Irlanda 2008

Bohemians
Bohemians

Balanço

U

m impressionante registo de 27 jogos sem perder, com séries de 12 e 7 vitórias consecutivas, conduziu o Bohemians a um triunfo indiscutível na Liga irlandesa, bem espelhado nos 19 pontos de vantagem sobre o segundo classificado, colocando um ponto final num jejum de títulos nacionais que se iniciara em 2003. Se a primeira das três voltas do campeonato deu a entender que Saint Patrick’s e Derry City entrariam também na corrida pela vitória final, ao contrário do ex-campeão Drogheda United, que se assumiu como a maior desilusão da temporada, o triunfo dos «Ciganos» de Dublin, à 13ª jornada, no terreno do Saint Patrick’s, permitiu-lhes chegar, pela primeira vez, à liderança isolada e arrancar, com uma superioridade incontestável, em direcção ao título. À conquista da Liga, confirmada com uma vitória na deslocação ao terreno do Drogheda United, a quatro jornadas do fim, a formação orientada por Pat Fenlon, tricampeão irlandês como técnico pelo Shelbourne, juntou ainda o êxito na Taça, depois de uma final emocionante diante do Derry City, apenas decidida no desempate por pontapés da marca de grande penalidade.

 

Classificação:

 1.Bohemians                  33 27  4  2 55-13 85  Campeão; Liga Campeões (2ª pré)
 2.Saint Patrick's Athletic   33 20  6  7 48-24 66  Liga Europa (2ª pré)
 3.Derry City                 33 16 10  7 46-25 58  Liga Europa (2ª pré)
 4.Sligo Rovers               33 12 12  9 41-28 48  Liga Europa (1ª pré)
 5.Cork City                  33 15 11  7 45-28 46  [-10]
 6.Bray Wanderers             33 11  6 16 28-52 39
 7.Shamrock Rovers            33  8 13 12 33-35 37
 8.Drogheda United            33 12  9 12 38-32 35  [-10]
 9.Galway United              33  8  8 17 34-49 32
--------------------------------------------------
10.Finn Harps                 33  9  4 20 26-53 31  Despromovido
11.Cobh Ramblers              33  6  8 19 27-55 26  Despromovido
12.University College Dublin  33  4  9 20 19-46 21  Despromovido

Notas:
– Cork City e Drogheda United, ex-campeão, foram penalizados com a perda de 10 pontos, devido a incumprimentos de ordem financeira.

– Devido à redução do número de clubes da Liga da Irlanda de 12 para 10 clubes em 2009 foram despromovidos à 2ªDivisão os 3 últimos classificados: Finn Harps, Cobh Ramblers e University College Dublin.

 

Quem Subiu:

Dundalk.

[Com a redução do número de clubes de 12 para 10 na Liga 2009, apenas um clube garantiu a subida de divisão]

 

Melhores Marcadores

Dave MOONEY (Cork City), 15
Mark QUIGLEY (St.Patrick’s), 15
Mark FARREN (Derry City), 15
Killian BRENNAN (Bohemians), 11
Padraig AMOND (Shamrock Rovers), 9
Glenn CROWE (Bohemians), 9
Ryan GUY (St.Patrick’s), 9
Keith FAHEY (St.Patrick’s), 8
Davin O’NEILL (Cobh Ramblers), 8
James O’SHEA (Galway United), 7
Jason BYRNE (Bohemians), 7
Dennis BEHAN (Cork City), 7
Raffael CRETARO (Sligo Rovers), 7
Eamon ZAYED (Drogheda United), 7
Stephen PARKHOUSE (Finn Harps), 7
Romuald BOCO (Sligo Rovers), 6
Niall McGINN (Derry City), 6
Ross GAYNOR (Cobh Ramblers), 6
Mindaugas KALONAS (Bohemians), 6
Conor GETHINS (Finn Harps), 6
Fahrudin KUDUZOVIC (Drogheda United), 6

 

Treinador Campeão

Patrick Fenlon
foto © Reuters

PATRICK «PAT» FENLON (BOHEMIANS)

Tricampeão irlandês como técnico pelo Shelbourne, Pat Fenlon, 39 anos, aceitou, no início de 2008, o convite do Bohemians para recolocar os «Ciganos» de Dublin no topo do futebol irlandês, depois de uma experiência mal sucedida no Derry City. Fiel ao 4x4x2 ao velho estilo britânico, Fenlon viveu uma época de sucesso retumbante, ao juntar o triunfo na Taça à vitória na Liga, onde a superioridade do Bohemians face à concorrência foi arrasadora.

 

Estrela da Época

Keith Fahey
foto © pix.ie

KEITH FAHEY (SAINT PATRICK’S ATHLETIC)

 

Dados Relevantes

O Campeão

10º título da história do Bohemians, clube que vencera pela última vez o campeonato em 2002/03.

Clubes com mais títulos

Shamrock Rovers (15), Shelbourne (13), Bohemians (10) e Dundalk (9).

Média de golos

2,2 golos por jogo. Exactamente a mesma do exercício anterior.

Jogo com mais golos

Bray Wanderers – Drogheda United (4-3).

Maior goleada

Cork City – Cobh Ramblers (5-0).

O melhor marcador

Dave Mooney (Cork City), Mark Quigley (St. Patrick’s) e Mark Farren (Derry City) partilharam o título de melhor marcador do campeonato.

Dave Mooney (Cork City)
15 golos em 22 jogos
7 golos apontados em casa e 8 em jogos extramuros

6 golos obtidos na primeira parte e 9 na segunda parte
Marcou golos em 11 partidas: sete golos foram «solitários», juntando ainda quatro «duplas».

Mark Quigley (St. Patrick’s)
15 golos em 30 jogos
5 golos apontados em casa e 10 em jogos extramuros
5 golos obtidos na primeira parte e 10 na segunda parte
Marcou golos em 11 partidas: oito golos foram «solitários», juntando ainda duas «duplas» e uma «tripla».

Mark Farren (Derry City)
15 golos em 33 jogos
8 golos apontados em casa e 7 em jogos extramuros
7 golos obtidos na primeira parte e 8 na segunda parte
Marcou golos em 14 partidas: treze golos foram «solitários», juntando ainda uma «dupla».

 

Taça

23-11-2008
Bohemians, 2 (Glen Crowe, 64., Jason Byrne, 70., de grande penalidade)
Derry City, 2 (Sam Morrow, 60. e 76.)

[vitória do Bohemians, por 4-2, no desempate por pontapés da marca de grande penalidade, o que lhe garantiu a conquista da Taça]

 

Taça da Liga

27-9-2008
Derry City, 6 (Sam Morrow, 15., 28. e 70., Niall McGinn, 19. e 30., Kevin Deery, 27.)
Wexford Youths, 1 (Danny Furlong, 25.)

 

Taça Setanta Sports

1-11-2008
Cork City, 2 (Dan Murray, 57., Liam Kearney, 74.)
Glentoran, 1 (Kyle Neill, 12.)


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.