Portugal 2008/09: Académica

Académica
Académica

ACADÉMICA: 7º CLASSIFICADO

H

abituada a conviver, nos últimos seis exercícios, com grandes dificuldades para alcançar a manutenção no escalão principal, a Académica abraçava a nova temporada com o objectivo de realizar uma prova sem grandes sobressaltos classificativos, melhorando, se possível, os registos da época precedente. Garantida a continuidade do técnico Domingos Paciência e de grande parte da estrutura titular de 2007/08, a Académica procurou dotar o plantel com mais opções de qualidade nos diversos sectores, como o atestam as aquisições do guardião eslovaco Peskovic, dos centrais brasileiros Luiz Nunes e Edson, dos criativos Carlos Aguiar e Madej, do extremo Sougou, principal reforço para a nova temporada e que já havia trabalho com Domingos na União de Leiria, e do avançado Garcés, de regresso ao futebol português após passagem pelo futebol búlgaro. Se é certo que o início de exercício da formação de Coimbra esteve longe de ser fulgurante, facto bem visível na total ausência de vitórias entre as rondas 4 e 10, período em que somou apenas 3 pontos e protagonizou algumas exibições muito fracas, as vitórias caseiras diante de Vitória de Setúbal e Rio Ave, ambas pela margem mínima, à 2ª e 3ª jornada, permitiram que a formação de Coimbra gozasse de algum conforto e nunca caísse na zona de despromoção. Uma série de 2 vitórias e 3 empates – um deles conquistado em Alvalade, num jogo marcado por actuação soberba do guardião Peskovic -, entre as jornadas 11 e 16, permitiu à Académica afastar-se da zona perigosa da classificação, mas as perdas de Garcés – recusou-se a regressar a Coimbra após as férias de Natal – e de Pavlovic no «Mercado de Inverno» limitaram as opções do técnico e provocaram uma nova crise de resultados: 3 derrotas entre as rondas 17 e 20. A vitória caseira sobre o Trofense (2-1), à 21ª jornada, marcou o arranque para um último terço de competição de bom nível, o que permitiu à «Briosa» alcançar a manutenção com grande tranquilidade, como também chegar ao 7º lugar final, igualando o registo de 1984/85, a melhor classificação do clube desde o 5º lugar de 1976/77. Para isso contribuiu a aposta num «onze base» que sofreu poucas alterações, onde se destacou a colocação de Nuno Piloto como unidade mais recuada do sector intermediário, o que conferiu à equipa mais qualidade nas saídas para ataque, e a boa integração do jovem avançado Carlos Saleiro, a melhor aquisição de Inverno da equipa de Coimbra, ao assumir-se como um excelente complemento para a dupla de velocistas formada por Lito e Sougou. Essas situações revelaram-se igualmente decisivas para a Académica ultrapassar o mau registo extramuros, já que conseguiu somar 8 pontos nas últimas 5 deslocações, o que contrasta, de forma clara, com os 2 pontos somados nas primeiras 10.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR PEDRO ROMA 2 0 0 0 180 2 0 0 0 180 3 0 0 0 270
SVK Boris PESKOVIC 28 0 4 0 2.520 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RUI NEREU 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 180
D
POR Eurípedes AMOREIRINHA 8 0 4 0 406 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA CLÉBER MANTTUY 6 1 0 0 409 2 0 0 0 180 2 1 0 0 180
BRA EDSON da Silva 5 0 1 1 428 2 0 0 0 92 0 0 0 0 0
POR FÁBIO dos Santos 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR FILIPE SARMENTO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR GONÇALO dos Santos 3 0 0 0 119 0 0 0 0 0 1 0 1 0 90
POR HÉLDER CABRAL 7 0 2 1 354 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA LUIZ NUNES 26 1 7 1 2.276 2 0 0 0 180 4 0 0 0 360
AUT MARKUS BERGER 7 0 0 0 401 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR ORLANDO Neto 26 2 5 0 2.340 1 0 1 0 88 5 0 1 0 450
POR Pedro Rocha «PEDRINHO» 27 1 1 0 2.381 2 0 0 0 180 5 0 0 0 450
POR PEDRO COSTA 22 0 5 0 1.954 0 0 0 0 0 3 0 0 0 270
M
POR ANDRÉ FONTES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 15
URU CARLOS AGUIAR 6 0 0 0 244 2 0 1 0 154 3 1 1 0 165
POR Bruno Cristiano Santos «CRIS» 28 1 4 0 2.297 2 0 0 0 28 4 0 0 0 281
BRA DIOGO GOMES 14 1 1 0 684 0 0 0 0 0 4 0 0 0 231
BRA JÚLIO CÉSAR Martins 1 0 0 0 45 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POL Lukasz MADEJ 6 0 0 0 231 0 0 0 0 0 2 0 0 0 93
POR NUNO PILOTO 27 2 3 0 2.285 1 0 0 0 90 3 0 0 0 189
SRB Milos PAVLOVIC 13 0 6 1 893 2 0 0 0 178 4 0 1 0 356
GHA William TIERO 25 1 4 0 1.710 2 0 0 0 171 4 0 0 0 288
A
POR CARLOS SALEIRO 13 4 3 0 686 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
GNB Ederzito Lopes «ÉDER» 24 1 3 0 874 2 0 1 0 157 3 0 0 0 96
PAN José Luís GARCÉS 10 1 1 0 723 2 2 0 0 119 1 0 1 0 67
POR JOÃO TRAQUINA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Luís Carlos Carneiro «LICÁ» 9 1 1 0 283 1 0 0 0 9 4 1 0 0 69
CPV Cláudio Zelito Aguiar «LITO» 29 6 0 0 2.053 1 0 0 0 90 3 1 0 0 247
POR MIGUEL PEDRO 25 0 5 0 1.362 0 0 0 0 0 4 1 0 0 227
POR PEDRO RIBEIRO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR SÍLVIO NUNES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
SEN Modou SOUGOU 23 4 3 2 1.560 2 0 1 0 84 5 1 0 0 376

 
Treinador

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Domingos Paciência 4x1x3x2 4x3x3, 4x3x1x2, 4x4x2, 4x2x3x1 toda a época.

 
Treinador (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Domingos Paciência 30 10 9 11 1.300 2 1 0 1 1.500 5 2 2 1 1.067

 
Equipa Tipo

Académica: táctica

 
As Figuras

Lito
foto © abola.pt

Lito

Modou Sougou
foto © rr.pt

Modou Sougou

Boris Peskovic
foto © Alvaro Isidoro

Boris Peskovic

 
foto de abertura © Reuters


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.