Posted 02/09/2009 by Rui Malheiro in Observatório
 
 

José Antonio Reyes

José Antonio Reyes
José Antonio Reyes

José Antonio Reyes (Benfica)

 

Perfil

2008/09

Jogador formado nas escolas do Sevilha, José Antonio Reyes rapidamente se tornou na maior «estrela» dos escalões de base dos «Rojiblancos», o que lhe valeu a promoção, com apenas 16 anos, à equipa principal, como também chamadas regulares às Selecções inferiores espanholas, ao serviço das quais se sagrou campeão da Europa de Sub-19, ao lado de Fernando Torres e Andrés Iniesta. Dois exercícios e meio de grande nível, entre 2002 e 2003, na Liga espanhola cotaram-no como uma das grandes promessas do futebol mundial, o que conduziu à sua transferência, em Janeiro de 2004, para os ingleses do Arsenal, clube que investiu 35 milhões de euros na sua aquisição. Campeão inglês em 2003/04, vencedor de uma Taça e de uma Supertaça, José Antonio Reyes alternou períodos fulgurantes com outros de franco apagamento, o que coincidiu com especulações em torno da sua vontade de regressar a Espanha. Emprestado, no Verão de 2006, ao Real Madrid, Reyes realizou uma época muito irregular, algo que ficaria atenuado com os dois golos que apontou no jogo decisivo diante do Maiorca (3-1), que ajudaram o Real Madrid a assegurar o 30º título nacional da sua história. Contudo, os «Merengues» não exerceriam o direito de opção sobre a compra do seu passe, o que levou o Atlético Madrid a oferecer 12 milhões de euros ao Arsenal para garantir a sua aquisição. Visto como um «judas» pelos adeptos dos «Colchoneros», por ter oferecido o título espanhol ao maior rival em 2006/07, a passagem de Reyes pelo «Atleti» foi uma verdadeira desilusão, ficando mais marcada pela sua relação tensa com a «afición» do que pelo seu rendimento dentro de campo. Sem espaço nas opções do técnico mexicano Javier Aguirre e apostado em relançar a sua carreira, José Antonio Reyes rumou, no Verão de 2008, ao Benfica, onde, apesar de um registo intermitente, acabou por ser o reforço que mais se destacou e desequilibrou, principalmente nos jogos de mais elevado grau de dificuldade. Regressará ao Atlético Madrid no próximo exercício, já que o Benfica não avançou para a compra definitiva do seu passe, avaliado em mais de 10 milhões de euros.

 

José Antonio Reyes Calderón

Data de Nascimento: 01 – 09 – 1983
Nacionalidade: Espanha
Altura: 1.75
Peso: 71
Posição: Médio Ala/Extremo Esquerdo; Médio Ala/Extremo Direito
Internacional AA pela Espanha

ÉPOCA CLUBE JOGOS GOLOS
1999/00 Sevilha Atlético 32 1
1999/00 Sevilha 0 (1) 0
2000/01 Sevilha Atlético
2000/01 Sevilha 0 (1) 0
2001/02 Sevilha 21 (8) 8
2002/03 Sevilha 32 (2) 9
2003/04 Sevilha 20 (1) 5
2003/04 Arsenal 7 (6) 2
2004/05 Arsenal 24 (6) 9
2005/06 Arsenal 22 (4) 5
2006/07 Arsenal 0 (0) 0
2006/07 Real Madrid 14 (16) 6
2007/08 Atlético Madrid 10 (16) 0
2008/09 Benfica 20 (4) 4
2009/10 Atlético Madrid 19 (11) 2
2010/11 Atlético Madrid 34 (0) 6
2011/12 Atlético Madrid

2008/09

– Condução de jogo pelo flanco
– Velocidade e capacidade de aceleração
– Capacidade de drible e um para um
– Mobilidade e capacidade de desmarcação
– Recepção e definição
– Remate – pé esquerdo
– Bolas paradas – livres, penalties e cantos
– Cruzamentos – bola corrida e parada
– Visão de jogo e Passe
– Agilidade e capacidade de antecipação
– Agressividade

 

Multimédia

 

 

foto © EFE


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.