Portugal 2008/09: Liga de Honra

Olhanense
Olhanense

Classificação:

 1.Olhanense               	30  18  4  8  52-32  58  Campeão; Promovido
 2.União Leiria           	30  15  9  6  46-29  54  Promovido
 -----------------------------------------------------
 3.Santa Clara               	30  15  7  8  45-32  52
 4.Estoril Praia             	30  12  8 10  41-37  44
 5.Feirense                  	30  11  9 10  37-34  42
 6.Freamunde                 	30  11  8 11  32-35  41
 7.Sp. Covilhã               	30  10 10 10  42-42  40
 8.Varzim                     	30  11  6 13  29-35  39
 9.Gil Vicente                	30   8 14  8  36-37  38  
10.Vizela                    	30   7 16  7  28-33  37  Despromovido
11.Desportivo Aves           	30   9  9 12  30-36  36
12.Beira Mar                	30   8 11 11  32-32  35  
13.Portimonense              	30   7 14  9  29-35  35  
14.Oliveirense                	30   7 11 12  25-33  32  
------------------------------------------------------
15.Boavista                  	30   9  5 16  28-44  32  Despromovido
16.Gondomar                  	30   7  9 14  29-35  30  Despromovido

 
Notas:

– A Comissão Disciplinar da Liga decretou, em Junho de 2009, a desclassificação de Vizela e Gondomar do campeonato da Liga de Honra da época 2008/09, no âmbito do processo Apito Final. Os dois clubes ficam com zero pontos na classificação após terem sido considerados culpados do crime de corrupção consumada.
– Como o Gondomar já havia sido despromovido por via desportiva, a descida administrativa do Vizela tornou possível a manutenção do Boavista, 15º classificado, na Liga de Honra. Convidado a ocupar a vaga em aberto pela Comissão Executiva da Liga, o Boavista não conseguiu preencher os requisitos necessários para se inscrever, o que aliado à despromoção do Estrela da Amadora da 1ª para a 2ªDivisão, abriu duas vagas suplementares para a promoção de clubes da 2ªDivisão.

 

Resultados

Portugal - Liga de Honra 2008/09: resultados

 

Quem Subiu:

Oliveirense e Desportivo de Chaves.
+ Penafiel e Carregado (clubes convidados a preencher as vagas em aberto para 2009/10).

 

Melhores Marcadores

DJALMIR Vieira Andrade (Olhanense), 20
CÁSSIO Vargas Barbosa (União Leiria), 17
JOÃO TOMÁS (Boavista), 13
BRUNO SEVERINO (Gondomar), 12
Carlos de Souza Silva «CARLÃO» (União Leiria), 11
ELIVÉLTON de Gregori (Sporting Covilhã), 10
Carlos FANGUEIRO (Beira-Mar), 9
RUI MIGUEL Lopes (Desportivo Aves), 9
NUNO SANTOS (Santa Clara), 9
Gilvan Santos Souza «RINCÓN» (Santa Clara), 9
António OLIVEIRA (Santa Clara), 8
GUILHERME Capra Bacinello «CASCAVEL» (Freamunde), 7
NUNO GOMES (Varzim), 7
António MENDONÇA (Varzim), 6
Juliano Laurentino dos Santos «ROMA» (Sporting Covilhã), 6
LUÍS CARLOS da Silva (Estoril), 6
Vítor Costa «TOY» (Olhanense), 6
LUÍZ CARLOS Guedes Stukas (União Leiria), 6
JOÃO PIMENTA (Sporting Covilhã), 6
JORGE MONTEIRO Lourenço (Sporting Covilhã), 5
Adagilton dos Santos «DAGIL» (Estoril), 5
YAZALDE Gomes Pinto (Varzim), 5
GONZALO MARRONKLE (Portimonense), 5
HERMES Rodrigues Júnior (Gil Vicente), 5
José Manuel Moreira «CUCO» (Freamunde), 5
FELICIANO Alves (Vizela), 5
SÉRGIO GRILO das Neves (Oliveirense), 5
Josenaldo Vítor dos Santos «VITINHA» (Feirense), 5
JORGE LEITÃO (Feirense), 5
André Monteiro «UKRA» (Olhanense), 5
RUI DUARTE (Olhanense), 5
LOURENÇO Almeida (Beira-Mar), 5

 

Dados Relevantes

O Campeão

1º título de campeão da Liga de Honra do Olhanense, clube que somou a sua 6ª presença na competição, onde a sua melhor classificação era um 4º lugar, obtido em 2005/06.

Dados Gerais

Mais Vitórias: Olhanense, 18
Mais Empates: Vizela, 16
Mais Derrotas: Boavista, 16
Menos Vitórias: Vizela, Portimonense, Gondomar e Oliveirense, 7
Menos Empates: Olhanense, 4
Menos Derrotas: União Leiria, 6
Mais Golos Marcados: Olhanense, 52
Mais Golos Sofridos: Boavista, 44
Menos Golos Marcados: Oliveirense, 25
Menos Golos Sofridos: União Leiria, 29

Jogos em Casa

Mais Vitórias: Olhanense, 12
Mais Empates: Gil Vicente, 10
Mais Derrotas: Gondomar, Boavista e Desp. Aves, 6
Menos Vitórias: Gondomar e Gil Vicente, 4
Menos Empates: Olhanense, Boavista e Varzim, 2
Menos Derrotas: Olhanense, União Leiria e Gil Vicente, 1
Mais Golos Marcados: Olhanense, 29
Mais Golos Sofridos: Sp. Covilhã, 25
Menos Golos Marcados: Vizela, Gondomar e Desp. Aves, 14
Menos Golos Sofridos: Olhanense, 6

Jogos Fora

Mais Vitórias: União Leiria e Olhanense, 6
Mais Empates: Vizela e Portimonense, 9
Mais Derrotas: Boavista, 10
Menos Vitórias: Oliveirense, 1
Menos Empates: Olhanense e Estoril, 2
Menos Derrotas: Vizela e Portimonense, 4
Mais Golos Marcados: Olhanense, 23
Mais Golos Sofridos: Olhanense, 26
Menos Golos Marcados: Portimonense, 6
Menos Golos Sofridos: Portimonense, 15

 

JOGADORES

Totalistas

– Bruno Sousa (Olhanense), 30 jogos, 2700 minutos

– Banjai (Oliveirense), Bruno Veríssimo e Ukra (Olhanense), Rincón e Nuno Santos (Santa Clara), Gilberto (Boavista), Marcos Antônio (Olhanense) e Feliciano (Vizela) também foram utilizados nas 30 partidas, mas não completaram os 2700 minutos de competição.

Melhor média de pontos por jogo

(apenas jogadores com mais de metade dos jogos realizados – 15 jogos ou mais)

1. Mamadou Tall (União Leiria), 2,389 (18 jogos)
2. Ricardo Nunes (União Leiria), 2,375 (16 jogos)
3. Bruno Mestre (Olhanense), 2,095 (21 jogos)
4. Steven Vitória (Olhanense), 2,053 (19 jogos)
5. Paulo Vinicius (União Leiria), 2,042 (24 jogos)
6. Issouf Ouattara (União Leiria), 2,040 (25 jogos)
7. Stéphane (Olhanense), 2,000 (24 jogos)
8. Toy (Olhanense), 1,966 (29 jogos)
9. André Castro (Olhanense), 1,964 (28 jogos)
Marco Couto (Olhanense), 1,964 (28 jogos)
11. Rui Baião (Olhanense), 1,950 (20 jogos)
12. Lico (Santa Clara), 1,938 (16 jogos)
13. Bruno Veríssimo (Olhanense), 1,933 (30 jogos)
Ukra (Olhanense), 1,933 (30 jogos)
15. Djalmir (Olhanense), 1,926 (27 jogos)
Rui Duarte (Olhanense), 1,926 (27 jogos)
17. João Gonçalves (Olhanense), 1,920 (25 jogos)
18. Guga (Olhanense), 1,895 (19 jogos)
19. Danilo Silva (Santa Clara), 1,864 (22 jogos)
20. João Pedro (União Leiria), 1,840 (25 jogos)

Mais vitórias

1. Toy (Olhanense), 18 (29 jogos)
2. Bruno Veríssimo e Ukra (ambos do Olhanense), 18 (30 jogos)
4. Castro e Marco Couto (ambos do Olhanense), 17 (28 jogos)
6. Djalmir e Rui Duarte (ambos do Olhanense), 16 (27 jogos)
8. Stéphane (Olhanense), 15 (24 jogos)
9. João Gonçalves (Olhanense) e Issouf Ouattara (União Leiria), 15 (25 jogos)
11. M’Bida Messi (Olhanense), 15 (27 jogos)
12. Ruy Netto (Santa Clara), 15 (28 jogos)
13. Nuno Santos e Rincón (ambos do Santa Clara), 15 (30 jogos)
15. Bruno Mestre (Olhanense), 14 (21 jogos)
16. Paulo Vinicius (União Leiria), 14 (24 jogos)
17. Cássio (União Leiria) e Hernâni (Olhanense), 14 (27 jogos)
19. Tiago (União Leiria), João Dias e António Oliveira (Santa Clara), 14 (29 jogos)

Mais empates

1. André Cunha (Vizela), 16 (28 jogos)
2. Hélder Bruno Sousa (Vizela), 16 (29 jogos)
3. Feliciano (Vizela), 16 (30 jogos)
4. Cláudio (Vizela), 15 (26 jogos)
5. Jorge Pires (Vizela), 15 (29 jogos)
6. Henrique (Portimonense) e Quim Berto (Vizela), 14 (25 jogos)
8. Williams (Vizela), 14 (27 jogos)
9. Luís Miguel (Vizela), 13 (19 jogos)
10. Nuno Amaro (Vizela), 13 (22 jogos)
11. Rui Riça (Vizela), 13 (24 jogos)
12. Gonzalo Marronkle (Portimonense), 13 (25 jogos)
13. Vasco Matos (Portimonense), 13 (26 jogos)
14. Ricardo Pessoa (Portimonense), 13 (27 jogos)
15. Diego Gaúcho e Leonel Olímpio (Gil Vicente), Diogo Melo e Nuno Coelho (Portimonense), 13 (28 jogos)
19. Hélder Dias Sousa (Vizela) e Ivanildo (Gil Vicente), 12 (22 jogos)

Mais derrotas

1. Gilberto (Boavista), 16 (30 jogos)
2. Adriano e João Tomás (Boavista), 15 (28 jogos)
4. Bruno Monteiro, Rui Lima e Sidnei (Boavista), 15 (29 jogos)
7. Cícero (Gondomar), 14 (23 jogos)
8. Castro (Gondomar), 14 (26 jogos)
9. Evandro (Gondomar) e Pedro Moreira (Boavista), 14 (28 jogos)
11. Diogo Fernandes (Boavista), 13 (23 jogos)
12. Ivan Santos (Boavista), 13 (24 jogos)
13. Alex Garcia e Gora Tall (Gondomar), 13 (25 jogos)
15. Carlos Viana (Gondomar), 13 (27 jogos)
16. Sérgio Leite (Boavista), 12 (22 jogos)
17. Telmo (Varzim), 12 (24 jogos)
18. Nelsinho (Varzim) e Leocísio Sami (Desp. Aves), 12 (27 jogos)
20. Manuel Godinho (Oliveirense), Malafaia e Tito (Varzim), 12 (29 jogos)

Menos vitórias

(apenas jogadores com mais de metade dos jogos realizados – 15 jogos ou mais)

1. Bruno Filipe (Gil Vicente), 2 (17 jogos)
2. Cícero (Gondomar), 3 (23 jogos)
3. Vítor Silva (Gondomar), 3 (20 jogos)
4. Alê (Portimonense), Nuno Santos e Rómulo (Gondomar), 3 (19 jogos)
7. Jorge Silva (Oliveirense), 3 (16 jogos)
8. Hesley (Portimonense) e Djamal (Beira-Mar), 3 (15 jogos)
10. Castro (Gondomar), 4 (26 jogos)
11. Fary Faye (Beira-Mar), 4 (23 jogos)
12. Milton (Sp. Covilhã), Sandro Cunha (Vizela) e Sousa (Beira-Mar), 4 (20 jogos)
15. Emídio Rafael (Portimonense), Filipe Tavares (Oliveirense), João Fernandes (Gondomar), Luís Miguel e Hugo Moreira (Vizela), 4 (19 jogos)

Menos derrotas

(apenas jogadores com mais de metade dos jogos realizados – 15 jogos ou mais)

1. Mamadou Tall (União Leiria), 1 (18 jogos)
2. Luís Miguel (Vizela), 2 (19 jogos)
3. Ricardo Nunes (União Leiria), 2 (16 jogos)
4. Paulo Vinicius (União Leiria), 3 (24 jogos)
5. Nuno Amaro (Vizela), 3 (22 jogos)
6. Pedro Cervantes (União Leiria), 3 (21 jogos)
7. Filipe Fernandes (Gil Vicente), 3 (17 jogos)
8. Lico (Santa Clara), 3 (16 jogos)
9. Hesley (Portimonense), 3 (15 jogos)
10. Issouf Ouattara (União Leiria), 4 (25 jogos)
11. João Vilela (Gil Vicente), 4 (21 jogos)
12. Pedro Ribeiro (Gil Vicente) e Steven Vitória (Olhanense), 4 (19 jogos)
14. Paulo Arantes (Gil Vicente), 4 (18 jogos)
15. Mamadou Djikiné (Sp. Covilhã), Júnior Paulista (Feirense) e Luís Manuel (União Leiria), 4 (17 jogos)

 

GOLOS

Golos apontados em 2008/09

561. Foram marcados mais 15 golos do que no exercício anterior.

Média de Golos em 2008/09

2,3 por jogo. A mesma média do exercício anterior (2,3 golos por jogo).

Mais eficazes

(apenas jogadores com mais de metade dos jogos realizados – 15 jogos ou mais)

1. Djalmir (Olhanense) – 20 golos em 27 jogos – 1 golo a cada 113 minutos
2. Cássio (União Leiria) – 17 golos em 27 jogos – 1 golo a cada 122 minutos
3. Guilherme Cascavel (Freamunde) – 7 golos em 19 jogos – 1 golo a cada 140 minutos
4. Elivélton (Sp. Covilhã) – 10 golos em 24 jogos – 1 golo a cada 156 minutos
5. Bruno Filipe (Gil Vicente) – 2 golos em 17 jogos – 1 golo a cada 160 minutos
6. Bruno Severino (Gondomar) – 12 golos em 25 jogos – 1 golo a cada 166 minutos
7. João Tomás (Boavista) – 13 golos em 28 jogos – 1 golo a cada 174 minutos
8. Mendonça (Varzim) – 6 golos em 17 jogos – 1 golo a cada 181 minutos
9. Fangueiro (Beira-Mar) – 9 golos em 26 jogos – 1 golo a cada 207 minutos
10. Roma (Sp. Covilhã) – 6 golos em 22 jogos – 1 golo a cada 208 minutos.

«Jokers»

1. Gonzalo Garavano (Portimonense) – 4 golos em 8 jogos como suplente utilizado
2. Romeu Torres (Desp. Aves) – 3 golos em 12 jogos como suplente utilizado
3. João Tomás (Boavista) – 2 golos em 2 jogos como suplente utilizado
4. Bruno Moreira (Varzim) e Cássio (União Leiria) – 2 golos em 4 jogos como suplente utilizado
6. Hernâni Borges (Santa Clara) – 2 golos em 6 jogos como suplente utilizado.

Grandes Penalidades

1. Elivélton (Sp. Covilhã), 4 golos
2. Fangueiro (Beira-Mar), Luiz Carlos (União Leiria), João Tomás (Boavista), Djalmir e Rui Duarte (Olhanense), Mendonça (Varzim) e Roma (Sp. Covilhã), 3 golos.

«Bis»

1. Cássio e Carlão (União Leiria), Elivélton (Sp. Covilhã), Bruno Severino (Gondomar), João Tomás (Boavista), Fangueiro (Beira-Mar), Nuno Santos (Santa Clara) e Dagil (Estoril), 2.

«Triplas»

1. Djalmir (Olhanense), 3
2. Cássio (União Leiria), 2

Djalmir obteve duas «triplas» em casa (Estoril e Portimonense) e uma fora (Boavista).

«Quádruplas»

1. Carlão (União Leiria), 1 – diante do Olhanense (casa).

Séries goleadoras

Não se verificou nenhuma série relevante.

Goleadores em Jogos em Casa

1. Cássio (União Leiria) e João Tomás (Boavista), 11 golos
3. Djalmir (Olhanense), 10 golos
4. Elivélton (Sp. Covilhã), Fangueiro (Beira-Mar), Rincón (Santa Clara), Carlão (União Leiria) e Bruno Severino (Gondomar), 7 golos
9. Rui Miguel (Desp. Aves), 6 golos
10. Luís Carlos (Estoril), Nuno Santos (Santa Clara) e Gonzalo Marronkle (Portimonense), 5 golos.

Goleadores em Jogos Fora

1. Djalmir (Olhanense), 10 golos
2. Cássio (União Leiria), 6 golos
3. António Oliveira (Santa Clara) e Bruno Severino (Gondomar), 5 golos
5. Carlão (União Leiria) e Nuno Santos (Santa Clara), 4 golos
7. Toy e Rui Duarte (Olhanense), Nuno Gomes e Mendonça (Varzim), Barge, Cesinha e Ivan Santos (Estoril), Evandro (Gondomar), Elivélton, Roma, João Pimenta e Jorge Monteiro (Sp. Covilhã), Adilson (Feirense), Robert e Rui Miguel (Desp. Aves), Guilherme Cascavel e Cuco (Freamunde), 3 golos.

Auto-golos

1. Tiago Conceição (Estoril), Henrique (Desp. Aves), Bura e Igor Araújo (Sp. Covilhã), Kanu (Beira-Mar), Diogo Melo (Portimonense), Cássio e Marco Soares (União Leiria), Serginho (Feirense) e Nuno Amaro (Vizela), 1.

Guarda-redes menos batido

(apenas jogadores com mais de metade dos jogos realizados – 15 jogos ou mais)

1. Ricardo Nunes (União Leiria), 1,00 golos sofridos por jogo – 16 golos sofridos em 16 jogos.
2. Hélder Godinho (Feirense), 1,04 golos sofridos por jogo – 25 golos sofridos em 24 jogos.
3. Alê (Portimonense), 1,05 golos sofridos por jogo – 20 golos sofridos em 19 jogos.
4. Bruno Veríssimo (Olhanense), 1,07 golos sofridos por jogo – 32 golos sofridos em 30 jogos.
5. Tó Figueira (Freamunde), 1,12 golos sofridos por jogo – 29 golos sofridos em 26 jogos.
6. Marco Gonçalves (Gil Vicente), 1,12 golos sofridos por jogo – 28 golos sofridos em 25 jogos.
7. Alemão (Santa Clara) e Palatsi (Beira-Mar), 1,14 golos sofridos por jogo – 24 golos sofridos em 21 jogos.
9. Rui Riça (Vizela), 1,17 golos sofridos por jogo – 28 golos sofridos em 24 jogos.
10. Rui Faria (Desp. Aves), 1,17 golos sofridos por jogo – 34 golos sofridos em 29 jogos.

Guarda-redes com mais «balizas-virgens»

1. Bruno Veríssimo (Olhanense), 13 «balizas-virgens» em 30 jogos.
2. Rui Faria (Desp. Aves), 11 «balizas-virgens» em 29 jogos.
3. Márcio Ramos (Estoril), 10 «balizas-virgens» em 29 jogos.
4. Tó Figueira (Freamunde), 9 «balizas-virgens» em 26 jogos.
5. Alê (Portimonense), 8 «balizas-virgens» em 19 jogos.
6. Rui Riça (Vizela), 7 «balizas-virgens» em 24 jogos.
7. Marco Gonçalves (Gil Vicente), 7 «balizas-virgens» em 25 jogos.
8. Tó Ferreira (Oliveirense), 6 «balizas-virgens» em 14 jogos.
9. Sérgio Leite (Boavista), 6 «balizas-virgens» em 22 jogos.
10. Hélder Godinho (Feirense), 6 «balizas-virgens» em 24 jogos.

Guarda-redes com melhor percentagem de «balizas-virgens»

(apenas jogadores com mais de metade dos jogos realizados – 15 jogos ou mais)

1. Bruno Veríssimo (Olhanense), 44,8% – 13 «balizas-virgens» em 30 jogos.
2. Alê (Portimonense), 42,1% – 8 «balizas-virgens» em 19 jogos.
3. Rui Faria (Desp. Aves), 37,9% – 11 «balizas-virgens» em 29 jogos.
4. Tó Figueira (Freamunde), 37,5% – 9 «balizas-virgens» em 26 jogos.
5. Márcio Ramos (Estoril), 34,5% – 10 «balizas-virgens» em 29 jogos.
6. Marco Gonçalves (Gil Vicente), 31,8% – 7 «balizas-virgens» em 25 jogos.
7. Ricardo Nunes (União Leiria), 31,3% – 5 «balizas-virgens» em 16 jogos.
8. Rui Riça (Vizela), 29,2% – 7 «balizas-virgens» em 24 jogos.
9. Sérgio Leite (Boavista), 27,3% – 6 «balizas-virgens» em 22 jogos.
10. Nuno Santos (Gondomar), 26,3% – 5 «balizas-virgens» em 19 jogos.

Guarda-redes (minutos consecutivos sem sofrer golos)

1. Tó Ferreira (Oliveirense) – 444 minutos sem sofrer golos
2. Ricardo Nunes (União Leiria) – 411 minutos sem sofrer golos
3. Rui Riça (Vizela) – 388 minutos sem sofrer golos
4. Nuno Santos (Gondomar) – 370 minutos sem sofrer golos.

 

TREINADORES

«Chicotadas»

Equipa Quem Saiu Data da Saída Quem Entrou Data da Entrada
Sp. Covilhã Álvaro Magalhães 23.07.2008 Hélio Sousa 28.07.2008
Boavista Jaime Pacheco 19.08.2008 Rui Bento 20.08.2008
Estoril Manuel Cruz «Tulipa» 25.09.2008 João Carlos Pereira 28.09.2008
União Leiria Paulo Alves 08.11.2008 Manuel Fernandes 10.11.2008
Beira-Mar António Sousa 10.11.2008 Bruno Moura 10.11.2008
Gil Vicente Manuel Gomes «Neca» 17.11.2008 Manuel Ribeiro 20.11.2008
Vizela Carlos Garcia 25.11.2008 Paulo Alves 28.11.2008
Portimonense Vítor Pontes 04.02.2009 Lito Vidigal 10.02.2009
Gil Vicente Manuel Ribeiro 16.02.2009 João Eusébio 17.02.2009
Varzim Rui Dias 04.03.2009 Eduardo Esteves 04.03.2009
Desp. Aves Henrique Nunes 13.05.2009 Vítor Gomes «Vitinha» 13.05.2009

Melhor média de pontos por jogo

(apenas treinadores com mais de um terço dos jogos realizados – 10 jogos ou mais)

1. Manuel Fernandes (União Leiria), 2,043 (23 jogos)
2. Jorge Costa (Olhanense), 1,933 (30 jogos)
3. Vítor Pereira (Santa Clara), 1,733 (30 jogos)
4. Manuel Ribeiro (Gil Vicente), 1,600 (10 jogos)
5. João Carlos Pereira (Estoril), 1,538 (26 jogos)
6. Francisco Chaló (Feirense), 1,400 (30 jogos)
7. Jorge Regadas (Freamunde), 1,367 (30 jogos)
8. Hélio Sousa (Sp. Covilhã), 1,333 (30 jogos)
9. Lito Vidigal (Portimonense), 1,308 (13 jogos)
10. Rui Dias (Varzim), 1,300 (20 jogos)
Eduardo Esteves (Varzim), 1,300 (10 jogos)

Pior média de pontos por jogo

(apenas treinadores com mais de um terço dos jogos realizados – 10 jogos ou mais)

1. João Eusébio (Gil Vicente), 0,917 (12 jogos)
2. Daniel Ramos (Gondomar), 1,000 (30 jogos)
3. Rui Bento (Boavista), 1,067 (30 jogos)
Pedro Miguel (Oliveirense), 1,067 (30 jogos)

 

RESULTADOS

Séries

Vitórias Consecutivas: União Leiria e Olhanense, 4 vitórias consecutivas
Jogos sem perder: Vizela, 14 jogos sem perder
Jogos sem sofrer golos: Oliveirense, 4 jogos sem sofrer golos
Derrotas Consecutivas: Gondomar, 5 derrotas consecutivas
Jogos sem vencer: Vizela e Gondomar, 10 jogos sem vencer
Jogos sem marcar golos: Beira-Mar, 5 jogos sem marcar golos.

Séries em Casa

Vitórias Consecutivas: Olhanense, 7 vitórias consecutivas
Jogos sem perder: União Leiria, 14 jogos sem perder
Jogos sem sofrer golos: Oliveirense, 5 jogos sem sofrer golos
Derrotas Consecutivas: Desp. Aves e Gondomar, 3 derrotas consecutivas
Jogos sem vencer: Gil Vicente e Vizela, 7 jogos sem vencer
Jogos sem marcar golos: Vizela, Gondomar (em duas ocasiões) e Beira-Mar, 3 jogos sem marcar golos.

Séries Fora de Casa

Vitórias Consecutivas: União Leiria e Santa Clara, 3 vitórias consecutivas
Jogos sem perder: Vizela, 7 jogos sem perder
Jogos sem sofrer golos: União Leiria e Portimonense, 3 jogos sem sofrer golos
Derrotas Consecutivas: Oliveirense, 6 derrotas consecutivas
Jogos sem vencer: Boavista e Oliveirense, 12 jogos sem vencer
Jogos sem marcar golos: Boavista, 5 jogos sem marcar golos.

Mais Comuns

1-0: 46 vezes
2-1: 44 vezes
1-1: 36 vezes
2-0: 29 vezes
0-0: 27 vezes

Número de Golos por jogo

2 golos: 65 jogos
3 golos: 54 jogos
1 golo: 46 jogos
0 golos: 27 jogos
4 golos: 27 jogos
5 golos: 13 jogos
6 golos: 6 jogos
7 golos: 2 jogos

Maior Goleada

Olhanense – Freamunde, 5-0.

Jogos com mais golos

Portimonense – Desp. Aves, 5-2 e Sp. Covilhã – Olhanense, 4-3.

Golo mais rápido

Ivan Santos (Estoril), no Portimonense – Estoril, da 25ª jornada. Golo aos 20 segundos de jogo.

 

IDADE

Equipa mais velha

Vizela – 30,3 (diante do Sp. Covilhã, em casa, na 30ª jornada)

– Vizela com 8 equipas no «top 10» e 15 no «top 20» foi, claramente, a equipa com média de idade mais elevada na Liga de Honra.

Equipa mais nova

Boavista – 23,4 (diante do Sp. Covilhã, em casa, na 30ª jornada)

– Boavista com 9 equipas no «top 10» e 17 no «top 20» foi, claramente, a equipa com média de idade mais baixa na Liga de Honra.

Jogadores mais idosos

1. Palatsi (Beira-Mar) – 39 anos, 5 meses e 15 dias – diante da União de Leiria (30ª jornada).
2. Basílio Almeida (Sp. Covilhã) – 37 anos, 9 meses e 13 dias – diante do Boavista (30ª jornada)
3. Tó Ferreira (Oliveirense) – 37 anos, 9 meses e 1 dia – diante do Gondomar (30ª jornada).

Jogadores mais jovens

1. Fábio Sapateiro (Portimonense) – 18 anos, 9 meses e 7 dias – diante do Freamunde (30ª jornada).
2. Benvindo (Boavista) – 18 anos, 9 meses e 15 dias – diante do Vizela (1ª jornada).
3. Djibril Djaló (Boavista) – 18 anos, 10 meses e 7 dias – diante do Beira-Mar (8ª jornada).

Golo «mais velho»

Quim Berto (Vizela) – 37 anos e 4 meses – diante do Desp. Aves (17ª jornada).

Golo «mais jovem»

André Pinto (Santa Clara) – 19 anos, 1 mês e 11 dias – diante do Sp. Covilhã (8ª jornada).

 

NACIONALIDADES

Percentagem de utilização de jogadores portugueses

66,0%. Representou um acréscimo de 0,2% em relação ao exercício anterior (65,8%).

Percentagem de golos de jogadores portugueses

55,4%. Representou um decréscimo de 3,5% em relação ao exercício anterior (58,9%).

Maior percentagem de utilização de jogadores portugueses

Vizela – 84,8%

Menor percentagem de utilização de jogadores portugueses

União Leiria – 47,6%

Maior percentagem de goleadores portugueses

Freamunde – 87,1%

Menor percentagem de goleadores portugueses

União Leiria – 8,9%

66,0% dos jogadores utilizados são portugueses; seguem-se brasileiros (22,2%), cabo-verdianos (2,1%), guineenses (1,9%), argentinos (1,4%), senegaleses e burquineses (1,0%), camaroneses (0,9%), costa-marfinenses (0,8%).

55,4% dos golos são apontados por jogadores portugueses; seguem-se brasileiros (33,8%), argentinos e cabo-verdianos (1,8%), senegaleses e guineenses (1,3%), burquineses e angolanos (1,1%), zambianos (0,7%), camaroneses e costa-marfinenses (0,5%).

 

(IN)DISCIPLINA

Equipa mais disciplinada

Santa Clara, 74 amarelos – 1 vermelho.

Equipa mais indisciplinada

Varzim, 92 amarelos – 10 vermelhos.

Jogador mais indisciplinado

Bruno Severino (Gondomar) – 10 amarelos, 1 vermelho por acumulação e 2 vermelhos directos em 25 jogos.

Jogador com mais cartões amarelos

Sérgio Nunes (Desp. Aves) – 13 amarelos.

Jogador com mais cartões vermelhos

Bruno Severino (Gondomar) – 3 expulsões.

 

OS ÁRBITROS DA LIGA DE HONRA

Nome Associação J A AV V
André Gralha Santarém 10 44 1 0
António Augusto Costa Aveiro 10 42 1 2
Artur Soares Dias Porto 10 49 4 1
Bruno Esteves Setúbal 12 67 3 1
Bruno Paixão Setúbal 12 79 5 0
Carlos Xistra Castelo Branco 9 50 1 1
Cosme Machado Braga 11 61 1 2
Duarte Gomes Lisboa 7 29 0 2
Elmano Santos Madeira 12 62 1 2
Hugo Miguel Lisboa 11 71 1 2
João Capela Lisboa 10 55 4 5
João Ferreira Setúbal 6 34 1 3
Jorge Sousa Porto 9 56 1 1
Lucílio Baptista Setúbal 11 58 2 3
Luís Reforço Setúbal 13 55 2 4
Marco Ferreira Madeira 8 34 2 1
Nuno Miguel Roque Coimbra 11 43 3 0
Olegário Benquerença Leiria 8 53 3 0
Paulo Baptista Portalegre 8 42 3 3
Paulo Costa Porto 11 70 1 1
Pedro Henriques Lisboa 9 40 1 0
Pedro Proença Lisboa 6 41 2 2
Rui Costa Porto 13 68 5 0
Vasco Santos Porto 13 66 0 1

 

CLASSIFICAÇÕES ALTERNATIVAS

Jogos em Casa

1. Olhanense, 38
2. Santa Clara, 33
3. União Leiria, 32
4. Feirense, 30
5. Varzim, 29
6. Freamunde, 28
7. Estoril, 27
8. Beira-Mar, 25
9. Oliveirense, 24
10. Boavista, 23
11. Vizela, 22
12. Gil Vicente, 22
13. Sp. Covilhã, 22
14. Portimonense, 20
15. Desp. Aves, 19
16. Gondomar, 17

Jogos Fora de Casa

1. União Leiria, 22
2. Olhanense, 20
3. Santa Clara, 19
4. Sp. Covilhã, 18
5. Estoril, 17
6. Desp. Aves, 17
7. Gil Vicente, 16
8. Vizela, 15
9. Portimonense, 15
10. Freamunde, 13
11. Gondomar, 13
12. Feirense, 12
13. Varzim, 10
14. Beira-Mar, 10
15. Boavista, 9
16. Oliveirense, 8

Primeiras Partes

1. Olhanense, 53
2. União Leiria, 47
3. Santa Clara, 47
4. Sp. Covilhã, 43
5. Freamunde, 41
6. Vizela, 41
7. Estoril, 39
8. Beira-Mar, 38
9. Oliveirense, 36
10. Gondomar, 36
11. Gil Vicente, 36
12. Varzim, 34
13. Boavista, 33
14. Desp. Aves, 32
15. Feirense, 31
16. Portimonense, 30

Segundas Partes

1. Olhanense, 52
2. União Leiria, 48
3. Feirense, 47
4. Desp. Aves, 45
5. Santa Clara, 44
6. Estoril, 42
7. Gil Vicente, 42
8. Varzim, 40
9. Portimonense, 39
10. Beira-Mar, 37
11. Freamunde, 35
12. Sp. Covilhã, 33
13. Gondomar, 31
14. Vizela, 31
15. Oliveirense, 29
16. Boavista, 28

1ª Volta

1. Olhanense, 29
2. Santa Clara, 28
3. Gil Vicente, 25
4. Feirense, 22
5. Estoril, 21
6. Sp. Covilhã, 21
7. Beira-Mar, 20
8. Desp. Aves, 20
9. União Leiria, 19
10. Varzim, 19
11. Vizela, 18
12. Portimonense, 18
13. Freamunde, 17
14. Boavista, 17
15. Gondomar, 14
16. Oliveirense, 13

2ª Volta

1. União Leiria, 35
2. Olhanense, 29
3. Freamunde, 24
4. Santa Clara, 24
5. Estoril, 23
6. Varzim, 20
7. Feirense, 20
8. Vizela, 19
9. Sp. Covilhã, 19
10. Oliveirense, 19
11. Portimonense, 17
12. Gondomar, 16
13. Desp. Aves, 16
14. Beira-Mar, 15
15. Boavista, 15
16. Gil Vicente, 13

 

PÚBLICO NOS ESTÁDIOS DA LIGA

Pos. Clube Total J. Média Máx. Min.
1 Boavista 44.796 15 2.986 6.060 1.989
2 Olhanense 38.377 15 2.558 7.097 797
3 Beira-Mar 35.953 15 2.397 3.817 1.066
4 Gil Vicente 27.324 15 1.822 2.395 987
5 Vizela 26.232 15 1.749 2.748 1.169
6 União Leiria 24.402 15 1.627 8.920 520
7 Varzim 23.052 15 1.537 2.630 855
8 Santa Clara 22.055 15 1.470 2.672 365
9 Portimonense 21.811 15 1.454 2.157 946
10 Freamunde 15.700 15 1.047 1.354 711
11 Gondomar 14.137 15 942 1.700 625
12 Oliveirense 13.789 15 919 1.308 619
13 Feirense 12.473 15 832 1.488 513
14 Sp. Covilhã 10.509 15 701 1.147 350
15 Desp. Aves 10.113 15 674 876 468
16 Estoril 4.172 15 278 778 175

Número de Espectadores em 2008/09: 344.895 espectadores
Jogo com maior assistência: União Leiria – Feirense, 8.920 espectadores
Jogo com menor assistência: Estoril – Desp. Aves, 175 espectadores
Jornada com maior assistência: 30ª (22.850 espectadores)
Jornada com menor assistência: 15ª (6.963 espectadores)
Equipa com maior assistência (30 jogos): Boavista, 66.767 espectadores
Equipa com menor assistência (30 jogos): Estoril, 19.992 espectadores
Equipa com maior assistência nos jogos como visitante: Feirense, 29.608 espectadores
Equipa com menor assistência nos jogos como visitante: Estoril, 15.820 espectadores

 

LIGA DE HONRA – TODOS OS CAMPEÕES

1990/91 FC Paços Ferreira
1991/92 SC Espinho
1992/93 CF Estrela Amadora
1993/94 FC Tirsense
1994/95 Leça FC
1995/96 Rio Ave FC
1996/97 SC Campomaiorense
1997/98 União Desp. Leiria
1998/99 Gil Vicente FC
1999/00 FC Paços Ferreira
2000/01 CD Santa Clara
2001/02 Moreirense FC
2002/03 Rio Ave FC
2003/04 GD Estoril Praia
2004/05 FC Paços Ferreira
2005/06 SC Beira-Mar
2006/07 Leixões SC
2007/08 CD Trofense
2008/09 SC Olhanense

 

LIGA DE HONRA – TÍTULOS POR CLUBE

3 FC Paços Ferreira
2 Rio Ave FC 
1 SC Beira-Mar, SC Campomaiorense, SC Espinho, GD Estoril Praia, CF Estrela Amadora, Gil Vicente FC, Leça FC, Leixões SC, Moreirense FC, CD Santa Clara,  FC Tirsense, CD Trofense, União Desp. Leiria, SC Olhanense

 

LIGA DE HONRA – HISTÓRICO DOS MELHORES MARCADORES

1990/91 Edouard Antranik Eranossian (Leixões SC) - 22 golos / 38 jornadas
1991/92 Rashid Yekini (Vitória FC Setúbal) - 22 golos / 34 jornadas
1992/93 Rashid Yekini (Vitória FC Setúbal) - 34 golos / 34 jornadas
1993/94 Edondo Amaral Neto «Edinho» (Portimonense SC) - 15 golos / 34 jornadas
1994/95 Tihomir Rudez «Rudi» (SC Campomaiorense) - 20 golos / 34 jornadas
1995/96 Paulo Vida (CD Aves) - 22 golos / 34 jornadas
1996/97 Carlos Freitas (CD Beja) - 17 golos / 34 jornadas
1997/98 Armando Santos (Moreirense FC) - 21 golos / 34 jornadas
1998/99 Marcos Nangi «Marcão» (Varzim SC) - 23 golos / 34 jornadas
1999/00 Marcos Nangi «Marcão» (Varzim SC) - 27 golos / 34 jornadas
2000/01 Ildebrando Dalosto «Brandão» (CD Santa Clara) - 24 golos / 34 jornadas
2001/02 Ibon Arrieta (GD Chaves), Paulo Vida (SC Campomaiorense), Sérgio Cunha «Serginho» (CD Nacional), Rômulo Silva (CD Nacional) - 18 golos / 34 jornadas 
2002/03 Igor Fonseca (FC Maia) - 20 golos / 34 jornadas
2003/04 Fábio Hempel (SC Salgueiros) - 25 golos / 34 jornadas
2004/05 Gilvan Santos «Rincón» (FC Paços Ferreira) - 19 golos / 34 jornadas
2005/06 Cássio Vargas Barbosa (GD Chaves e FC Maia) - 20 golos / 34 jornadas
2006/07 Roberto Alcântara Ballesteros (Leixões SC) - 17 golos / 34 jornadas
2007/08 Júlio César do Nascimento (CD Santa Clara) – 14 golos / 30 jornadas
2008/09 Djalmir Vieira Andrade (SC Olhanense) – 20 golos / 30 jornadas

 
foto de abertura © olhanense.net


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.