Itália 2008/09: Os promovidos

AS Bari
AS Bari

OS CLUBES PROMOVIDOS À SERIE A

 

AS BARI

 
Equipa Tipo

AS Bari: táctica

 
Treinador

Antonio Conte
foto © Grazia Neri

ANTONIO CONTE

Antigo jogador da Juventus e da Selecção AA italiana, Antonio Conte conduziu o Bari a um surpreendente título da Serie B, o que valeu o regresso dos «Galletti» à divisão principal, após oito temporadas no escalão secundário. Se, à partida para o exercício, o objectivo passava por realizar um campeonato tranquilo, apostando num futebol atractivo para trazer de volta os adeptos ao Estádio San Nicola, depressa se percebeu que o Bari almejava a algo mais, até pelo acerto revelado no ataque ao «Mercado», já que o plantel foi alvo de uma ampla reestruturação. Fiel a um 4x4x2 clássico, desdobrável, em situação ofensiva, num ultra-ofensivo 4x2x4, Conte conseguiu impor a sua ideia de jogo e uma série de 16 jogos consecutivos sem perder, entre as jornadas 18 e 33, lançou definitivamente a equipa para a promoção ao escalão principal. Única equipa a superar a fasquia das 20 vitórias – foram 22 -, o Bari confirmou, na última jornada, o seu 3º título de campeão da Serie B com uma vitória caseira sobre o Treviso (4-1).

 
As Figuras

Paulo Vítor Barreto
foto © Grazia Neri

Paulo Barreto

Jean-François Gillet
foto © calciomercatoweb.it

Jean-François Gillet

 
Parma
foto © sportmediaset calcio

PARMA FC

 
Equipa Tipo

Parma: táctica

 
Treinador

Francesco Guidolin
foto © Getty Images

FRANCESCO GUIDOLIN

Treinador experiente e conhecido por ser um especialista em subidas de divisão, Francesco Guidolin assumiu a sucessão de Luigi Cagni, despedido na sequência de um início de época muito fraco, bem expresso em apenas um triunfo ao fim de 6 jornadas. O desafio de fazer regressar os «Gialloblù» à divisão principal antevia-se difícil, mas Guidolin não demorou a introduzir melhorias significativas na produção da equipa, que realizou, sob o seu comando, um trajecto de enorme solidez. Melhor ataque – a par do Bari – e melhor defesa da Serie B em 2008/09, o Parma apenas sofreu duas derrotas nos 36 jogos em que orientou a equipa, conseguindo uma impressionante série de 18 jogos consecutivos sem perder entre as jornadas 25 e 42, que não só garantiu a ansiada promoção, como também deixou a luta pelo título em aberto até à última jornada. Muito flexível do ponto de vista táctico, já que adaptou a equipa às especificidades de cada jogo, Guidolin teve no 3x5x2 o seu esquema preferencial, mas recorreu, em algumas situações, ao 3x4x3, ao 3x4x1x2, ao 4x3x3 e ao 4x4x2, retirando o máximo partido da versatilidade dos seus jogadores.

 
As Figuras

McDonald Mariga
foto © gazzetta.it

McDonald Mariga

Alberto Paloschi
foto © Getty Images

Alberto Paloschi

 
Livorno
foto © Kata Web

AS LIVORNO

 
Equipa Tipo

Livorno: táctica

 
Treinador

Gennaro Ruotolo
foto © Getty Images

GENNARO RUOTOLO

Grande figura da história do Génova, clube que representou como jogador entre 1988 e 2002, Gennaro Ruotolo iniciou, em 2008, a sua carreira de treinador, assumindo o papel de adjunto de Leonardo Acori no Livorno. Desperdiçada a subida directa à Serie A, objectivo que os «Amaranto» traçaram para 2008/09, o presidente Aldo Spinelli dispensou, a uma jornada do fim da fase regular da prova, os serviços de Acori, que não resistiu ao 9º jogo consecutivo sem vitórias em casa. Gennaro Ruotolo foi a aposta presidencial para orientar o Livorno no «Playoff» de acesso à divisão principal e justificou a oportunidade: depois de uma meia-final extremamente emotiva diante do Grosseto, em que conseguiu anular uma desvantagem de 0-2 do jogo da primeira mão, o regresso à Serie A seria assegurado diante do Brescia, graças a um 5-2 na soma das duas eliminatórias. Do ponto de vista táctico, Ruotolo manteve-se fiel ao 4x3x1x2, o modelo mais utilizado por Acori, que, em algumas situações, recorreu também ao 4x3x2x1 e ao 4x3x3.

 
As Figuras

Francesco Tavano
foto © Getty Images

Francesco Tavano

Alessandro Diamanti
foto © Matteo Papini

Alessandro Diamanti

 
foto de abertura © calciolive.eu


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.