Macedónia 2008/09

Makedonija Gorce Petrov
Makedonija Gorce Petrov

Balanço

S

e à partida para o novo exercício nem mesmo os mais indefectíveis adeptos do Makedonija Gjorce Petrov acreditariam na hipótese da equipa do arredores da capital Skopje vir a intrometer-se na luta pelo título, o excelente arranque de temporada, que guindou os «Leões» à liderança isolada no início do segundo terço da prova, fez crescer as expectativas em torno da formação orientada pelo jovem Ilco Gjorgjioski, antigo treinador da Selecção sub-19 da Macedónia. O rendimento decepcionante dos favoritos Rabotnicki – campeão em título – e Vardar – a atravessar um período de crise – permitiram ao Makedonija não mais largar a liderança até ao fim da prova e efectuar um trajecto tranquilo em direcção ao 1º título nacional da sua história, possibilitando até uma descontracção final, como comprova o registo de apenas 2 vitórias nas últimas 6 jornadas. Nada que retire brilho à temporada admirável dos «Leões», sustentada por uma impressionante solidez defensiva – apenas 15 golos sofridos em 30 jogos – sem perder uma matriz de jogo ofensiva, o que garantiu o segundo ataque mais eficaz da competição, mesmo depois de perder o goleador brasileiro Washington, em Janeiro, para o Partizan Belgrado. Já o Rabotnicki, 3 vezes campeão nos últimos 5 anos e apontado como grande favorito à revalidação do título, acabou por protagonizar um campeonato muito aquém das expectativas, concluído num decepcionante 4º lugar, que reflectiu a temporada instável que o clube da capital Skopje viveu, com mudanças directivas e revoluções no plantel e no comando técnico. O triunfo na Taça, ainda por cima diante do novo campeão Makedonija, mesmo que arrancado a ferros, após o desempate por pontapés da marca de grande penalidade, acabou por salvar a temporada dos «Românticos», onde alinham os brasileiros Wandeir, ex-Varzim e Naval, e Zé Carlos, ex-Penafiel.

 

Classificação:

 1.Makedonija Gorce Petrov  30 17 10  3  46-15  61  Campeão; Liga Campeões (2ªpré)
 2.Milano Kumanovo          30 17  4  9  48-35  55  Liga Europa (2ª pré)
 3.Renova                   30 14 12  4  41-26  54  Liga Europa (1ª pré)
 4.Rabotnicki Skopje        30 13  8  9  40-25  47  Liga Europa (2ª pré)
 5.Vardar Skopje            30 11 12  7  35-23  45
 6.Horizont Turnovo         30  9 10 11  25-39  37
 7.Sileks Kratovo           30  9  9 12  38-41  36
 8.Pobeda Prilep            30  8  8 14  31-47  32
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
 9.Metalurg Skopje          30  6 11 13  25-35  29  Playoff
10.Pelister Bitola          30  7  7 16  25-42  28  Playoff
---------------------------------------------------
11.Napredok Kicevo          30  4  9 17  26-52  21  Despromovido
12.Baskimi Kumanovo          0  0  0  0   0-0    0  Despromovido

Notas:
– O Baskimi Kumanovo foi impedido de participar na Liga, devido a problemas financeiros, ficando automaticamente despromovido à 2ªDivisão.

 

Playoff

[entre Metalurg Skopje e Pelister Bitola, 9º e 10º classificados da 1ªDivisão, e Skendija GB Tetovo e Bregalnica 2008 Stip, 3º e 4º classificado da 2ªDivisão]

Metalurg Skopje – Bregalnica 2008 Stip, 5-1
Pelister Bitola – Skendija GB Tetovo, 3-0

– Metalurg Skopje e Pelister Bitola garantiram a manutenção na 1ªDivisão.

 

Quem Subiu:

Teteks Tetovo, Sloga Jugomagnat Skopje.

 

Melhores Marcadores

Ivica GLIGOROVSKI (Milano Kumanovo), 15
Bosko STUPIC (Sileks Kratovo), 13
Besart IBRAIMI (Renova), 13
Blagoj LEVKOV (Napredok Kicevo), 12
César de Brito «CESINHA» (Makedonija Gorce Petrov), 11
Boban JANCEVSKI (Vardar Skopje), 10
Nikolce KLECKAROSKI (Makedonija Gorce Petrov), 9
Blaze ILIOSKI (Metalurg Skopje), 9
Dragan DIMITROVSKI (Pelister Bitola), 9
Blagoja GESOVSKI (Milano Kumanovo), 8
Vulnet EMINI (Renova), 7
Blagojce MARKOVSKI (Sileks Kratovo), 7
WASHINGTON Roberto da Silva (Makedonija Gorce Petrov), 7
Mile KRSTEV (Pobeda Prilep), 7
Hristijan KIROVSKI (Rabotnicki Skopje), 7
Gligor GLIGOROV (Sileks Kratovo), 7

 

Treinador Campeão

Ilco Gjorgjioski
foto © utrinski.com.mk

ILCO GJORGJIOSKI (MAKEDONIJA GORCE PETROV)

Aos 38 anos, Ilco Gjorgjioski, antigo seleccionador da Selecção sub-19 da Macedónia, ao serviço da qual se chegou a cruzar com a congénere portuguesa (derrota 1-3 no apuramento para o Europeu 2006), concretizou o maior feito da história do Makedonija, clube que conduzira a um 7º lugar em 2007/08. Rigoroso do ponto de vista táctico, o que ajudou a dar a consistência defensiva que serviu de alicerce ao êxito, nunca deixou a equipa perder a sua matriz ofensiva, suportada por um 4x3x3 com uma ala esquerda muito dinâmica, composta pelo lateral gabonês Ambourouet e pelo criativo brasileiro Cesinha. O 4x2x3x1 e o 4x4x2 foram modelos tácticos a que também recorreu.

 

Estrela da Época

Armend Alimi
foto © fcmilano.com.mk

ARMEND ALIMI (MILANO KUMANOVO)

 

Dados Relevantes

O Campeão

1º título da história do Makedonija Gorce Petrov, clube que cumpriu a sua 13ª época na divisão maior do futebol macedónio, onde nunca fizera melhor do que o 3º lugar (em 1997/98 e 2006/07).

Clubes com mais títulos

Vardar Skopje (5), Rabotnicki Skopje, Sileks Kratovo e Sloga Jugomagnat Skopje (3), Pobeda Prilep (2), Makedonija Gorce Petrov (1).

Média de golos

2,3 golos por jogo. Representou um decréscimo de 0,2 em relação à temporada anterior (média de 2,5 golos por jogo).

Jogo com mais golos

Sileks Kratovo – Napredok Kicevo (7-1).

Maior goleada

Sileks Kratovo – Napredok Kicevo (7-1).

O melhor marcador

Ivica Gligorovski (Milano Kumanovo)
15 golos em 24 jogos
12 golos apontados em casa e 3 em jogos extramuros
11 golos obtidos na primeira parte e 4 na segunda parte
Marcou golos em 10 partidas: sete golos foram «solitários», aos quais juntou uma «dupla» e duas «triplas».

 

Taça

24-5-2009
Rabotnicki Skopje, 1 (Sasko Pandev, 90.)
Makedonija Gorce Petrov, 1 (Nikolce Kleckarovski, 65.)

O Rabotnicki Skopje venceu a Taça da Macedónia no desempate por pontapés de marca de grande penalidade (6-5).

 
foto © fcmakedonija.com.mk


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.