Portugal 2008/09: FC Porto

FC Porto
FC Porto

FC PORTO: O CAMPEÃO

T

ricampeão nacional de forma consecutiva, o FC Porto arrancava para a nova temporada com o objectivo de alcançar o segundo «tetra» do seu historial. A perda de três titulares indiscutíveis – Ricardo Quaresma, Paulo Assunção e José Bosingwa – e o melhor apetrechamento dos «rivais» Sporting e Benfica deixavam antever maiores dificuldades, ainda que os «dragões» continuassem a assumir o papel de principais favoritos na luta pelo título. Para isso contribuía a manutenção de Jesualdo Ferreira, a iniciar a sua terceira época consecutiva como técnico do clube, e de grande parte da estrutura que garantira o êxito no exercício precedente, como também um ataque mordaz ao «Mercado», onde se destacavam as aquisições de Cristián Rodríguez, Rolando e Hulk, um brasileiro desconhecido com um trajecto resplandecente no futebol japonês, onde conquistara o epíteto de «Incrível», a que se juntavam Sapunaru, Benítez, Guarín, Tomás Costa e o internacional sub-21 português Pelé, campeão italiano pelo Inter de Milão em 2007/08. Um arranque de temporada bastante trémulo, marcado pela derrota na Supertaça, troféu que continua a escapar a Jesualdo Ferreira, por uma entrada muito aquém das expectativas na Liga, bem visível nos 10 pontos perdidos nas primeiras 7 jornadas, e pelos maus resultados diante de Arsenal (0-4, em Londres) e Dinamo Kiev (0-1, no Dragão) na fase de grupos da Liga dos Campeões, colocaram Jesualdo Ferreira, cada vez mais contestado pelos adeptos, numa posição bastante frágil, ainda que o experiente técnico alertasse para o facto da equipa estar a ser reconstruída, não escondendo a sua confiança em que os bons resultados e a estabilidade não tardariam a chegar. A decisiva deslocação a Kiev marcaria a viragem da temporada portista, já que o triunfo (2-1), graças a uma reviravolta consumada nos instantes finais da partida, quebrou uma série de 3 derrotas consecutivas em jogos oficiais e estaria na génese de uma impressionante série de resultados. É que o FC Porto não mais perderia na Liga, onde conquistou 59 dos últimos 69 pontos em disputa, o que garantiu a conquista do 17º título azul nas últimas 25 temporadas, definitivamente confirmado a duas jornadas do fim da prova, na sequência de uma vitória caseira diante do Nacional (1-0), como também marcaria uma inversão no trajecto na Liga dos Campeões, onde os triunfos sobre Fenerbahçe (2-1, em Istambul) e Arsenal (2-0, no Dragão) garantiram a qualificação para a fase seguinte da competição e o 1º lugar no grupo. Capaz de ultrapassar o Atlético Madrid nos oitavos de final, graças aos golos apontados no Vicente Calderón, o que valeu a melhor campanha europeia desde 2003/04, exercício em que venceu a competição, o FC Porto não conseguiria ultrapassar o campeão europeu Manchester United nos quartos de final: depois de um sensacional empate em Old Trafford (2-2), um míssil de Cristiano Ronaldo ditou a eliminação portista em pleno Estádio do Dragão. À vitória no campeonato, o FC Porto juntou ainda o triunfo na Taça de Portugal, troféu que Jesualdo Ferreira ainda não havia conquistado, ao derrotar o Paços de Ferreira (1-0) no Jamor, como também a conquista da primeira edição nacional da Liga Intercalar, mesmo apostando, quase sempre, na utilização de jogadores juniores e juvenis.

 
Estatísticas (Liga + Liga dos Campeões + Taça de Portugal)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
BRA HÉLTON da Silva Arruda 26 0 1 0 2.340 9 0 1 0 810 1 0 1 0 120
POR HUGO VENTURA 1 0 0 0 23 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR NUNO ESPÍRITO SANTO 4 0 0 0 338 1 0 0 0 90 6 0 0 0 540
POR Rui Nunes «RUCA» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR TIAGO MAIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
D
SEN ABDOULAYÉ BA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG Nelson Fabián BENÍTEZ 5 0 3 0 287 2 0 0 0 180 2 0 0 0 121
POR BERNARDO TENGARRINHA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 1 0 48
POR Pedro Pires «BOSINGWA» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR BRUNO ALVES 30 5 3 0 2.700 10 1 1 0 900 4 0 1 0 390
FRA Aly CISSOKHO 15 0 4 0 1.314 4 0 0 0 360 3 0 0 0 193
POR DAVID BRUNO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
URU Jorge FUCILE 17 0 6 1 1.360 2 0 0 0 180 4 0 0 0 370
POR HUGO SOUSA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR IVO PINTO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR JOSÉ PEDRO Teixeira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CZE Jaroslav KMOCH 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA Dorvalino Alves Maciel «LINO» 5 0 0 0 267 3 1 0 0 106 3 0 0 0 200
POR Paulo Mota «PAULINHO» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR PEDRO EMANUEL Silva 5 0 0 0 383 4 0 1 0 268 2 0 0 1 172
BRA RAFHAEL Oliveira de Jesus 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA ROBERTO Cunha Ribeiro 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR ROLANDO Fonseca 28 3 2 0 2.520 10 1 1 0 900 4 0 0 0 390
ROM Ionut Cristian SAPUNARU 17 0 4 0 1.341 8 0 2 0 668 2 0 0 0 167
SRB Milan STEPANOV 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0 5 0 0 0 450
POR VÍTOR BRUNO Gonçalves 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA WILLIAM Dias MASSARI 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
M
ARG ANDRÉS David MADRID 6 0 0 0 262 1 0 0 0 1 1 0 0 0 54
ARG Mario Ariel BOLATTI 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 59
URU CRISTIÁN RODRÍGUEZ 29 6 5 0 2.131 10 1 2 0 794 4 0 1 0 245
BRA FERNANDO Reges 25 0 7 0 2.192 10 0 1 0 810 4 0 0 0 336
COL FREDDY GUARÍN 15 1 0 0 354 3 0 0 0 121 4 2 0 0 272
POR JOÃO Carlos AMORIM 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR JOSUÉ Pesqueira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA LUCAS Moreira Taglialatela 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG Luis «LUCHO» GONZÁLEZ 23 9 4 0 1.888 9 2 1 1 694 3 1 1 0 300
ARG MARIANO GONZÁLEZ 24 4 1 0 1.380 7 1 0 0 227 6 1 1 0 439
POR Ricardo MIGUEL GALEÃO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Vítor Hugo Passos «PELÉ» 2 0 0 0 23 2 0 0 0 34 2 0 1 0 180
BRA Rafael Massambani Silva «RAFA» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
VEN RAMON Arcas Cardenas 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RAÚL MEIRELES 28 4 5 0 2.233 10 0 0 0 838 4 1 1 0 326
POR RICARDO CARDOSO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RICARDO DIAS 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR SÉRGIO OLIVEIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG TOMÁS COSTA 22 1 6 0 1.265 9 0 11 0 240 6 0 0 0 383
A
BRA ADRIANO Louzada 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Alexandre «ALEX» FREITAS 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR ANDRÉ CLARO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR DANIEL CANDEIAS 4 0 0 0 118 1 0 0 0 12 2 1 0 0 82
POR DIOGO VIANA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG Ernesto Antonio FARÍAS 20 10 1 0 909 2 0 0 0 27 5 4 0 0 292
POR FLÁVIO MORENO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA Givanildo Vieira de Souza «HULK» 25 8 6 0 1.660 10 0 21 0 670 7 1 1 1 423
CZE Alexander JAKUBOV 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR JOÃO BEIRÃO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR JORGE CHULA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG LISANDRO LÓPEZ 28 10 6 0 2.240 10 6 11 0 897 5 1 0 0 456
POR RUI CAETANO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
MAR TARIK SEKTIOUI 9 0 1 0 160 3 0 0 0 75 4 1 0 0 217
POR TIAGO Lopes «RABIOLA» 2 0 0 0 7 0 0 0 0 0 1 0 0 0 3

Estatísticas (Taça da Liga + Liga Intercalar)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min.
G
BRA HÉLTON da Silva Arruda 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR HUGO VENTURA 2 0 0 0 180 14 0 0 0 1.260
POR NUNO ESPÍRITO SANTO 2 0 0 0 180 0 0 0 0 0
POR Rui Nunes «RUCA» 0 0 0 0 0 5 0 0 0 450
POR TIAGO MAIA 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
D
SEN ABDOULAYÉ BA 0 0 0 0 0 6 0 0 0 397
ARG Nelson Fabián BENÍTEZ 3 0 2 0 270 6 0 0 0 540
POR BERNARDO TENGARRINHA 0 0 0 0 0 10 1 2 0 900
POR Pedro Pires «BOSINGWA» 0 0 0 0 0 7 0 2 0 441
POR BRUNO ALVES 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0
FRA Aly CISSOKHO 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0
POR DAVID BRUNO 0 0 0 0 0 4 0 0 0 253
URU Jorge FUCILE 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR HUGO SOUSA 0 0 0 0 0 1 0 0 0 7
POR IVO PINTO 1 0 0 0 3 13 0 0 0 1.020
POR JOSÉ PEDRO Teixeira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CZE Jaroslav KMOCH 0 0 0 0 0 1 0 0 0 45
BRA Dorvalino Alves Maciel «LINO» 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
POR Paulo Mota «PAULINHO» 0 0 0 0 0 1 0 0 0 17
POR PEDRO EMANUEL Silva 3 0 1 0 270 2 0 1 0 180
BRA RAFHAEL Oliveira de Jesus 0 0 0 0 0 10 0 2 0 753
BRA ROBERTO Cunha Ribeiro 0 0 0 0 0 12 0 1 0 958
POR ROLANDO Fonseca 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ROM Ionut Cristian SAPUNARU 4 1 2 0 328 1 0 0 0 90
SRB Milan STEPANOV 4 0 1 0 360 4 0 1 0 315
POR VÍTOR BRUNO Gonçalves 0 0 0 0 0 5 1 2 0 127
BRA WILLIAM Dias MASSARI 0 0 0 0 0 14 0 1 0 999
M
ARG ANDRÉS David MADRID 1 0 0 0 87 0 0 0 0 0
ARG Mario Ariel BOLATTI 1 0 0 0 90 7 0 0 0 557
URU CRISTIÁN RODRÍGUEZ 1 0 0 0 76 0 0 0 0 0
BRA FERNANDO Reges 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0
COL FREDDY GUARÍN 4 0 1 0 360 2 1 0 0 173
POR JOÃO Carlos AMORIM 0 0 0 0 0 5 0 0 0 243
POR JOSUÉ Pesqueira 2 0 0 0 21 17 2 2 0 1.230
BRA LUCAS Moreira Taglialatela 0 0 0 0 0 8 0 1 0 392
ARG Luis «LUCHO» GONZÁLEZ 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0
ARG MARIANO GONZÁLEZ 3 0 0 0 269 1 2 0 0 90
POR Ricardo MIGUEL GALEÃO 0 0 0 0 0 5 0 2 0 244
POR Vítor Hugo Passos «PELÉ» 1 0 0 0 90 4 0 1 0 279
BRA Rafael Massambani Silva «RAFA» 0 0 0 0 0 2 0 0 0 162
VEN RAMON Arcas Cardenas 0 0 0 0 0 13 0 0 0 802
POR RAÚL MEIRELES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RICARDO CARDOSO 0 0 0 0 0 2 0 0 0 101
POR RICARDO DIAS 0 0 0 0 0 12 0 1 0 680
POR SÉRGIO OLIVEIRA 0 0 0 0 0 7 1 1 0 531
ARG TOMÁS COSTA 4 0 0 0 267 2 0 0 0 180
A
BRA ADRIANO Louzada 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Alexandre «ALEX» FREITAS 0 0 0 0 0 6 0 0 0 300
POR ANDRÉ CLARO 0 0 0 0 0 12 4 0 0 674
POR DANIEL CANDEIAS 2 0 0 0 137 6 1 0 0 514
POR DIOGO VIANA 4 0 0 0 55 12 4 0 0 986
ARG Ernesto Antonio FARÍAS 4 1 0 0 315 2 2 0 0 180
POR FLÁVIO MORENO 0 0 0 0 0 1 0 0 0 45
BRA Givanildo Vieira de Souza «HULK» 1 0 0 0 84 0 0 0 0 0
CZE Alexander JAKUBOV 0 0 0 0 0 5 0 0 0 129
POR JOÃO BEIRÃO 0 0 0 0 0 2 0 0 0 36
POR JORGE CHULA 0 0 0 0 0 16 2 1 0 1.028
ARG LISANDRO LÓPEZ 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RUI CAETANO 0 0 0 0 0 6 0 0 0 248
MAR TARIK SEKTIOUI 2 1 1 0 115 3 2 0 0 225
POR TIAGO Lopes «RABIOLA» 2 1 0 0 43 11 4 3 0 905

 
Treinador

Jesualdo Ferreira
foto © Getty Images

JESUALDO FERREIRA

Primeiro técnico português a garantir a conquista de um tricampeonato consecutivo, Jesualdo Ferreira saiu da temporada como grande artífice da «dobradinha» portista em 2008/09, ao conseguir construir, após um mau arranque de exercício, que chegou a colocar a sua posição em causa, uma equipa à sua imagem: extremamente desenvolta e perigosa nas saídas para ataque e muito sólida do ponto de vista táctico, um garante de uma abordagem eficaz e astuta nas recuperações defensivas. Quase sempre organizado em 4x3x3, o seu esquema de eleição, a maturação dos seus conceitos e a versatilidade de Cristián Rodríguez permitiram, em algumas situações, partir de um 4x4x2, onde soube tirar partido da capacidade de Lisandro López e Hulk – notória a sua evolução no decurso da temporada – para jogarem a toda a largura da frente ofensiva. Jesualdo venceu também a aposta em jogadores como Rolando, Fernando e Cissokho, este último uma surpreendente aquisição de Inverno, capaz de suprir a pouca qualidade apresentada por Lino e, sobretudo, Benítez, uma aquisição totalmente falhada. Sem grandes soluções de qualidade no banco, Mariano González e Ernesto Farías acabaram por se revelar dois «jokers» muito importantes, principalmente na segunda metade do exercício.

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Jesualdo Ferreira 4x3x3 4x1x3x2, 4x1x4x1, 4x4x2 toda a época.

Nota: Rui Barros e João Pinto, técnicos-adjuntos da equipa principal, orientaram a equipa na Liga Intercalar.

 
Treinador (Liga + Liga dos Campeões + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Jesualdo Ferreira 30 21 7 2 2.333 10 4 3 3 1.500 7 5 1 1 2.286 4 2 0 2 1.500

Treinadores (Liga Intercalar)

Treinador J V E D Med.
Rui Barros 19 11 2 6 1.842
João Pinto 1 1 0 0 3.000

 
Equipa Tipo

FC Porto: táctica

 
As Figuras

Hélton
foto © Reuters

Hélton

Cristian Sapunaru
foto © panoramic

Cristian Sapunaru

Rolando
foto © Reuters

Rolando

Bruno Alves
foto © Reuters

Bruno Alves

Aly Cissokho
foto © Getty Images

Aly Cissokho

Fernando
foto © rr.pt

Fernando

Lucho González
foto © Getty Images

Lucho González

Raúl Meireles
foto © Getty Images

Raúl Meireles

Hulk
foto © Reuters

Hulk

Cristián Rodríguez
foto © Reuters

Cristián Rodríguez

Lisandro López
foto © Getty Images

Lisandro López

 
foto de abertura © Getty Images


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.