entrada no último terço da Premier League na luta pela título, à frente de um Chelsea em queda e de um Arsenal extremamente irregular. As eliminações da Taça de Inglaterra, frente ao Everton, e da Taça UEFA, diante do CSKA Moscovo, que levou O’Neill a tecer duras críticas aos jogadores, marcaram o início de um ciclo profundamente negativo da formação de Birmingham, que, entre todas as competições, acumulou 12 jogos consecutivos sem vitórias. Se a perda de uma posição europeia não chegou a estar em causa, o Aston Villa afastou-se da luta pelo título, da «zona Champions» e, por fim, deixou-se ultrapassar, sobre a linha de chegada, pelo Everton. O 6º lugar final, que no início da temporada seria considerado um êxito, foi visto como um fracasso e nem Martin O’Neill escapou a críticas, sobretudo por ter optado por trabalhar com um plantel muito curto, que não aguentou o peso de uma temporada com mais de cinco dezenas de jogos.

 
Estatísticas

Aston Villa: estatísticas

 
Treinador

Aston Villa: treinador

 
Equipa Tipo

Aston Villa: táctica

 
As Figuras

Stilian Petrov
foto © Getty Images

Stilian Petrov

Ashley Young
foto © Getty Images

Ashley Young

Gabriel Agbonlahor
foto © Reuters

Gabriel Agbonlahor

 
foto de abertura © Reuters


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.