Inglaterra 2008/09: Bolton Wanderers

Bolton Wanderers
Bolton Wanderers

BOLTON WANDERERS: 13º CLASSIFICADO

D

epois de ter conseguido evitar, com grande sofrimento, a descida ao Championship em 2007/08, Gary Megson mantinha-se à frente do comando técnico do Bolton Wanderers e apontava a manutenção como única meta para o novo exercício. As aquisições do médio Fabrice Muamba e do avançado internacional sueco Johan Elmander, que implicaram um investimento de 19 milhões de euros, surgiam como a grande aposta do técnico na abordagem à nova temporada, onde ficou clara a sua opção de trabalhar com um plantel mais curto, o que conduziu à dispensa de vários jogadores excedentários. Se é certo que o futebol praticado pelos «Trotters» foi muito pouco entusiasmante, o que conduziu a um afastamento gradual dos adeptos do Reebok Stadium, a boa organização defensiva, um sector intermediário extraordinariamente laborioso e algumas impressionantes actuações do guardião finlandês Jääskeläinen debelaram a pouca consistência evidenciada no ataque, onde Elmander não foi capaz de corresponder às elevadas expectativas em seu redor. No entanto, a manutenção ficou definitivamente confirmada a duas jornadas do fim da prova e Megson, com maior ou menor dificuldade, conseguiu gerir, ao longo do exercício, uma confortável vantagem pontual sobre a zona de despromoção, o que colocou os «Trotters» a salvo de grandes sobressaltos.

 
Estatísticas

Bolton Wanderers: estatísticas

 
Treinador

Bolton Wanderers: treinador

 
Equipa Tipo

Bolton Wanderers: táctica

 
A Figura

Jussi Jääskeläinen
foto © Getty Images

Jussi Jääskeläinen

 
foto de abertura © AP


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.