Itália 2008/09: Sampdoria

Sampdoria
Sampdoria

UC SAMPDORIA: 13º CLASSIFICADO

classificada em 2007/08, exercício em que sonhou com a possibilidade de chegar a um posto de acesso à Liga dos Campeões, a Sampdoria surgia na nova temporada como uma das mais fortes candidatas a assegurar um lugar europeu, o que ficava bem atestado no investimento de cerca de 20 milhões de euros no reforço do plantel, como também na continuidade da «super-estrela» Antonio Cassano, que relançara a sua carreira após uma passagem decepcionante pelo Real Madrid. Um péssimo arranque de época, sem qualquer triunfo nas primeiras 7 jornadas, marcaria o exercício dos «Blucerchiati», que, mesmo contando com um fantástico Cassano a carregar com a equipa às costas, protagonizaram um trajecto extremamente irregular e revelaram-se incapazes de penetrar na metade cimeira da classificação. Na base da temporada decepcionante da «Samp» estiveram as dificuldades de adaptação de alguns reforços e os inúmeros problemas com lesões no sector defensivo e intermediário, que dificultaram o trabalho do técnico Walter Mazzarri, alvo também de fortes críticas, fruto da aposta sucessiva em esquemas com 3 centrais. Desde cedo concentrada nas competições a eliminar, de forma a repetir a presença nas competições europeias, a Sampdoria falharia rotundamente na Taça UEFA, ao ser eliminada pelos ucranianos do Metalist nos 16 avos de final, mas chegaria à final da Taça de Itália, competição que perderia para a Lazio no desempate por pontapés da marca de grande penalidade, depois de eliminar o Inter e a Udinese.

 
Estatísticas

Sampdoria: estatísticas

 
Treinador

Sampdoria: treinador

 
Equipa Tipo

Sampdoria: táctica

 
A Figura

Antonio Cassano
foto © Reuters

Antonio Cassano

 
foto de abertura © AP


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.