Inglaterra 2008/09: Blackburn Rovers

Blackburn Rovers
Blackburn Rovers

BLACKBURN ROVERS: 15º CLASSIFICADO

A

aguardada saída do técnico Mark Hughes, protagonista de um excelente trabalho ao longo das quatro temporadas que orientou o clube, marcou o defeso do Blackburn Rovers, que, no entanto, não demorou a apresentar o seu sucessor: o antigo internacional Paul Ince, que guiara, em 2007/08, o Milton Keynes Dons ao título da League Two, o quarto escalão do futebol inglês. Consumada a continuidade da «estrela» Roque Santa Cruz, fortemente assediado pelo Manchester City de Hughes, Ince procurou no «Mercado» os substitutos do guardião Brad Friedel e do criativo David Bentley, as duas grandes perdas para o novo exercício. A um início de época entusiasmante, fruto de 3 vitórias e 1 empate nas primeiras 6 jornadas, sucederia um ciclo profundamente negativo, o que fez crescer a contestação em torno de Paul Ince, que não resistiu ao 11º jogo consecutivo sem triunfos e às criticas duríssimas em relação às suas opções e inexperiência para conduzir um clube do escalão principal. Sam Allardyce, treinador com largo traquejo na Premier League, foi o escolhido para assumir a sua sucessão e não tardou em retirar a equipa da zona de descida, graças a uma série de 6 jogos consecutivos sem perder. Se é certo que do ponto de vista ofensivo o futebol do Blackburn foi muito pouco entusiasmante, ao ser baseado em passes longos da defesa para o ataque, «Big Sam» conseguiu reorganizar e estabilizar o sector defensivo, o que acabou por se revelar determinante para os «Rovers» alcançarem a permanência a duas jornadas do fim da prova.

 
Estatísticas

Blackburn Rovers: estatísticas

 
Treinadores

Blackburn Rovers: treinadores

 
Equipa Tipo

Blackburn Rovers: táctica

 
A Figura

Stephen Warnock
foto © teamtalk.com

Stephen Warnock

 
foto de abertura © AP


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.