Itália 2008/09: Roma

AS Roma
AS Roma

AS ROMA: 6º CLASSIFICADO

V

ice-campeã italiana nos três últimos exercícios, a Roma perfilava-se como principal candidata a fazer face ao favoritismo do Inter na corrida pelo título italiano em 2008/09. A grande confiança no trabalho de Luciano Spalletti, técnico do clube desde o Verão de 2005, como também a continuidade de um grupo de jogadores muito bem entrosado, fruto de um trabalho em conjunto com mais de três anos, servia como suporte a essa ideia, isto apesar da «Maggica» ter perdido o ala Mancini durante o defeso e ter falhado a contratação do romeno Mutu, apontado, desde cedo, como o principal alvo romanista no ataque à nova temporada. Contudo, os 13 milhões de euros encaixados com a transferência de Mancini para o Inter deram à Roma algum fulgor no ataque ao «Mercado», bem visível nas aquisições de Menez, Júlio Baptista e Riise. Só que o início da época revelou-se nefasto para os «Giallorossi», já que depois de perderem, após o desempate por pontapés da marca de grande penalidade, a final da Supertaça para o Inter, entraram pessimamente na Serie A, o que fica bem atestado em apenas 2 triunfos nas primeiras 11 jornadas. Motivos para explicar o insucesso não faltam: a falta de alas – e a consequente adaptação de jogadores habituados a jogar em posições centrais a posições exteriores – tornou o tradicional 4x2x3x1 de Spalletti, num esquema previsível e facilmente anulável pelos adversários, a que se juntaram lesões de longa duração em unidades nucleares, a escassa presença directiva junto da equipa e a impressionante permeabilidade do sector defensivo, o quarto mais batido da Serie A. Desfeito prematuramente o sonho do título, a Roma centrou as suas atenções na Liga dos Campeões, onde, após uma surpreendente derrota caseira diante do Cluj no jogo de estreia, acabaria por vencer o seu grupo, impondo-se a Chelsea e Bordéus. Só que o sonho de disputar no seu reduto a final da principal competição de clubes da UEFA desfez-se nos oitavos de final da competição, já que a formação de Spalletti não resistiu a mais um desempate por pontapés da marca de grande penalidade, desta feita diante do Arsenal. Eliminada precocemente da Taça de Itália pelo Inter, a Roma, desfeita, desmotivada, indisciplinada e incapaz de se impor como colectivo, conseguiu assegurar o 6º lugar na Serie A, um desfecho que não evitou que os «Giallorossi» fossem considerados a grande decepção da temporada italiana.

 
Estatísticas

AS Roma: estatísticas

 
Treinador

AS Roma: treinador

 
Equipa Tipo

AS Roma: táctica

 
As Figuras

Francesco Totti
foto © Reuters

Francesco Totti

Daniele De Rossi
foto © Reuters

Daniele De Rossi

Matteo Brighi
foto © AP

Matteo Brighi

 
foto de abertura © Reuters


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.