Portugal 2008/09: Liga de Honra (Clube a Clube)

Olhanense
Olhanense

OLHANENSE: O CAMPEÃO

classificado em 2007/08, o Olhanense não se assumiu como candidato à subida de divisão, já que Isidoro Sousa, presidente do clube, optou por um discurso cauteloso e, mesmo sem esconder o desejo de melhorar o registo classificativo do exercício precedente, colocou a manutenção como principal objectivo para 2008/09. Jorge Costa, depois de ter efectuado a sua estreia como técnico ao serviço do Sporting de Braga, surgia como sucessor de Diamantino Miranda à frente dos destinos da formação de Olhão, contando com um plantel que mesclava experiência, até porque foi garantida a continuidade de grande parte da estrutura titular da temporada anterior, com vários jogadores jovens oriundos das escolas dos «grandes» do futebol português, como Castro, Ukra, Stéphane, Edson Karr ou Steven Vitória, emprestados pelo FC Porto, João Gonçalves e Paulo Renato, cedidos pelo Sporting, e Ricardo Campos, jovem guardião formado no Benfica e contratado ao Rio Maior. Se os bons desempenhos do clube durante a pré-época elevaram as expectativas sobre a possibilidade do Olhanense se intrometer na luta pela subida, a dupla vitória nas difíceis deslocações ao terreno do Aves (2-1) e do Portimonense (3-2), à 6ª e 7ª jornadas, colocou o Olhanense, depois de um início de prova algo intermitente, na liderança da competição e em zona de subida, de onde não mais viria a sair. Protagonista de um bom final de primeira metade da competição, o que lhe permitiu cimentar a posição de líder, a formação algarvia perderia fulgor na mudança de volta, algo bem expresso em apenas 1 ponto conquistado entre as rondas 15 e 18. Só que a equipa liderada tecnicamente por Jorge Costa, sempre fiel a um 4x3x3 e a uma ideia de jogo marcadamente ofensiva, saberia inverter a situação e realizar um último terço de competição sólido, não se intimidando com a concorrência de Santa Clara e a perigosa aproximação da União de Leiria, capaz de impor uma pesada goleada aos algarvios (5-1) à 27ª jornada. Só que uma vitória sobre o Santa Clara (1-0) e um triunfo dramático em Gondomar (1-0), num jogo em que terminou com apenas 8 jogadores em campo, permitiria ao Olhanense assegurar, após 35 anos de ausência, o regresso ao escalão maior do futebol português e o título de campeão da Liga de Honra a uma ronda do final da prova, o que transformou a derradeira partida diante do Gil Vicente (novo triunfo por 1-0) num final de manhã de festa rija no Estádio José Arcanjo.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR BRUNO VERÍSSIMO 30 0 4 0 2.630 0 0 0 0 0 3 0 0 0 270
POR RICARDO CAMPOS 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RICARDO FERREIRA 1 0 0 0 71 2 0 0 0 210 4 0 1 0 360
D
BRA ANSELMO França Almeida 10 0 1 0 900 2 0 0 0 170 1 0 1 0 90
POR António BRANQUINHO 4 0 0 0 281 1 0 0 0 90 3 0 0 0 225
PAR JAVIER COHENE 11 1 4 2 866 1 0 0 0 120 6 0 1 0 540
POR JOÃO GONÇALVES 25 0 5 0 2.135 1 0 0 0 90 5 0 1 0 450
POR MARCO COUTO 28 1 4 0 2.489 2 1 0 0 210 2 0 0 0 180
POR PAULO RENATO Rodrigues 1 0 0 0 31 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CIV STÉPHANE Agbre Dasse 24 0 10 1 1.964 1 0 0 0 120 5 0 1 0 405
POR STEVEN VITÓRIA 19 1 5 1 1.327 1 0 0 0 90 6 0 3 0 530
M
POR BRUNO MESTRE 21 2 5 1 1.043 1 0 0 0 120 6 0 4 0 382
POR André CASTRO 28 3 4 0 2.355 2 0 1 0 131 5 0 0 0 414
CPV DANIELSON Gomes Monteiro «Dani» 1 0 0 0 21 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR DIOGO Agostinho 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 59
CPV EDSON Cruz «KARR» 8 0 2 0 411 0 0 0 0 0 5 0 1 0 393
BRA José Augusto Santana «GUGA» 19 0 8 2 859 2 0 0 0 210 3 0 1 0 137
POR JAIME PACHECO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 4
CHN JIANG XIAOYU 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CMR Georges M’BIDA MESSI 27 2 5 2 1.195 1 0 0 0 58 5 0 0 0 271
ARG RODRIGO Andrés LAMARDO 2 1 0 0 18 1 0 0 0 12 3 0 0 0 92
POR RUI BAIÃO 20 0 4 0 1.280 0 0 0 0 0 5 0 0 0 227
POR RUI DUARTE 27 5 9 0 2.329 2 0 0 0 157 6 2 3 0 468
A
POR ANDRÉ CARVALHAS 4 0 0 0 45 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA DJALMIR Vieira Andrade 27 20 9 1 2.257 2 0 0 0 191 5 3 3 0 415
POR FÁBIO MARQUES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 19
BRA JOÃO PAULO de OLIVEIRA 14 3 0 0 380 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
GHA MOSES SAKYI 9 1 1 0 204 2 1 0 0 59 3 0 0 0 113
POR RICARDO SILVA 1 0 0 0 8 0 0 0 0 0 1 0 0 0 7
CPV Vítor Costa «TOY» 29 6 6 1 2.235 2 2 0 0 147 6 1 1 0 513
POR André Monteiro «UKRA» 30 5 3 0 2.273 2 1 0 0 125 6 0 1 0 367

 
Treinador

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Jorge Costa 4x3x3 4x1x4x1, 4x4x2 toda a época.

 
Treinador (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Jorge Costa 30 18 4 8 1.933 2 1 1 0 2.000 7 2 1 4 1.000

 
Equipa Tipo

Olhanense: táctica

 
As Figuras

Djalmir
foto © abola.pt

Djalmir

Ukra
foto © abola.pt

Ukra

Rui Duarte
foto © abola.pt

Rui Duarte

 
União Leiria
foto © João Matias

UNIÃO LEIRIA: 2º CLASSIFICADO

A

postada em regressar à divisão maior, a União de Leiria, despromovida à Liga de Honra na sequência de um exercício desastroso em 2007/08, apresentava-se como a mais forte candidata à promoção. Paulo Alves, protagonista de bons trabalhos ao serviço do Gil Vicente, foi a aposta da Direcção liderada por João Bartolomeu para recolocar o clube na Liga, tendo à sua disposição um plantel recheado de jogadores com larga experiência nos dois principais escalões do futebol português, aos quais se juntaram alguns internacionais burquineses, indicados por Paulo Duarte, seleccionador nacional do Burkina Faso e antigo treinador da formação leiriense. Um início de época muito aquém das expectativas iniciais, bem reflectido na pouca qualidade do futebol apresentado e, sobretudo, em apenas 1 vitória nas primeiras 7 jornadas, conduziu ao despedimento de Paulo Alves, substituído pelo experiente Manuel Fernandes, técnico que, após uma longa paragem na sequência da sua saída do Penafiel, vinha a orientar os angolanos do ASA. Se é certo que a mudança no comando técnico não produziu resultados imediatos, a aposta de Manuel Fernandes na mudança de esquema táctico – do 4x3x3 para o 4x4x2 losango – e as transformações que efectuou no plantel, onde se destacaram a aquisição de Carlão no «Mercado de Inverno» – 11 golos em 12 jogos durante a segunda volta -, avançado que se revelou o parceiro ideal para o goleador Cássio, e a titularidade do central Mamadou Tall, sem espaço nas opções de Paulo Alves, conduziram a União de Leiria a uma sensacional recuperação na tabela classificativa, bem expressa em 11 vitórias entre as jornadas 13 e 27, o que permitiu que a formação leiriense desse o salto da zona de descida – 15º lugar à 12ª jornada – para a luta pelos dois lugares da subida. Uma derrota surpreendente na deslocação ao terreno da Oliveirense (1-2), à 28ª jornada, chegou a colocar em causa a épica escalada e a promoção ao escalão maior, mas as vitórias sobre o Feirense (2-1) e Beira-Mar (3-2, em Aveiro), aliadas à quebra final do Santa Clara, consumaram o êxito da União de Leiria e a quarta subida – poderá ainda juntar-se mais uma, partilhada com Carlos Manuel no Santa Clara – ao escalão principal de Manuel Fernandes, o grande «obreiro» da fantástica recuperação e de uma pouco expectável reaproximação da cidade ao clube.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
BRA FERNANDO PRASS 14 0 1 0 1.260 2 0 0 0 180 3 0 1 0 270
POR MICHAEL Simões Domingues 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RICARDO NUNES 16 0 3 0 1.440 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
BRA THIAGO LEAL Santos 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
D
POR BRUNO MIGUEL Sousa 5 1 2 0 450 0 0 0 0 0 2 0 0 0 147
BFA Keba Paul KOULIBALY 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA LUIZ CARLOS Guedes Stukas 28 6 5 1 2.332 2 0 2 0 135 2 0 0 0 180
BFA MAMADOU TALL 18 1 5 0 1.608 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR MÁRCIO Santos 2 0 1 0 180 1 0 0 0 44 2 0 0 0 103
POR NÉLSON Sousa 13 0 5 0 1.091 1 0 1 0 90 2 0 2 0 167
BRA PATRICK Fabionn LOPES 17 0 3 1 1.484 2 0 0 0 180 4 0 2 0 360
BRA Wagner dos Santos «WAGNÃO» 13 1 4 0 1.006 2 1 0 1 175 4 0 0 0 303
M
TUN Mohamed ACHRAF KHALFAOUI 2 0 0 0 47 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR ANDRÉ SANTOS 9 0 3 0 412 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CPV DANIELSON Gomes Monteiro «Dani» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR LUÍS COENTRÃO 10 0 1 0 354 1 0 0 0 45 4 0 1 0 243
POR LUÍS MANUEL Pereira 17 0 4 0 1.047 2 0 0 0 92 3 0 0 0 174
CPV MARCO SOARES 26 1 4 0 2.085 2 0 0 0 180 4 2 0 0 281
BRA PAULO VINICIUS de Souza 24 2 3 0 2.027 1 1 0 0 90 3 0 2 0 188
POR PEDRO CERVANTES 21 2 5 0 1.530 2 0 0 0 113 1 0 0 0 67
POR RICARDO SOUSA 4 0 0 0 140 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA TAIANAN Linhares Welker 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA THIAGO da Rosa CORRÊA 2 0 2 0 52 0 0 0 0 0 1 0 0 0 28
POR TIAGO César Pereira 29 0 8 0 2.483 1 0 1 0 90 3 0 1 0 258
A
BRA Carlos de Souza Silva «CARLÃO» 12 11 1 0 957 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA CÁSSIO Vargas Barbosa 27 17 6 1 2.066 1 0 0 0 90 3 0 0 0 270
POR João Figueiredo «FIGA» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR José FURTADO 4 0 3 0 70 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BFA ISSOUF OUATTARA 25 1 2 0 1.077 2 1 0 0 79 2 0 0 0 135
BRA JESSUÍ Silva do Nascimento 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR JOÃO PEDRO Cunha 25 0 2 0 1.021 2 0 0 0 180 4 0 0 0 227
POR Fernando MACIEL Neto 14 0 0 0 700 1 0 0 0 67 2 0 0 0 161
POR MIGUEL PAIXÃO Santos 5 0 1 1 123 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Ricardo PATEIRO 26 1 7 0 2.071 1 0 0 0 46 3 0 0 0 199
BRA VANDERLEI José Alves 9 1 0 0 547 2 0 0 0 99 2 0 1 0 107
BFA Ousseni ZONGO 3 0 0 0 67 0 0 0 0 0 1 0 0 0 12

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Manuel Fernandes 4x1x2x1x2 4x3x3, 4x1x3x2, 3x5x2 desde 10 de Novembro de 2008.
Paulo Alves 4x3x3 4x4x2 até 8 de Novembro de 2008.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Manuel Fernandes 23 14 5 4 2.043 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Paulo Alves 7 1 4 2 1.000 2 1 0 1 1.500 4 2 1 1 1.750

 
Equipa Tipo

União Leiria: táctica

 
As Figuras

Cássio
foto © iol.pt

Cássio

Carlão
foto © abola.pt

Carlão

Mamadou Tall
foto © iol.pt

Mamadou Tall

 

SANTA CLARA: 3º CLASSIFICADO

P

rotagonista de uma campanha decepcionante em 2007/08, ao não ir além de um modesto 10º lugar, quando apontara a subida ao escalão principal como meta, o Santa Clara apostou numa remodelação profunda do seu plantel no ataque ao novo exercício. Vítor Pereira, antigo treinador dos iniciados do FC Porto, foi a surpreendente escolha do clube açoriano para liderar um projecto de dois anos, que visava, na primeira época, melhorar, apesar da drástica redução do orçamento para o futebol, o registo classificativo da temporada anterior, criando as bases para lutar pela subida em 2009/10. Mesmo apresentando-se com uma equipa totalmente nova, com quase duas dezenas de reforços oriundos das mais diferentes paragens, o Santa Clara posicionou-se desde as jornadas inicias em zona de subida, conseguindo conciliar uma boa organização defensiva – isto apesar das poucas opções para este sector – a uma ideia de jogo ofensiva e a um muito bom aproveitamento dos lances de bola parada, uma das grandes armas da formação de Ponta Delgada ao longo da temporada. Líder durante um terço da competição e em zona de promoção durante vinte e cinco semanas, o Santa Clara, que chegou a parecer o mais forte candidato à subida durante grande parte do exercício, pagaria demasiado caro uma má recta final, bem expressa em 4 pontos conquistados nas últimas 5 jornadas. Ainda assim, o emblema açoriano chegaria à última jornada em zona de subida, mas uma derrota na deslocação ao terreno do Feirense (0-1) deitou por terra as suas aspirações, o que, no entanto, não apagou uma prova de muito bom nível e bem acima das expectativas iniciais. Mérito para o trabalho de Vítor Pereira, técnico que, apesar da enorme frustração por ter falhado uma promoção ao escalão principal que chegou a parecer praticamente assegurada, soube construir uma equipa extremamente sólida e capaz de discutir a vitória em todos os jogos.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR Paulo Vieira «ALEMÃO» 21 0 3 0 1.890 3 0 1 0 270 1 0 0 0 90
POR JOÃO BOTELHO 9 0 3 0 810 1 0 0 0 90 1 0 0 0 90
POR NUNO JORGE 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
D
POR ANDRÉ PINTO 27 3 9 1 2.420 4 0 2 0 317 1 0 0 0 90
POR HERNÂNI Neves Tomás 27 2 6 0 2.383 4 0 1 0 360 2 1 1 0 180
CPV IANIQUE Santos Tavares «STOPIRA» 6 0 2 0 457 1 0 0 0 16 0 0 0 0 0
POR JOÃO DIAS 29 0 6 0 2.610 4 0 1 0 360 2 0 1 0 180
POR NUNO SOCIEDADE 24 0 5 0 2.116 3 0 0 0 270 2 0 0 0 180
BRA TIAGO SILVA da Silva 6 1 2 0 215 2 0 1 0 91 0 0 0 0 0
BRA WELLINGTON Damião 5 0 1 0 380 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
M
POR ANTÓNIO OLIVEIRA 29 8 8 0 2.165 3 1 0 0 270 2 0 0 0 163
BRA DANILO SILVA 22 0 3 0 1.407 3 0 0 0 209 2 0 2 0 180
POR HUGO SILVA «Menina» 1 0 0 0 1 1 0 0 0 1 0 0 0 0 0
BRA Julião NETO 19 3 3 0 880 0 0 0 0 0 2 0 0 0 39
POR PEDRO PACHECO 27 1 2 0 1.759 4 0 0 0 236 2 0 0 0 162
POR RUI FERREIRA 9 0 3 0 348 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA RUY NETTO 28 1 5 0 1.657 3 1 0 0 270 0 0 0 0 0
CPV VALTER Galazans Borges 9 0 0 0 247 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0
A
POR DAVID MATEUS 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0
CIV Gaoussou FOFANA 6 0 1 0 231 0 0 0 0 0 1 0 0 0 18
CPV HERNÂNI José BORGES 11 2 2 0 551 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA Paulo Serafim da Cruz «LICO» 16 2 1 0 476 4 0 0 0 157 2 0 0 0 180
POR NUNO SANTOS 30 9 4 0 2.560 3 0 1 0 239 2 0 0 0 162
BRA Gilvan Santos Souza «RINCÓN» 30 9 2 0 2.599 4 0 0 0 265 2 0 1 0 180
POR RÚBEN RODRIGUES 2 1 0 0 56 2 1 0 0 91 2 0 1 0 86
ANG RUI GOMES 4 0 1 0 156 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CIV Djilli Arsène VOUHO 22 3 2 0 1.405 4 2 0 0 268 0 0 0 0 0

 
Treinador

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Vítor Pereira 4x3x3 4x4x2, 4x2x3x1 toda a época.

 
Treinador (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Vítor Pereira 30 15 7 8 1.733 4 3 0 1 2.250 2 0 1 1 0.500

 
Equipa Tipo

Santa Clara: táctica

 
A Figura

António Oliveira
foto © redboysonfire1.blogspot.com

António Oliveira

 

ESTORIL: 4º CLASSIFICADO

R

evelação da Liga de Honra em 2007/08, ao assegurar, com parcos recursos, um surpreendente 7º lugar, o Estoril, que se destacou pelo bom futebol e por possuir um dos ataques mais realizadores do segundo escalão do futebol português, conseguiu garantir a continuidade do técnico Tulipa e de grande parte da estrutura titular do exercício anterior, com excepção de Pedro Duarte e André Cunha, o que fazia crescer a ambição dos «canarinhos» para 2008/09, ainda que sem colocar a subida como meta. O início de temporada, sem qualquer triunfo nas primeiras 3 jornadas, deixava antever dificuldades e a saída de Tulipa, por vontade própria, para assumir o comando técnico do Trofense, parecia constituir um golpe duríssimo para a formação da Linha. João Carlos Pereira, de regresso ao futebol português após uma passagem pelo Al-Tamadon do Kuwait, assegurou a sucessão e uma série de 7 jogos consecutivos sem derrotas sob o seu comando permitiu ao Estoril chegar à metade cimeira da classificação, onde se fixaria durante o segundo e o terceiro terço da competição. Mesmo perdendo unidades nucleares no «Mercado de Inverno», como Fernando Varela, Dorival ou o goleador Dagil, o que limitou ainda mais as opções do técnico, que se viu obrigado, face às limitações do plantel, a improvisar em alguns jogos, a que se juntaram ainda as dificuldades financeiras do clube, já que o atraso no pagamento de salários gerou protestos e greves do plantel, o Estoril terminou a temporada num sensacional 4º lugar. Um prémio merecido para João Carlos Pereira, protagonista de um excelente trabalho, e para o plantel «canarinho», que, apesar das enormes adversidades, se manteve sempre unido e capaz de dar excelentes respostas dentro de campo.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR FILIPE LEÃO 1 0 0 0 90 2 0 0 0 180 1 0 0 0 90
POR JOÃO ARAGÃO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR MÁRCIO RAMOS 29 0 3 0 2.610 0 0 0 0 0 3 0 0 0 270
D
BRA DORIVAL Thomaz Júnior 16 1 2 0 1.417 2 0 1 0 180 2 0 0 0 180
POR EDUARDO Oliveira 23 0 4 0 2.052 1 0 0 0 77 2 0 1 0 125
CPV FERNANDO VARELA 11 1 3 0 990 2 0 0 0 135 4 1 0 0 360
BRA LUIZ ALBERTO Leite 14 0 2 0 1.260 0 0 0 0 0 1 0 1 0 90
POR MARCO SILVA 21 3 9 1 1.884 0 0 0 0 0 2 0 1 0 167
POR MIGUEL OLIVEIRA 22 1 6 2 1.770 1 0 0 0 90 4 0 0 0 321
BRA TIAGO Faustino 6 1 3 1 532 0 0 0 0 0 3 0 0 0 211
POR TIAGO CONCEIÇÃO 6 0 1 0 406 1 0 1 0 90 1 0 1 0 90
M
POR ALEXANDRE Leitão 11 0 4 0 368 0 0 0 0 0 2 0 0 0 100
ARG ANDRÉS Ricardo AIMAR 4 0 0 0 297 1 0 0 0 37 0 0 0 0 0
POR ÂNGELO VARELA 29 0 4 0 2.466 2 0 0 0 143 4 0 1 0 327
GNB BAFODÉ CARVALHO 12 2 3 0 325 1 0 0 0 25 2 0 0 0 103
POR Sérgio BARGE 25 4 9 1 2.023 1 0 0 0 90 4 0 2 0 246
GNB CARLITOS SEIDI 3 0 1 0 142 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA IVAN de Souza SANTOS 24 3 0 0 1.814 2 0 0 0 112 1 0 0 0 22
POR MARCO BICHO 27 1 7 0 1.911 2 0 0 0 180 3 0 0 0 270
POR MIGUEL ROSA 21 3 1 0 1.176 2 0 0 0 135 1 1 0 0 90
POR PEDRO CARAVANA 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
A
BRA Luis César Barbieri «CESINHA» 20 4 0 0 1.143 0 0 0 0 0 1 0 0 0 33
BRA Adagilton dos Santos «DAGIL» 12 5 1 0 1.041 2 0 0 0 105 4 1 1 0 188
BRA LEANDRO de Almeida Silva 20 1 2 0 887 2 1 0 0 103 3 3 0 0 238
POR LUÍS CARLOS Oliveira 29 6 3 0 1.828 2 0 0 0 133 3 0 0 0 167
POR MANUEL CURTO 16 2 2 0 632 0 0 0 0 0 1 0 0 0 68
POR NUNO SOUSA 16 2 0 0 603 2 0 0 0 165 4 0 0 0 205

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
João Carlos Pereira 4x1x2x1x2 4x1x3x2, 4x4x2, 4x2x3x1, 4x3x3 desde 28 de Setembro de 2008.
Manuel Pinho 4x1x3x2 técnico interino entre 25 e 28 de Setembro de 2008.
Manuel Cruz «Tulipa» 4x1x3x2 4x3x3, 4x4x2 até 25 de Setembro de 2008.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
João Carlos Pereira 26 11 7 8 1.538 1 0 0 1 0.000 0 0 0 0 0
Manuel Pinho 1 1 0 0 3.000 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Manuel Cruz «Tulipa» 3 0 1 2 0.333 1 1 0 0 3.000 4 2 1 1 1.750

 
Equipa Tipo

Estoril: táctica

 
A Figura

Luís Carlos
foto © abola.pt

Luís Carlos

 

FEIRENSE: 5º CLASSIFICADO

14º

classificado em 2007/08, o pior registo desde que regressou, em 2003/04, ao segundo escalão do futebol português, o Feirense decidiu não renovar contrato com Álvaro Magalhães, o técnico que tirou o clube da zona de descida no exercício anterior. Francisco Chaló, treinador que efectuara, entre Julho de 2003 e Fevereiro de 2006, um bom trabalho ao serviço dos «Fogaceiros», contribuindo, de forma decisiva, para a estabilização da formação de Santa Maria da Feira na Liga de Honra, foi o escolhido para conduzir o Feirense a uma temporada sem sobressaltos, objectivo que cumpriu em pleno. Garantida a continuidade de grande parte da estrutura titular do exercício anterior, Chaló viu o plantel ser reforçado com o regresso do desequilibrador Vitinha e por vários jogadores brasileiros desconhecidos, entre os quais sobressaíram Adílson, Leandro Perez e Moisés. Protagonista de um trajecto muito sólido, principalmente no Marcolino de Castro, onde conquistou 30 dos seus 42 pontos, o Feirense conseguiu posicionar-se, durante toda a época, na metade cimeira da classificação, e chegou a espreitar a luta pela subida, na sequência de um excelente início de segunda volta, bem reflectido em 4 vitórias e 3 empates em 8 jogos. Só que seis jogos sem vencer, entre as jornadas 24 e 29, desfizeram o sonho da promoção, ainda que uma vitória sobre o Santa Clara (1-0), na última jornada, tenha garantido o 5º lugar final, o melhor registo classificativo do historial dos «Fogaceiros» na Liga de Honra.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR CLÁUDIO CARVALHO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 45
BRA ELVIS Oliveira LOPES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR HÉLDER GODINHO 24 0 4 0 2.103 1 0 0 0 120 2 0 0 0 180 9 0 1 0 544
BRA LUIZ ALMEIDA 4 0 1 0 328 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0 6 0 0 0 316
BRA THIAGO SCHMIDT «Bambam» 3 0 0 0 270 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 0 0 630
D
POR ANDRÉ Filipe MENDES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 210
POR BRUNO RODRIGUES 4 0 3 0 252 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 1 0 0 520
POR BRUNO SOUSA Oliveira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR DIOGO OLIVEIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR EDUARDO FILIPE Silva 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 13 0 0 0 700
POR Mário GALHANO 14 0 2 0 611 1 0 0 0 90 1 0 0 0 29 7 0 0 0 528
BRA Luiz Antônio JÚNIOR «PAULISTA» 17 1 1 1 610 0 0 0 0 0 1 1 0 0 90 12 1 1 0 1.012
BRA LUCIANO SILVA 25 3 3 0 2.223 2 1 0 0 210 2 0 0 0 180 0 0 0 0 0
GNB MAMADI BALDÉ 26 1 6 0 2.340 2 0 1 0 210 1 0 0 0 90 2 0 0 0 102
POR MARCO CADETE 28 2 8 0 2.409 2 0 1 0 210 2 0 0 0 175 5 2 0 0 317
POR Michael Figueiredo «MIKA» 2 0 1 1 145 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 16 1 1 0 1.440
POR NÉLSON MARTINS 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 0 0 428
POR Sérgio Rodrigues «SERGINHO» 26 1 5 0 2.140 1 0 0 0 120 2 0 0 0 180 7 0 0 0 420
POR TIAGO RIBEIRO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 0 0 287
M
SEN ABDOULAYE NAMÉ 1 0 0 0 9 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 0 0 527
POR DIOGO CUNHA 9 1 3 0 311 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 1 0 0 449
POR GABRIEL Couto «Gabi» 28 4 2 1 2.018 2 0 0 0 55 2 0 0 0 159 9 1 0 0 652
BRA GILMAR de Oliveira Costa «BAIANO» 0 0 0 0 0 1 0 0 0 1 0 0 0 0 0 9 0 1 0 742
POR HÉLDER CASTRO 27 2 1 1 1.885 2 0 0 0 201 2 0 0 0 36 7 0 0 0 393
POR JOÃO RICARDO Silva 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 12 0 0 0 553
BRA LEANDRO PEREZ 28 3 4 0 2.016 2 0 0 0 164 2 0 0 0 165 2 0 0 0 72
BRA LUAN ANDRADE Santana 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 12 0 1 0 474
BRA TALES Novaes 28 0 9 0 2.387 2 0 1 0 210 2 0 0 0 180 4 0 0 0 262
BRA TÉRCIO Nunes Machado 12 1 3 0 463 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 2 0 1 539
A
BRA ADILSON Tibes Granemann 21 4 5 1 1.470 1 0 0 0 15 0 0 0 0 0 7 1 0 0 513
POR ANDRÉ SOARES 6 0 0 0 145 0 0 0 0 0 2 0 0 0 6 16 0 2 0 1.333
BRA Jeferson Silva Teixeira «CAFÚ» 3 0 0 0 56 2 0 1 0 83 0 0 0 0 0 8 3 0 0 605
POR JONATHAN Silva Oliveira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 10 0 0 0 228
POR JORGE LEITÃO 29 5 3 1 2.239 2 0 1 0 195 2 0 0 0 180 5 0 0 0 421
BRA José Roberto Santos «JÚNIOR SANTOS» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 14
POR Alexandre LUDOVIC Pereira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 13 1 0 0 586
BRA MOISÉS Francisco 23 4 4 0 1.219 2 1 1 0 127 1 0 1 1 90 4 1 0 0 265
SUI STEFAN MENDES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 10 1 0 0 243
BRA Josenaldo Vítor dos Santos «VITINHA» 29 5 8 0 2.098 2 0 0 0 209 2 0 2 0 180 8 2 0 0 523

 
Treinador

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Francisco Chaló 4x1x3x2 4x3x3, 4x2x3x1, 4x4x2, 3x5x2 toda a época.

 
Treinador (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Francisco Chaló 30 11 9 10 1.400 2 1 1 0 2.000 2 0 1 1 0.500 17 5 7 5 1.294

 
Equipa Tipo

Feirense: táctica

 
A Figura

Gabriel
foto © cdfeirense.pt

Gabriel

 

FREAMUNDE: 6º CLASSIFICADO

13º

classificado em 2007/08, exercício de regresso ao segundo escalão do futebol português, o Freamunde manteve a confiança no trabalho do irascível Jorge Regadas, o recordista de expulsões e castigos nas Ligas profissionais e técnico do clube desde Dezembro de 2006. Afiançada a continuidade de grande parte da estrutura do sector defensivo e intermediário, Regadas procurou acrescentar mais opções a esses sectores e suprir as importantes perdas dos avançados Bertinho e Diogo Ramos, responsáveis por 22 dos 42 golos apontados pelos «Capões» na temporada anterior. Se é certo que, com a excepção da revelação Tarcísio, a aposta no «Mercado» brasileiro de quarta ou quinta linha revelou-se desastrosa, o experiente técnico voltou a dar-se bem com as aquisições de jovens jogadores oriundos da Liga de Honra e da 2ªDivisão. A manutenção, único objectivo colocado pela Direcção para 2008/09, foi atingindo com grande solidez: após uma primeira volta algo irregular, concluída no 13º posto, o Freamunde arrancou para uma segunda metade de competição de muito boa qualidade – só os promovidos União de Leiria e Olhanense conquistaram mais pontos -, para a qual também contribuiu o regresso do goleador Bertinho e a explosão de Guilherme Cascavel, a dar sequência aos seus excelentes desempenhos na Liga Intercalar, que catapultou o clube para a luta pelos lugares cimeiros, ainda que sem se intrometer na luta pela subida. Três vitórias e um empate nas últimas quatro jornadas valeram o 6º lugar final, o melhor registo classificativo da história dos «Capões», a apenas 3 pontos do 4º lugar.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR Nuno AVELINO 3 0 1 0 252 2 0 0 0 210 0 0 0 0 0 9 0 1 0 810
POR RUI RIBEIRO 2 0 0 0 109 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 0 0 630
POR António «TÓ» FIGUEIRA 26 0 2 2 2.340 0 0 0 0 0 4 0 0 0 360 1 0 0 0 90
D
POR BRUNO FERRAZ 16 2 6 0 1.279 1 1 1 0 120 0 0 0 0 0 10 2 3 0 610
POR LUÍS PEDRO Martins 24 1 5 0 2.042 1 0 0 0 84 4 0 0 0 239 4 0 2 0 315
POR Ricardo Duarte «MANGUALDE» 26 0 10 1 2.252 2 0 1 0 172 2 0 0 0 122 4 0 0 0 181
BRA Marcos Aurélio Titon «MARCÃO» 12 0 4 0 865 1 0 0 0 6 3 0 0 0 270 5 0 0 0 315
POR NÉLSON LENHO 28 1 7 1 2.474 2 0 1 0 210 4 0 0 0 360 1 0 1 0 15
POR PEDRO PINTO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 14 0 1 0 901
BRA RODRIGO ARANDAS 1 0 1 0 45 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 8 0 0 0 619
POR RUI JORGE Oliveira 19 0 6 1 1.283 2 0 1 0 210 4 0 1 0 360 9 0 1 0 722
POR Luís Gama «SALVADOR» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 11 0 2 0 855
M
BRA ALEX Carvalho «JÚNIOR» 6 0 0 0 222 0 0 0 0 0 2 0 0 0 69 10 2 0 0 690
POR ANDRÉ Pacheco «RAVIOLA» 23 0 5 0 1.320 2 0 2 0 181 3 0 2 0 212 11 0 2 0 842
POR ARTUR PACHECO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 3 15 1 2 0 1.190
POR Daniel BARBOSA 4 0 0 0 139 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 17 1 4 0 1.202
POR José BRANDÃO 21 1 6 0 1.029 1 0 0 0 52 2 0 0 0 114 8 1 1 0 526
POR José Manuel Moreira «CUCO» 19 5 3 0 1.653 1 0 0 0 90 2 2 1 0 180 7 1 1 0 363
POR Daniel Filipe Leal «DANI» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 11 0 1 0 381
POR FILIPE Soares «PASTEL» 29 0 8 0 2.333 2 0 1 0 97 2 0 1 0 135 3 0 0 0 182
POR GUSTAVO COSTA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 1 0 183
POR Henrique Soares «KIKA» 21 1 2 0 1.362 2 0 1 0 99 3 0 0 0 267 9 1 1 1 624
BRA TARCÍSIO da Silva 28 1 9 1 2.467 2 0 1 0 210 4 0 0 0 360 6 0 0 0 298
A
BRA ALAN Firmino dos Santos «DINAMITE» 2 0 0 0 67 0 0 0 0 0 1 0 1 0 23 9 2 0 0 459
POR Domingos Alberto Fernandes «BERTINHO» 14 3 5 1 1.114 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 65
POR Fernando Oliveira «BOCK» 27 4 4 0 2.234 2 0 2 0 149 4 0 0 0 305 2 0 0 0 39
BRA GUILHERME Bacinello «CASCAVEL» 19 7 3 0 982 2 0 1 0 210 3 1 0 0 211 16 10 2 0 1.064
BRA GUSTAVO de SOUZA 23 2 2 0 785 1 0 0 0 75 4 0 1 0 236 12 2 3 0 776
BRA MARCOS SILVA 7 1 1 0 366 1 0 0 1 67 0 0 0 0 0 8 2 0 0 405
POR NUNO SILVA 17 2 4 0 653 1 0 0 0 45 4 1 0 0 144 10 3 0 0 478
POR TIAGO COSTA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 11 2 0 0 436
ANG Valdimir Nunes «VALDINHO» 1 0 0 0 2 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 13 0 0 0 641

 
Treinador

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Jorge Regadas 4x1x2x1x2 4x1x3x2, 4x3x3, 4x4x2 toda a época.

Nota: Pedro Monteiro, técnico-adjunto da equipa principal, orientou a equipa em vários jogos na Liga Intercalar.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Jorge Regadas 30 11 8 11 1.367 2 1 0 1 1.500 4 1 1 2 1.000 2 1 0 1 1.500
Pedro Monteiro 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 15 6 5 4 1.533

 
Equipa Tipo

Freamunde: táctica

 
A Figura

Tarcísio
foto © google.pt

Tarcísio

 

SPORTING COVILHÃ: 7º CLASSIFICADO

D

e regresso à Liga de Honra após duas temporadas na 2ªDivisão, o Sporting da Covilhã apontava a manutenção como única meta na abordagem à nova temporada, de forma a estabilizar a formação serrana no segundo escalão do futebol português e acabar com o registo permanente de subidas e descidas que tem sido a «imagem de marca» do clube no decurso da última década. Álvaro Magalhães, depois de conduzir o Feirense à permanência na Liga de Honra em 2007/08, surgia como novo técnico do Sporting da Covilhã, mas o agudizar das divergências com o presidente José Mendes, principalmente relacionadas com a política de aquisições, conduziram à sua saída durante a pré-temporada. Hélio Sousa, técnico com uma curta experiência à frente do Vitória de Setúbal, foi o escolhido para assumir a sucessão e a aposta revelou-se muito bem sucedida. Garantida a continuidade de grande parte da estrutura que afiançou a subida, à qual se juntaram jogadores com grande experiência nos dois principais escalões do futebol português e alguns jovens com um trajecto interessante na formação, os «Leões da Serra» destacaram-se por apresentar um futebol positivo e por protagonizarem uma campanha extremamente regular, bem expressa nas 10 vitórias, 10 empates e 10 derrotas somadas ao longo da competição, como também nos 42 golos marcados – 4º melhor ataque – e 42 golos sofridos – 2ª pior defesa, o principal «calcanhar de Aquiles» da formação serrana. Colocado quase sempre na metade cimeira da classificação, o Sporting da Covilhã manteve-se sempre distante dos lugares de descida e o 7º lugar final valeu-lhe a melhor classificação da sua história em 6 presenças na Liga de Honra.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR IGOR ARAÚJO 26 0 2 0 2.295 2 0 0 0 210 1 0 0 0 90
POR LUÍS MIGUEL Martins 5 0 0 0 405 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
D
POR Miguel Granja «BURA» 20 1 3 0 1.739 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG DIEGO Roque NAVARRO 28 0 1 0 2.510 1 0 0 0 120 1 0 0 0 90
POR EDGAR Sá 29 1 4 0 2.610 2 0 0 0 210 2 0 0 0 180
POR FÁBIO ERVÕES 10 0 2 0 383 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR FILIPE SARMENTO 7 0 0 0 554 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR JOÃO REAL 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
POR MÁRCIO ROCHA 8 0 1 0 625 2 0 1 1 105 1 0 0 0 21
POR Rui Araújo «MOZER» 8 0 3 0 720 2 0 0 0 210 1 0 0 0 90
POR RÚBEN TRIGO 2 0 0 0 180 1 0 0 0 37 1 0 0 0 90
POR SÉRGIO REBORDÃO 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
GNB VLADIMIR Gomes 17 0 5 0 1.517 2 0 0 0 210 2 0 0 0 166
M
POR Alexandre Dias «ALEX» 6 0 1 0 82 2 0 0 0 97 2 0 1 0 17
GNB ANKYOFNA Encada 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Daniel Matos «DANI» 22 3 4 1 1.322 2 1 0 0 193 1 0 0 0 90
MLI Mamadou DJIKINÉ 17 1 5 1 1.366 1 0 0 1 104 1 0 0 0 90
POR JOÃO MARTINS 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR JORGE MONTEIRO 9 5 2 0 448 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR MILTON Cornélio 20 0 4 0 1.510 1 0 0 0 90 1 0 0 0 69
POR PAULO CAMPOS 23 2 1 0 1.061 1 0 0 0 120 2 0 0 0 114
POR PAULO GOMES 21 1 10 0 1.234 1 0 1 0 61 2 0 1 0 180
BRA PAULO HENRIQUE Marques 5 0 1 0 219 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR PAULO VAZ 16 3 4 0 1.083 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG Federico Matías SCOPPA 7 0 2 0 286 2 0 1 0 46 1 0 0 0 45
A
POR BASÍLIO ALMEIDA 25 1 4 1 1.725 2 1 1 0 144 2 0 0 0 142
POR BRUNO NOGUEIRA 14 1 0 0 375 1 0 1 0 66 1 0 0 0 14
BRA ELIVÉLTON de Gregori 24 10 5 1 1.563 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
POR JOÃO PIMENTA 29 6 4 0 2.478 1 0 0 0 61 2 0 0 0 177
BRA Juliano Laurentino Santos «ROMA» 22 6 2 0 1.247 2 2 0 0 210 1 1 0 0 45

 
Treinador

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Hélio Sousa 4x3x3 4x4x2, 4x2x3x1 desde 28 de Julho de 2008.

Nota: Álvaro Magalhães, que iniciou a temporada como treinador do Sp. Covilhã, abandonou, a 23 de Julho de 2008, o comando técnico do clube. Hélio Sousa foi apresentado, a 28 de Julho de 2008, como novo treinador do Sp. Covilhã.

 
Treinador (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Hélio Sousa 30 10 10 10 1.333 2 1 0 1 1.500 4 2 1 1 1.750

Nota: As duas vitórias do Sp. Covilhã na Taça da Liga aconteceram na sequência de faltas de comparência do Boavista.

 
Equipa Tipo

Sporting Covilhã: táctica

 
A Figura

João Pimenta
foto © ultrascovilha.blogspot.com

João Pimenta

 

VARZIM: 8º CLASSIFICADO

A

atravessar um dos períodos mais delicados da sua história, o Varzim, mesmo mergulhado numa grave crise financeira, apontou, pela voz do seu presidente José Lopes de Castro, a subida como meta no início do novo exercício. Rui Dias, o técnico que se mantinha em funções, optou, no entanto, por um discurso cauteloso e mais de acordo com a realidade do clube e do plantel à sua disposição, formado, como vem sendo hábito, numa lógica de continuidade e com forte componente local: mais de uma dezena de jogadores foram formados nas profícuas escolas dos «Lobos do Mar». Um primeiro terço de Liga de Honra bastante positivo permitiu aos poveiros colarem-se à zona de subida, mas uma série de cinco jogos consecutivos sem vitórias, entre as jornadas 11 e 15, atirou o Varzim para a metade baixa da classificação e fez crescer a contestação em torno de Rui Dias, que, sem reforços de «Inverno», não conseguiu suprir a saída de Yazalde, grande figura do clube na fase inicial da temporada. Um empate caseiro diante da Oliveirense (1-1), à 20ª jornada, e o aproximar da zona perigosa da classificação precipitaram a saída do técnico, substituído por Eduardo Esteves, preparador físico e coordenador do futebol jovem. Mesmo lidando com um plantel desgastado por meses de salários em atraso, o que chegou a motivar algumas greves, Eduardo Esteves conseguiu inverter o ciclo descendente do Varzim e realizou um trabalho positivo, o que lhe permitiu alcançar o 8º lugar final e lhe valeu a continuidade como técnico principal no próximo exercício.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR José Carlos MARAFONA 23 0 5 0 2.070 3 0 0 0 300 0 0 0 0 0 4 0 0 0 272
POR RICARDO MATOS 7 0 0 0 630 0 0 0 0 0 2 0 0 0 180 9 0 0 0 765
POR José RUI BARBOSA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 1 0 405
POR TELMO TORRES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 92
D
POR João ALEXANDRE Vilacova 6 0 3 1 454 0 0 0 0 0 2 0 1 0 180 8 2 1 0 651
POR Sérgio CAETANO 14 0 1 0 1.098 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 0 0 496
POR HUGO COSTA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 0 0 423
POR LUÍS NETO 8 0 1 0 527 2 0 1 0 210 0 0 0 0 0 14 0 1 0 1.087
POR NUNO GOMES 23 7 7 0 2.012 3 2 0 0 300 2 0 1 0 180 6 0 1 0 430
POR PEDRO SANTOS 26 1 4 2 2.108 1 0 0 0 58 1 0 0 0 90 6 0 1 0 471
POR RÚBEN FERNANDES 14 1 5 0 1.068 1 0 0 1 36 0 0 0 0 0 9 0 1 0 765
POR RUI MOREIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 10 0 0 0 663
BRA TELMO Além Silva 24 0 11 1 2.160 3 0 3 0 300 2 0 1 0 180 5 1 1 0 450
POR TIAGO COSTA 14 1 8 2 1.086 2 0 1 0 147 1 0 1 0 90 10 0 2 0 782
M
POR ABRAÃO SILVA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 0 0 209
POR ANDRÉ ANDRÉ 25 2 4 0 1.500 2 1 0 0 117 1 0 0 0 15 11 2 2 0 689
POR Jorge Maciel «CAMPINHO» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR EMANUEL Faria Braga 24 1 4 1 1.754 3 1 0 0 300 2 0 0 0 152 3 0 0 0 139
CPV FREDSON Rodrigues 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Luís Carlos Albuquerque «LUCA» 6 0 0 0 162 1 2 0 0 45 0 0 0 0 0 15 2 2 0 1.041
POR Ricardo MALAFAIA 29 0 4 0 1.583 3 0 2 0 196 2 0 1 0 180 9 1 1 0 465
POR MARCO CLÁUDIO Lourenço 23 0 4 1 1.535 1 0 0 0 57 2 0 2 0 63 5 1 1 0 318
POR MÁRIO CUNHA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 10 0 0 0 513
POR Nélson Silva «NELSINHO» 27 0 5 1 1.765 2 1 0 1 180 2 0 0 0 145 10 1 2 0 679
POR NUNO ROCHA 5 0 0 0 309 1 0 1 0 75 0 0 0 0 0 12 0 3 0 796
POR RUI FILIPE Fernandes 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 1 0 338
POR TIAGO SILVA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 0 0 310
POR Bruno Sousa «TITO» 29 0 8 0 2.434 3 1 1 0 300 2 0 0 0 180 2 0 1 0 132
A
POR BRUNO MOREIRA 20 4 4 0 1.530 1 0 0 0 32 0 0 0 0 0 5 1 0 0 229
POR GONÇALO GRAÇA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 11 0 0 0 456
POR LUÍS ANDRADE 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 96
POR MARCO MATIAS 12 0 4 0 492 2 0 0 0 56 2 0 0 0 129 12 3 2 0 704
ANG António MENDONÇA 17 6 3 0 1.088 2 0 0 0 32 0 0 0 0 0 10 1 0 0 502
BRA Richard Garcia da Silva «MIRAN» 23 1 6 0 1.118 3 1 0 0 157 1 0 0 0 36 7 4 0 0 475
POR RAFAEL LOPES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 58
POR SALVADOR Milhazes Agra 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 8 0 1 0 388
BRA WANDEIR Oliveira dos Santos 6 0 0 1 135 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 10 1 1 0 595
POR YAZALDE Gomes Pinto 12 5 1 0 1.080 3 0 1 0 288 2 0 0 0 180 1 0 0 0 28

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Eduardo Esteves 4x1x2x1x2 4x2x3x1, 4x1x4x1 desde 4 de Março de 2009.
Rui Dias 4x1x2x1x2 4x3x3, 3x5x2 até 4 de Março de 2009.

Nota: Nicola Popovic, técnico-adjunto da equipa técnica liderada por Rui Dias, orientou a equipa em vários jogos na Liga Intercalar.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Eduardo Esteves 10 4 1 5 1.300 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 1 1 2 1.000
Rui Dias 20 7 5 8 1.300 3 2 0 1 2.000 2 0 1 1 0.500 7 3 2 2 1.571
Nicola Popovic 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 1 2 3 0.833

 
Equipa Tipo

Varzim: táctica

 
A Figura

Nuno Gomes
foto © record.pt

Nuno Gomes

 

GIL VICENTE: 9º CLASSIFICADO

classificado em 2007/08, o Gil Vicente apontava a subida ao escalão principal como meta na abordagem à nova temporada. O Professor Neca, treinador com larga experiência nos dois principais escalões do futebol português, assumia, após uma passagem pelo Al-Salmiyah do Kuwait, a sucessão de Paulo Alves no comando técnico dos gilistas, que asseguraram a continuidade de grande parte da estrutura titular do exercício anterior, reforçada por alguns jovens jogadores, a maior parte dos quais com passado ligado aos «grandes» e às Selecções inferiores portuguesas. Se as condições pareciam criadas para uma temporada de sucesso, o Gil Vicente acabou por sentir dificuldades para se impor nas jornadas iniciais e o estatuto incómodo de «equipa X» da Liga de Honra – 5 empates nas primeiras 8 jornadas – custou o lugar a Neca. Falhada a contratação de António da Conceição «Toni», técnico que guindara o Trofense ao título de campeão da Liga de Honra em 2007/08, a Direcção liderada por António Fiúza entregou a Manuel Ribeiro, até aí a desempenhar funções de director desportivo, o cargo de treinador. Uma aposta de risco, em virtude da inexperiência de Ribeiro nas suas novas funções, mas que trouxe resultados positivos para a formação de Barcelos, bem expressos nos 14 pontos conquistados nas suas 7 primeiras partidas, o que permitiu ao Gil Vicente colar-se à zona de subida. Só que dois empates caseiros e uma derrota na deslocação ao Feirense precipitaram uma nova alteração no comando técnico: João Eusébio, treinador que conduzira o Rio Ave à Liga no exercício anterior, foi a aposta final dos «Galos» para o assalto aos lugares de promoção. Uma aposta totalmente falhada, já que Eusébio apenas somaria 2 triunfos em 12 partidas, o que motivou a queda do Gil Vicente na metade baixa da classificação.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR HUGO MARQUES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR MARCO GONÇALVES 25 0 6 0 2.158 2 0 0 0 210 3 0 0 0 270
POR PEDRO VELHO 1 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RUI SACRAMENTO 7 0 1 0 544 1 0 0 0 90 1 0 0 0 90
D
POR DANIEL FARIA 12 1 1 0 1.080 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
BRA DIEGO Goldim «GAÚCHO» 28 2 3 0 2.520 3 0 0 0 300 4 0 0 0 360
POR JOÃO PEDRO Santos 27 2 4 0 2.299 2 0 0 0 204 2 0 0 0 180
POR PAULO ARANTES 18 0 6 1 1.534 2 0 0 0 180 3 0 1 0 270
POR PEDRO RIBEIRO 19 0 3 0 1.682 2 0 1 0 210 3 0 1 0 270
BRA RODRIGO GALO Brito 19 0 4 0 1.252 1 0 0 0 66 2 1 0 0 94
BRA VALNEI Souza dos Santos 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CMR WILLIAM Paul MODIBO 6 1 3 0 513 2 0 0 0 210 1 0 0 0 90
M
POR DIOGO SANTOS 7 0 1 0 299 2 0 1 0 50 4 1 0 0 288
POR FILIPE FERNANDES 17 0 2 0 1.345 3 0 1 0 255 3 0 0 0 166
POR JOÃO COIMBRA 15 0 2 0 900 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
POR JOÃO VILELA 21 3 6 0 1.606 3 0 0 0 294 2 1 0 0 171
NGA KAREEM KAZEEM 3 0 0 0 92 0 0 0 0 0 1 0 0 0 53
BRA LEONEL OLÍMPIO 28 2 8 1 2.237 3 0 0 0 255 4 0 1 0 251
POR ÓSCAR da Silva 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
A
POR BRUNO FILIPE Teixeira 17 2 0 0 319 3 0 0 0 39 2 0 0 0 84
BRA HERMES Rodrigues Júnior 22 5 2 0 1.572 2 1 0 0 135 4 0 0 0 137
POR HUGO MONTEIRO 20 4 2 0 893 1 0 0 0 74 2 0 0 0 142
BRA IGOR SOUZA 28 4 8 0 1.953 3 2 0 0 143 3 1 0 0 213
POR IVANILDO Soares Cassamá 22 2 2 1 1.120 2 0 0 0 106 3 0 0 0 168
ZAM Rainford KALABA 22 4 6 0 1.546 2 1 0 0 184 2 1 1 0 97
POR TIAGO ANDRÉ Nogueira 8 0 1 0 415 1 0 0 0 90 2 0 0 0 180
POR José Branco «ZEQUINHA» 26 4 3 0 1.893 2 0 0 0 205 3 1 0 0 206

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
João Eusébio 4x1x2x1x2 4x3x3, 4x2x3x1, 4x1x3x2 desde 17 de Fevereiro de 2009.
Manuel Ribeiro 4x1x3x2 4x3x3, 4x2x3x1 de 20 de Novembro de 2008 a 16 de Fevereiro de 2009.
Manuel Gomes «Professor Neca» 4x3x3 4x2x3x1, 4x4x2 até 17 de Novembro de 2008.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
João Eusébio 12 2 5 5 0.917 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Manuel Ribeiro 10 4 4 2 1.600 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Manuel Gomes «Professor Neca» 8 2 5 1 1.375 3 2 0 1 2.000 4 3 0 1 2.250

 
Equipa Tipo

Gil Vicente: táctica

 
A Figura

Leonel Olímpio
foto © abola.pt

Leonel Olímpio

 

VIZELA: 10º CLASSIFICADO

D

epois de ter lutado, até aos últimos segundos da temporada 2007/08, pela subida ao escalão principal do futebol português, o Vizela apresentou-se no novo exercício como candidato à promoção e nem mesmo as notícias sobre uma eventual descida administrativa à 2ªDivisão, na sequência do processo «Apito Final», retiravam ambição à estrutura directiva e técnica do vizelenses. Carlos Garcia, técnico do clube desde Dezembro de 2006, mantinha-se em funções e para além de garantir a continuidade de parte da estrutura do exercício anterior, teve meios para reforçar todos os sectores do plantel com jogadores com experiência nos dois principais escalões do futebol português, aos quais se juntaram Pires, melhor marcador da 2ªDivisão em 2007/08, e Hugo Moreira, principal artilheiro da Série B do mesmo escalão, avançados que procuravam, juntamente com Bertinho, 2º melhor marcador da Liga de Honra na temporada anterior ao serviço do Freamunde, superar as saídas de Rincón, Nuno Sousa, Fangueiro e Serjão. Um mau início de época, bem expresso em 5 derrotas nas primeiras 9 jornadas, conduziu ao despedimento de Carlos Garcia, que não resistiu a uma pesada goleada na deslocação ao terreno do Santa Clara (1-5). Paulo Alves, técnico que iniciara a temporada em Leiria, foi o escolhido para assumir a sucessão e os efeitos da sua entrada não deixaram de se revelar positivos: a equipa somou 13 jogos consecutivos sem perder sob o seu comando, só que o elevado número de empates – 11 – impediu que o Vizela penetrasse na metade cimeira da classificação. Muito distante da luta pela subida e incapaz de se distanciar da zona perigosa da classificação, o Vizela asseguraria a manutenção na penúltima jornada, na sequência de mais um empate – o 16º – na recepção ao Portimonense (2-2), antes de terminar o exercício com uma vitória na deslocação ao terreno do Varzim (2-0), o que valeu o «salto» para o 10º lugar final, classificação muito aquém das expectativas iniciais. Contudo, o Verão traria o pesadelo maior: a descida administrativa à 2ªDivisão.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR Vítor Silva «DIMAS» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RUI RIÇA 24 0 2 0 2.160 3 0 0 0 270 3 0 0 0 270
POR VÍTOR MURTA 6 0 0 0 540 1 0 0 0 120 1 0 0 0 90
D
BRA CLÁUDIO Siqueira Carolino 26 2 6 2 2.332 4 0 0 1 390 3 1 0 0 270
POR HÉLDER Fernando DIAS SOUSA 22 1 4 2 1.594 4 0 2 1 282 4 0 2 0 360
POR Sérgio MACHADO 8 0 1 0 610 2 0 0 0 135 2 0 0 0 180
POR NUNO AMARO Dâmaso 22 2 9 0 1.896 3 0 1 0 191 2 0 0 0 180
POR Joaquim Alberto Machado «QUIM BERTO» 25 3 5 0 2.250 2 1 0 0 180 2 0 0 0 180
POR RUI ABREU 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR SANDRO CUNHA 20 1 9 0 1.530 4 0 1 0 321 3 0 0 0 187
POR José Castro «ZEZINHO» 7 0 2 0 467 2 0 0 0 210 3 1 1 0 183
M
POR ANDRÉ CUNHA 28 1 2 0 2.300 3 0 1 0 173 2 0 0 0 180
POR Luís FILIPE MAGALHÃES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR José Costa «GUERRA» 17 0 3 0 1.101 1 0 0 0 69 2 0 0 0 180
POR HÉLDER BRUNO Macedo SOUSA 29 1 8 0 2.376 3 0 0 0 225 3 0 1 0 211
POR JOÃO PEDRO Silva 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 1 0 72
POR Nuno da Cunha «KATA» 19 0 5 0 1.129 4 1 0 0 311 4 0 0 0 108
POR LUÍS MIGUEL Ferreira 19 1 2 0 908 3 0 0 0 139 0 0 0 0 0
POR PEDRO BORGES 6 0 0 0 263 2 0 0 0 99 3 0 2 0 252
BRA José WILLIAMS da Silva 27 1 4 1 1.646 3 0 0 0 273 4 0 1 0 297
A
POR Orlando Martins «BAKERO» 13 2 0 0 741 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Domingos Alberto Fernandes «BERTINHO» 13 1 1 0 767 4 3 0 0 244 3 0 0 0 180
BRA Cleberson Ribeiro da Silva «BINHO» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR FELICIANO Vaz Alves 30 5 2 0 1.794 4 1 0 0 274 4 0 0 0 204
POR HUGO MOREIRA 19 1 0 0 584 2 1 0 0 180 2 0 0 0 121
POR JORGE PIRES 29 4 6 0 2.057 2 2 0 0 180 4 1 1 0 255
BRA Iorlando MARQUES 11 1 0 0 716 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Paulo Alves 4x3x3 4x1x4x1, 4x2x3x1, 4x1x3x2, 4x4x2 desde 28 de Novembro de 2008.
Fernando Baptista 4x3x3 técnico interino entre 25 e 28 de Novembro de 2008.
Carlos Garcia 4x1x2x1x2 4x3x3, 4x4x2 até 25 de Novembro de 2008.

Nota: Fernando Baptista e José Alberto, técnicos-adjuntos do Vizela, orientaram a equipa num jogo da Liga de Honra, disputado a 30 de Novembro de 2008, na transição entre Carlos Garcia e Paulo Alves.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Paulo Alves 20 4 14 2 1.300 1 0 0 1 0.000 0 0 0 0 0
Fernando Baptista 1 1 0 0 3.000 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Carlos Garcia 9 2 2 5 0.889 3 3 0 0 3.000 4 1 1 2 1.000

 
Equipa Tipo

Vizela: táctica

 
A Figura

Hélder Bruno Sousa
foto © digitaldevizela.com

Hélder Bruno Sousa

 

DESPORTIVO AVES: 11º CLASSIFICADO

classificado em 2007/08, na sequência de uma excelente recta final de campeonato, o Desportivo das Aves surgia no novo exercício apostado em repetir ou melhorar o registo classificativo da temporada anterior, ainda que não assumindo, até pela redução orçamental que a Direcção se viu obrigada a realizar, o objectivo de lutar pela subida ao escalão principal. Henrique Nunes, técnico com enorme experiência na Liga de Honra, mantinha-se em funções e apostava na continuidade de grande parte da estrutura com a qual trabalhara na época precedente, o que fortalecia as aspirações avenses a alcançar um lugar na metade cimeira da classificação. Protagonista de um bom arranque de campeonato, bem expresso em 2 vitórias e 2 empates nas primeiras 4 jornadas, o Desportivo chegou a ser líder da prova, mas depressa entrou num registo extremamente irregular, tanto a nível pontual, como também a nível exibicional, o que o foi afastando gradualmente da luta pelos lugares cimeiros da classificação. Se a aquisição de Ricardo Nascimento no «Mercado de Inverno» parecia indiciar uma abordagem mais agressiva à segunda metade da competição, rapidamente o «herói» da subida do Trofense à divisão principal em 2007/08 se incompatibilizou com o treinador, o que acabou por constituir um foco de elevada tensão no balneário avense. Por isso, uma segunda volta em clara quebra, apenas interrompido pelas vitórias na deslocação a Freamunde (2-1) e nas recepções a Boavista (2-0) e Beira-Mar (1-0), levou a Direcção presidida por João Freitas a dispensar os serviços de Henrique Nunes ainda antes do fim da temporada. Seria o eterno adjunto Vitinha a garantir, a uma jornada do fim da competição, a manutenção, graças a um empate na deslocação a Barcelos (1-1), mas o 11º lugar final acabou por se revelar muito curto para as metas colocadas na abordagem ao novo exercício.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR BRUNO PIZARRO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 103
POR JOÃO NUNO Rodrigues 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 0 0 573
POR PEDRO FERNANDES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 5 0 1 0 406
POR RUI FARIA 29 0 1 0 2.610 3 0 0 0 270 2 0 0 0 180 5 0 0 0 450
D
POR ANDRÉ PEREIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 0 0 431
POR DIOGO SILVA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 51
POR Pedro GROSSO 14 0 5 0 895 2 0 0 0 180 0 0 0 0 0 16 0 2 0 1.198
POR HÉLDER MONTEIRO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 3 0 0 0 116
POR Nuno HENRIQUE Nogueira 15 0 1 0 945 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 9 1 1 0 630
POR HUGO MÁXIMO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 8 0 0 0 444
POR NUNO MENDES 4 0 3 0 210 2 1 0 0 143 2 0 0 0 67 6 0 1 0 433
POR PEDRO CORREIA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 0 0 287
POR PEDRO GERALDO Ribeiro 26 0 6 0 2.075 2 0 0 0 135 2 0 1 0 180 8 0 1 0 554
POR RÚBEN LIMA 20 1 4 0 1.431 3 1 1 0 253 2 0 0 0 161 12 0 0 0 763
POR SÉRGIO CARVALHO 21 1 4 1 1.730 3 0 1 0 225 2 1 0 0 114 8 0 1 0 484
POR SÉRGIO NUNES 27 3 13 0 2.345 3 0 0 0 270 2 0 1 0 180 8 0 1 0 408
POR TIAGO VALENTE 11 1 1 0 946 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 1 198
M
POR ANDRÉ CARVALHO 21 0 5 0 1.698 2 0 1 0 117 0 0 0 0 0 10 2 1 0 721
POR ANDRÉ GOMES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 5 0 0 0 313
POR António GOUVEIA 27 1 11 0 2.251 2 1 1 0 180 2 0 1 0 150 7 4 1 1 408
POR JORGE DUARTE 4 0 2 0 238 1 0 0 0 63 2 0 0 0 180 0 0 0 0 0
POR LEANDRO Pires 14 0 4 0 1.092 1 0 1 0 45 2 0 0 0 179 6 1 1 0 442
POR Micael Costa «MICA» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 53
POR RICARDO NASCIMENTO 9 1 0 1 503 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 1 0 0 223
POR ROMEU RIBEIRO 28 1 7 0 1.692 3 0 0 0 270 1 0 0 0 20 7 0 1 0 463
POR TIAGO FERREIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 105
BRA VINICIUS de Oliveira Franco 21 2 1 0 1.542 1 0 0 0 90 2 0 1 0 160 5 0 0 0 326
POR Alexandre Fernandes «XANO» 2 0 0 0 91 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 9 1 0 0 398
A
POR BENÍCIO Pereira 2 0 0 0 94 1 0 0 0 17 0 0 0 0 0 14 0 0 0 747
POR HUGO Miguel DIAS 1 0 0 0 51 1 0 0 0 23 0 0 0 0 0 13 0 2 0 767
POR JOÃO Pedro SILVA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 8 1 0 0 524
POR LUCIANO Cunha 12 0 2 0 542 2 0 1 0 54 0 0 0 0 0 17 2 2 0 1.198
POR NUNO LEMOS 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 39
POR OCTÁVIO Moreira 15 0 3 0 493 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 11 0 1 1 687
BRA ROBERT Olegário Ferreira 21 3 4 1 1.237 2 1 0 0 163 2 0 0 0 49 12 1 0 0 608
POR ROMEU TORRES 21 4 4 0 1.090 3 4 0 0 148 0 0 0 0 0 11 3 0 0 709
POR RUI MIGUEL Lopes 26 9 5 1 2.051 2 0 0 0 99 2 2 0 0 180 5 0 0 1 120
GNB Leocísio SAMI 27 3 2 0 1.736 3 1 1 0 225 2 0 0 0 180 6 1 0 0 322
POR SÉRGIO VIEIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 1 0 0 68

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Vítor Gomes «Vitinha» 4x2x3x1 4x3x1x2 desde 13 de Maio de 2009.
Henrique Nunes 4x3x3 4x3x1x2, 4x2x3x1, 3x5x2, 3x4x3, 4x4x2 até 13 de Maio de 2009.

Nota: Vítor Gomes «Vitinha», técnico-adjunto da equipa principal, orientou a equipa em vários jogos na Liga Intercalar.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Vítor Gomes «Vitinha» 2 0 1 1 0.500 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 1 1 5 0.571
Henrique Nunes 28 9 8 11 1.250 3 2 0 1 2.000 2 1 0 1 1.500 10 3 3 4 1.200

 
Equipa Tipo

Desportivo das Aves: táctica

 
A Figura

Rui Miguel
foto © desportivodasaves.blogspot.com

Rui Miguel

 

BEIRA-MAR: 12º CLASSIFICADO

O

regresso de António Sousa, técnico que conduziu os aveirenses a duas promoções ao escalão principal e à conquista da Taça de Portugal em 1998/99, e de uma série de jogadores com passado nos «auri-negros», como Palatsi, Ricardo Sousa, Fary Faye, Cristiano, Rui Dolores ou Levato, procurava reaproximar a cidade do clube, que, apesar da remodelação profunda que o plantel sofreu, não escondia o anseio de se intrometer na luta pela subida de divisão. Contudo, um mau arranque de época, sem qualquer vitória nas cinco primeiras jornadas, fez adensar as críticas em torno da qualidade de alguns jogadores, como também do trabalho e opções de António Sousa, que não resistiria a uma surpreendente eliminação da Taça de Portugal diante do Olivais e Moscavide (0-2), na altura antepenúltimo classificado da Série D da 2ªDivisão. Bruno Moura, até aí preparador físico da formação aveirense, foi a solução encontrada para assegurar a sucessão, iniciando o seu primeiro trabalho como treinador principal no futebol sénior. Se 3 vitórias nos seus primeiros 4 jogos permitiram uma aproximação aos lugares de subida, rapidamente o Beira-Mar regressou ao seu registo de enorme irregularidade e viu esfumarem-se, apesar da aposta no reforço do plantel no «Mercado de Inverno», as suas esperanças de competir pela promoção ao escalão principal. O 12º lugar final, na sequência de uma segunda volta paupérrima, bem expressa em apenas um triunfo nas últimas 11 jornadas, reflecte bem a prova verdadeiramente decepcionante dos «auri-negros», para a qual também contribuiu a pouca estabilidade que o clube viveu, espelhada em salários em atraso, problemas disciplinares e críticas presidenciais à falta de empenho dos jogadores e à ausência de apoio das «forças vivas» de Aveiro.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR BRUNO SOUSA 9 0 3 0 810 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0
FRA Jerôme PALATSI 21 0 1 0 1.890 2 0 0 0 180 2 0 0 0 180
POR RENATO LOPES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
D
POR BRUNO RESENDE 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
BRA CARLOS ANDRÉ Santos Jesus 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA CRISTIANO Roland 26 1 10 1 2.336 3 0 1 0 270 0 0 0 0 0
POR FERNANDO DINIS 3 0 0 0 157 0 0 0 0 0 2 0 0 0 174
POR JAIME SIMÕES 11 0 5 1 794 0 0 0 0 0 2 0 0 0 180
POR JONATHAN Ribeiro 1 0 0 0 45 1 0 0 0 15 1 0 0 0 18
BRA Antônio Pereira dos Santos «KANU» 26 2 8 2 2.265 3 1 1 0 270 0 0 0 0 0
POR PEDRO ARAÚJO 29 0 7 0 2.440 2 0 0 0 166 1 0 0 0 45
POR Pedro RIBEIRO 6 0 0 0 263 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR José SOUSA 20 1 5 0 1.494 1 0 0 0 90 2 0 0 0 180
FRA YOHAN TAVARES 11 1 1 0 838 3 0 1 0 270 1 0 0 0 90
M
POR ARTUR MOREIRA 24 2 3 0 1.999 3 0 1 0 175 2 1 0 0 162
POR Luís BORNES 1 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA Gesider de Souza Silva «DÉDÊ» 3 0 1 0 65 0 0 0 0 0 2 1 1 0 24
CHA DJAMAL Mahamat Bindi 15 0 3 0 1.232 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
CPV EMERSON dos Santos Luz 4 0 1 1 87 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG Pedro Mauricio LEVATO 8 0 1 1 412 2 0 0 0 73 1 0 1 0 90
POR LOURENÇO Almeida 29 5 7 0 2.539 3 1 1 0 250 2 0 1 0 180
POR RICARDO SOUSA 6 0 0 0 389 1 1 0 0 90 0 0 0 0 0
POR RUI SAMPAIO 27 3 5 0 2.102 3 0 0 0 200 2 1 0 0 122
POR TIAGO LEMOS 18 0 3 0 1.104 1 0 0 0 62 1 0 0 0 22
A
POR ALEXIS Martins 6 0 1 0 246 1 0 0 0 45 1 0 0 0 90
BRA FÁBIO NUNES 23 2 2 0 1.312 3 1 0 0 215 1 0 0 0 68
POR Carlos FANGUEIRO 26 9 5 0 1.861 3 0 1 0 188 2 0 1 0 162
SEN FARY FAYE 23 4 0 0 1.281 3 2 1 0 199 1 0 0 1 56
GNB IBRAIMA Baldé 7 1 1 0 374 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR JOÃO MOREIRA 14 0 0 0 405 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR RUI DOLORES 19 0 3 0 905 1 0 0 0 14 0 0 0 0 0
BRA WEGNO Santos Magalhães 4 0 1 0 45 2 0 1 0 108 1 0 0 0 13

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Bruno Moura 4x1x3x2 4x3x3, 4x1x2x1x2, 4x4x2, 4x2x3x1 desde 10 de Novembro de 2008.
António Sousa 4x3x1x2 4x2x3x1, 4x3x3 até 10 de Novembro de 2008.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Bruno Moura 23 7 7 9 1.217 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
António Sousa 7 1 4 2 1.000 3 2 0 1 2.000 2 1 0 1 1.500

 
Equipa Tipo

Beira-Mar: táctica

 
A Figura

Lourenço
foto © abola.pt

Lourenço

 

PORTIMONENSE: 13º CLASSIFICADO

P

rotagonista de uma espectacular recta final no exercício anterior, já que os 28 pontos conquistados durante a segunda volta lhe proporcionaram o estatuto de clube mais pontuado nesse período da competição, o Portimonense surgia na nova temporada apostado em intrometer-se na luta pelos lugares cimeiros da classificação, ainda que sem assumir o objectivo de subir à divisão maior do futebol português. Vítor Pontes, o técnico responsável pela sensacional recuperação dos algarvios em 2007/08, manteve-se em funções e viu o plantel ser reforçado com jogadores com experiência nos dois principais escalões, a que se juntaram vários jovens promissores cedidos por FC Porto e Sporting de Braga. Um bom arranque de época, espelhado nas vitórias na recepção ao Varzim (2-1) e na deslocação a Leiria (1-0), parecia dar continuidade aos excelentes desempenhos da segunda metade da temporada precedente, só que a derrota em casa com o Boavista (0-1), na 3ª jornada, dava o primeiro sinal sobre a verdadeira imagem do Portimonense na primeira volta da competição: uma equipa muito pouco consistente a nível exibicional e com um registo pontual extremamente irregular. Uma série de 7 jogos consecutivos sem vencer, entre as jornadas 10 e 16, ditaria a aproximação dos lugares de descida e a saída de Vítor Pontes, substituído no cargo por Lito Vidigal, impulsionado por um bom início de exercício ao serviço do Estrela da Amadora. Se é certo que os algarvios apenas sofreram 2 derrotas nas últimas 13 rondas da Liga de Honra, o elevado número de empates – 8 – e a boa recta final dos principais adversários adiou a consumação da manutenção até à penúltima jornada, onde um empate em Vizela (2-2) garantiu uma jornada final sem sobressaltos.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
BRA Aleksander Montrimas «ALÊ» 19 0 2 0 1.710 4 0 0 0 360 1 0 0 0 90
POR FÁBIO SAPATEIRO 1 0 0 0 10 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR PAULO RIBEIRO 11 0 1 0 981 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
D
BRA José ANILTON JÚNIOR 25 0 2 0 2.125 2 0 0 0 180 2 0 0 0 180
POR Miguel Granja «BURA» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 1 0 135
POR EMÍDIO RAFAEL da Silva 19 1 7 1 1.693 2 1 1 0 180 1 0 0 0 90
POR FAUSTO LÚCIO 15 1 3 1 1.185 3 0 1 0 270 0 0 0 0 0
BRA HESLEY Couto Ferreira 15 0 4 0 1.228 2 0 0 0 180 1 0 1 0 45
POR JOÃO VÍTOR Manuel 2 0 1 0 95 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG LEONARDO TAMBUSSI 13 0 7 1 1.027 1 0 0 0 66 0 0 0 0 0
CPV NILSON Barros 11 0 1 0 828 2 0 0 0 180 1 0 0 0 90
POR RICARDO PESSOA 27 1 2 1 2.430 4 1 0 0 360 2 0 0 0 180
M
BRA DIOGO MELO 28 2 4 0 2.136 4 0 1 0 241 2 0 2 0 180
POR HUGO SANTOS 24 2 7 0 1.593 4 0 0 0 270 2 0 0 0 147
POR LUÍS LOUREIRO 14 1 5 0 896 4 1 0 0 185 0 0 0 0 0
ARG Cesar Maximiliano «MAXI» ASÍS 1 0 0 0 3 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BFA NARCISSE Yameogo 22 4 4 0 1.202 4 0 1 0 158 2 0 0 0 71
POR NUNO Prata COELHO 28 0 3 0 2.520 4 0 2 1 312 2 0 0 0 180
BRA Rafael Massambani Silva «RAFA» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA ROBERTO BRITTO 5 0 0 0 219 1 0 0 0 17 0 0 0 0 0
POR RUI PEDRO Ramalho 22 0 1 0 1.083 2 0 1 0 174 2 0 0 0 109
A
ARG Gonzalo GARAVANO 8 4 2 0 224 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
ARG GONZALO Damián MARRONKLE 25 5 6 0 1.345 3 2 0 0 203 2 0 0 0 112
POR José HENRIQUE Esteves 25 2 8 0 1.614 3 2 0 0 187 2 0 1 0 123
BRA Halleson Barbosa Honorato «PHILCO» 8 1 0 0 171 2 0 0 0 18 1 0 0 0 21
BRA RAPHAEL FREITAS 25 4 5 1 1.405 4 1 0 0 311 2 1 1 0 137
POR VASCO MATOS 26 0 6 0 1.924 1 0 0 0 60 0 0 0 0 0

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Lito Vidigal 4x2x3x1 4x3x3, 4x3x1x2, 4x4x2 desde 10 de Fevereiro de 2009.
Amílcar Delgado 4x3x3 4x4x2 técnico interino entre 4 e 10 de Fevereiro de 2008.
Vítor Pontes 4x3x3 4x2x3x1, 4x4x2 até 4 de Fevereiro de 2009.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Lito Vidigal 13 3 8 2 1.308 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Amílcar Delgado 1 0 0 1 0.000 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Vítor Pontes 16 4 6 6 1.125 4 3 0 1 2.250 2 0 0 2 0.000

 
Equipa Tipo

Portimonense: táctica

 
A Figura

Nuno Coelho
foto © abola.pt

Nuno Coelho

 

OLIVEIRENSE: 14º CLASSIFICADO

C

ampeã da 2ªDivisão em 2007/08, a Oliveirense assegurou o seu regresso à Liga de Honra, por onde passara, sem sucesso, em 2001/02. Sem argumentos financeiros para investimentos de monta em reforços, a formação de Oliveira de Azeméis, desde cedo considerada como forte candidata à descida, apostou na continuidade de grande parte da estrutura que garantiu a subida, ainda que as perdas de António Oliveira e Nuno Santos, as duas unidades de maior rendimento no exercício anterior, causassem bastante apreensão. Pedro Miguel, treinador do clube desde 2004/05, alvitrava a manutenção como meta, mas reconhecia as limitações e carências do plantel à sua disposição, algo que ficou bem visível no decurso da temporada, já que a Oliveirense passou praticamente dois terços da competição em zona de despromoção. Contudo, a elevada confiança da Direcção do clube no trabalho do treinador, que se manteve quase sempre fiel a um 4x3x3 e a um «onze base» que sofreu pouquíssimas alterações no decurso do exercício, rendeu importantes frutos no último terço da prova, onde a equipa se superou e amealhou os pontos que garantiram a ansiada manutenção no segundo escalão do futebol português. Pouco produtiva do ponto de vista ofensivo, o que fica bem atestado no pior ataque da competição – 25 golos em 30 jogos -, a Oliveirense conseguiu derrotar, na recta final do campeonato, o campeão Olhanense (1-0) e a vice-campeã União de Leiria (2-1) no Estádio Carlos Osório, onde afiançou, de forma definitiva, a manutenção na derradeira ronda, ao garantir um precioso empate diante do Gondomar (1-1).

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR JORGE SILVA 16 0 1 0 1.440 1 0 0 0 120 1 0 0 0 90
POR TIAGO PENETRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR TÓ FERREIRA 14 0 2 0 1.260 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
D
POR ARMANDO Ferreira 4 0 1 1 313 0 0 0 0 0 1 0 0 0 19
GNB Saido Indjai «BANJAI» 30 1 3 0 2.699 1 0 0 0 120 2 0 0 0 180
POR BRUNO SOUSA 30 2 2 0 2.700 1 0 0 0 120 2 0 0 0 180
POR HÉLDER SILVA 22 0 10 0 1.816 1 0 0 0 120 2 0 0 0 180
POR Nuno LARANJEIRA 14 1 2 0 1.109 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR VÍTOR PINTO 26 1 4 0 2.271 1 0 0 0 120 2 0 0 0 148
M
POR ARTUR MARQUES 14 0 4 0 621 1 0 0 0 78 1 0 0 0 1
POR DIEGO LEITE 2 0 1 0 118 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA DIOGO dos Santos DURAN 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR JOSÉ PEDRO Freitas 9 0 1 0 729 0 0 0 0 0 2 0 0 0 180
POR LUÍS COENTRÃO 16 0 3 0 1.306 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Bruno Rocha «MAGANO» 23 1 6 0 1.761 1 0 0 0 120 2 0 0 0 179
POR MANUEL GODINHO 29 2 5 0 2.421 1 0 1 0 120 2 0 0 0 180
ESP Juan José Martínez «PESCA» 3 0 0 0 81 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
GNB RODILSON Dias 22 0 2 0 515 1 0 0 0 45 0 0 0 0 0
A
POR Diogo AIDOS Teixeira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR Carlos Almeida «CARLITOS» 26 3 7 0 1.933 0 0 0 0 0 1 0 0 0 14
POR FILIPE TAVARES 19 1 3 0 669 1 0 0 0 60 2 0 0 0 99
BRA JEFFERSON Santiago 16 3 5 0 761 1 1 0 0 60 2 0 0 0 166
BRA MARCOS ANTÔNIO Santos 30 3 2 0 2.043 1 0 0 0 60 0 0 0 0 0
POR SÉRGIO GRILO 28 5 3 1 2.022 1 0 1 0 120 2 0 0 0 180
CPV Eduardo «VARGAS» FERNANDES 26 0 4 0 1.128 1 0 0 1 5 2 0 2 0 94

 
Treinador

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Pedro Miguel 4x3x3 4x4x2, 4x1x3x2, 4x2x3x1, 3x4x3 toda a época.

 
Treinador (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Pedro Miguel 30 7 11 12 1.067 1 0 0 1 0.000 2 0 1 1 0.500

 
Equipa Tipo

Oliveirense: táctica

 
A Figura

Carlitos
foto © abola.pt

Carlitos

 

BOAVISTA: 15º CLASSIFICADO

D

espromovido administrativamente à Liga de Honra na sequência do processo «Apito Final», o Boavista, 9º classificado da Liga principal em 2007/08, iniciou a pré-temporada mergulhado em dívidas e em dúvidas, já que as dificuldades para preencher os requisitos necessários para disputar uma competição profissional, acrescida da impossibilidade de inscrever novos jogadores, deixaram os «axadrezados» sem certezas sobre o seu futuro. Se é certo que o Boavista conseguiu garantir a participação na Liga de Honra, as enormes indefinições na preparação da nova temporada conduziram à demissão de Jaime Pacheco do comando técnico da equipa na semana anterior ao início do campeonato. Rui Bento, antigo treinador de Penafiel e Barreirense, foi a solução encontrada para assegurar a sucessão e procurar realizar, com um plantel curto e recheado de ex-juniores, uma prova sem grandes sobressaltos. Se o início de temporada foi promissor e empolgante, o que fica bem atestado pelas 3 vitórias e 2 empates nas 6 primeiras jornadas da prova, depressa o Boavista deu sinais das limitações do seu plantel e da inexperiência da grande maioria dos seus jogadores, não surpreendendo a queda na zona perigosa da classificação, fruto de 12 derrotas entre as jornadas 7 e 23. Contudo, uma boa reacção final, reflectida nas vitórias nas recepções ao Freamunde (2-1) e Santa Clara (3-1), como também na deslocação ao surpreendente Estoril (2-1), adiou todas as decisões sobre a manutenção para a última jornada, onde a equipa baqueou de forma estrondosa diante do tranquilo Covilhã (1-4) no Estádio do Bessa, ao acusar a ausência do castigado João Tomás, o verdadeiro abono de família dos «axadrezados» ao longo da temporada. Consumava-se, assim, a segunda descida consecutiva do Boavista, menos de uma década depois do mesmo estádio ter sido palco da conquista de um histórico título de campeão nacional e de memoráveis noites europeias nas duas principais competições da UEFA.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR PEDRO TRIGUEIRA 8 0 1 0 720 2 0 0 0 180 0 0 0 0 0 16 0 0 0 1.440
POR SÉRGIO LEITE 22 0 1 0 1.980 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
D
POR BRUNO PINHEIRO 21 0 4 0 1.376 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0 7 0 2 1 538
POR DANIEL FERNANDES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 9 0 1 0 595
BRA DIOGO FERNANDES 23 2 5 1 857 2 0 0 0 102 0 0 0 0 0 11 1 0 0 887
POR DIOGO LEITE 1 0 0 0 6 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 17 1 3 0 1.263
SEN FRANÇOIS SÉNÉ 21 0 7 0 1.750 1 0 0 0 7 0 0 0 0 0 9 1 1 0 752
POR GILBERTO SILVA 30 0 5 0 2.573 3 0 0 0 270 0 0 0 0 0 2 0 0 0 137
POR JOÃO Pedro REIS 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 8 0 0 0 601
POR JOÃO Marques SILVA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 1 0 350
POR JORGE SILVA 21 0 5 0 1.890 2 0 1 0 180 0 0 0 0 0 1 0 0 0 57
BRA MICHEL BARONI 3 0 1 0 167 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0 3 0 0 0 270
BRA RENATO SANTOS 11 1 1 0 990 3 0 1 0 270 0 0 0 0 0 1 0 0 0 45
POR RICARDO PEDROSA 6 0 1 0 488 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 17 1 0 0 1.444
BRA RODRIGO ARAÚJO 2 0 1 0 145 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 4 0 513
POR TIAGO PESSOA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 3 0 0 0 122
BRA João Andrade «ZÂMBIA» 17 0 2 0 1.119 1 0 0 0 78 0 0 0 0 0 3 0 0 0 221
M
POR BRUNO MONTEIRO 29 0 8 0 2.610 3 0 0 0 206 0 0 0 0 0 3 0 0 0 186
GNB DJIBRIL Djaló 3 0 0 0 60 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 12 1 2 0 810
POR FÁBIO VIEIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 5 1 0 0 165
POR IVAN SANTOS 24 0 3 0 801 1 1 0 0 64 0 0 0 0 0 11 0 1 0 745
POR MANUEL BAPTISTA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 1 0 388
BRA João MÁRCIO da Silva «TARRAFA» 8 1 1 0 309 3 0 0 0 121 0 0 0 0 0 6 0 0 0 465
POR NÉLSON PEREIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 71
POR NUNO MOREIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 8 0 0 0 326
POR PEDRO MOREIRA 28 1 5 0 2.461 3 1 0 0 253 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
BRA RODRIGO Pereira «FUSKA» 6 0 0 0 175 3 0 0 0 73 0 0 0 0 0 6 0 1 0 480
POR RUI LIMA 29 3 7 0 2.521 3 1 1 0 260 0 0 0 0 0 2 0 0 0 92
POR STEVE SILVA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 0 0 374
A
BRA ADRIANO Silva Rodrigues 28 3 6 2 1.846 3 0 1 0 214 0 0 0 0 0 1 0 1 0 45
GNB BENVINDO Moreno 8 0 1 0 224 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 15 1 1 0 1.085
POR DIOGO TEIXEIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 11 1 0 0 548
POR FÁBIO FERREIRA «Fabinho» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 11 2 0 0 487
POR JOÃO TOMÁS 28 13 5 0 2.263 2 0 0 0 159 0 0 0 0 0 3 0 1 0 180
POR NUNO SOARES «Nuninho» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 2 0 0 353
POR RUI CARVALHO «Ruizinho» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 12 1 0 0 407
POR RUI JOÃO Almeida 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 8 0 0 0 190
BRA SIDNEI Sciola Moraes 29 4 4 0 2.381 3 0 0 0 263 0 0 0 0 0 1 1 0 0 90

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Rui Bento 4x3x3 4x4x2, 4x2x3x1, 4x3x1x2, 5x3x2 desde 20 de Agosto de 2009.
Jaime Pacheco até 19 de Agosto de 2009.

Notas: Jaime Pacheco, que iniciou a época como técnico do Boavista, decidiu abandonar, a 19 de Agosto de 2008, o comando técnico do clube; Mário Moinhos, treinador da equipa de juniores, e Simão Freitas, técnico-adjunto da equipa principal, orientaram a equipa em vários jogos na Liga Intercalar.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Rui Bento 30 9 5 16 1.067 3 2 0 1 2.000 0 0 0 0 0 7 2 1 4 1.000
Jaime Pacheco 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 2 0.000 0 0 0 0 0
Mário Moinhos 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 2 2 3 1.143
Simão Freitas 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 3 0 2 1 0.667

Nota: As duas derrotas do Boavista na Taça da Liga aconteceram na sequência de faltas de comparência.

 
Equipa Tipo

Boavista: táctica

 
A Figura

João Tomás
foto © google.pt

João Tomás

 

GONDOMAR: 16º CLASSIFICADO

12º

classificado em 2007/08, o Gondomar atacava a sua quinta época consecutiva na Liga de Honra com o objectivo de garantir a manutenção no escalão, isto apesar de apresentar um dos orçamentos mais baixos entre os 16 participantes na competição. A saída de Nicolau Vaqueiro, técnico que orientara o clube nos três exercícios anteriores, a remodelação profunda do plantel, já que apenas sete jogadores transitaram do plantel da última temporada, e as notícias sobre uma eventual descida administrativa à 2ªDivisão, na sequência do processo «Apito Final», agitaram o defeso do clube da «capital do ouro». Daniel Ramos, jovem treinador que já orientara Desportivo de Chaves e Trofense na Liga de Honra, foi a aposta para assumir a sucessão de Vaqueiro e arquitectou um plantel sem grandes nomes, ainda que constituído, na sua maioria, por jogadores com experiência na Liga de Honra. Um início de época trémulo, com apenas 1 vitória nas primeiras 10 jornadas, deixou os gondomarenses em situação delicada, mas seria uma série de 10 jogos consecutivos sem vencer entre a ronda 13 e a 22, período em que somou 7 derrotas, a ditar o afundamento no último lugar da classificação. O técnico, apesar de contestado, manteve-se em funções e, mesmo sem contar com reforços no «Mercado de Inverno», revelou-se capaz de conduzir o Gondomar a uma boa recuperação no último terço da Liga, o que lhe permitiu disputar a manutenção na jornada final. Só que no jogo decisivo, não foi além de um empate (1-1) na deslocação ao terreno da também aflita Oliveirense, o que consumou a descida da formação gondomarense à 2ªDivisão. Um castigo para uma equipa que até apresentou alguma consistência do ponto de vista defensivo – sofreu mais 3 golos que o campeão Olhanense -, mas que mostrou pouca eficácia do ponto de vista ofensivo, onde viveu, quase sempre, da inspiração de Bruno Severino, responsável por quase metade dos golos apontados pelo clube ao longo do exercício.

 
Estatísticas (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min. J G A V Min.
G
POR ANTÓNIO FILIPE Carvalho 11 0 1 0 990 3 0 2 0 330 2 0 1 0 180 12 0 0 0 1.026
POR HÉLDER NEVES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 0 0 372
POR NUNO SANTOS 19 0 2 0 1.710 0 0 0 0 0 2 0 0 0 180 3 0 0 0 225
D
BRA ALEX GARCIA 25 0 5 0 1.694 2 1 0 0 240 3 1 1 0 270 14 1 0 0 1.104
CMR BUBA Yohanna 24 0 7 0 1.789 3 0 0 0 243 3 0 0 0 270 9 0 1 0 661
POR Daniel Lima «DANI» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 14 2 1 0 691
SEN GORA TALL 25 3 10 2 2.001 3 0 2 1 327 3 0 1 0 270 7 3 0 0 531
POR HÉLDER ALVES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 226
POR HÉLIO Moreira 25 0 5 0 2.117 2 0 0 0 110 3 0 0 0 143 6 0 1 0 396
POR JOÃO RIBEIRO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 5 0 0 0 292
POR JOSÉ ALBERTO Ferreira 22 0 7 1 1.819 1 0 0 0 79 1 0 0 0 70 8 0 0 0 631
BRA Leonardo Bonifácio «LÉO BONFIM» 8 0 0 0 281 1 0 0 0 61 2 0 0 0 120 14 0 1 0 1.172
POR PEDRO CASTRO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 5 0 0 0 295
POR RÓMULO Silva 19 0 3 0 1.616 3 0 0 0 211 3 0 2 0 193 4 0 0 0 252
NGA Joseph SAMSON Boher 14 0 4 1 944 1 0 0 0 120 2 0 1 0 167 14 1 1 0 1.021
M
POR CARLOS VIANA 27 0 8 1 2.067 3 0 2 0 279 4 0 3 0 307 2 0 0 0 91
POR Francisco CASTRO 26 3 1 0 1.847 3 0 1 0 307 4 0 1 0 356 5 1 0 0 322
POR Ricardo Castro «CRUZ» 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 14 0 1 0 809
CAN FERNANDO AGUIAR 12 0 4 0 749 2 0 1 0 210 1 0 0 0 90 2 0 1 1 86
POR JOÃO FERNANDES 19 0 5 1 1.163 1 0 1 0 51 4 0 1 0 349 10 0 0 0 660
POR LUÍS NEVES 2 0 1 0 97 1 0 0 0 45 2 0 1 0 28 16 1 1 0 944
POR NÉLSON GOMES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 0 0 240
POR RICARDO JORGE Santos «CADINHA» 16 1 1 0 861 1 0 0 0 119 2 0 0 0 12 16 1 1 0 996
A
POR ÂNGELO Oliveira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 2 0 0 307
POR BRUNO SEVERINO 25 12 10 3 1.993 2 1 1 0 210 3 0 0 0 225 3 1 0 1 204
BRA CÍCERO José Lourenço 23 3 2 0 1.337 3 0 0 0 220 4 0 2 0 190 14 6 1 0 833
POR DIOGO TORRES 15 1 4 0 542 0 0 0 0 0 2 0 1 0 113 16 2 1 0 1.025
BRA EVANDRO Luís Brandão Campos 28 4 4 0 2.181 3 2 0 0 261 3 1 0 0 270 10 4 0 0 692
POR Hugo Cardoso «FININHO» 14 0 0 0 523 2 0 1 1 80 1 0 0 0 1 15 2 1 0 1.133
POR RICARDO MOREIRA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 59
POR VÍTOR SILVA 20 2 2 0 1.367 2 0 0 0 114 2 1 0 0 156 8 0 0 0 548

 
Treinador

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Daniel Ramos 4x3x1x2 4x3x3, 3x5x2, 4x2x3x1, 4x4x2, 3x4x3, 5x4x1 toda a época.

Nota: Abílio Rocha, técnico-adjunto da equipa principal, orientou a equipa em vários jogos na Liga Intercalar.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga + Liga Intercalar)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Daniel Ramos 30 7 9 14 1.000 3 1 1 1 1.333 4 2 0 2 1.500 5 1 1 3 0.800
Abílio Rocha 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 13 6 1 6 1.462

 
Equipa Tipo

Gondomar: táctica

 
A Figura

Bruno Severino
foto © google.pt

Bruno Severino

 
foto de abertura © olhanense.net


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.