Portugal 2008/09: Vitória Setúbal

Vitória de Setúbal
Vitória de Setúbal

VITÓRIA SETÚBAL: 14º CLASSIFICADO

P

rotagonista de uma campanha sensacional em 2007/08, bem visível pelo 6º lugar final na Liga, pela conquista da Taça da Liga e chegada às meias-finais da Taça de Portugal, o Vitória de Setúbal arrancou para a nova temporada sabendo que seria difícil repetir um exercício tão bem sucedido como o anterior. Daúto Faquirá, treinador que realizara, com parcos recursos, duas épocas positivas ao serviço do Estrela da Amadora, surgia como sucessor de Carlos Carvalhal no comando de um plantel que assegurou a continuidade das suas unidades nucleares do sector defensivo e intermediário, procurando suprir as saídas de Cláudio Pitbull e Eduardo, duas das grandes figuras dos sadinos em 2007/08, com uma série de aquisições e empréstimos: enquanto Bruno Vale e Pedro Alves disputavam a titularidade na baliza, Mateus, Leandro Lima, Laionel, Bruno Moraes, Carlos Saleiro e Leandro Carrijo alargavam o leque de opções entre o meio-campo ofensivo e o ataque. Se o início da temporada até foi positivo, graças aos 7 pontos conquistados nas primeiras 4 jornadas, a eliminação precoce da Taça UEFA, novamente aos pés dos holandeses do Heerenveen, coincidiu com uma quebra abrupta de rendimento na Liga, bem expressa em 4 derrotas consecutivas entre as jornadas 5 e 9. O triunfo sobre o Belenenses (2-0) e o empate na deslocação ao terreno do Benfica (2-2) aliviaram um pouco o panorama, mas apenas um ponto somado entre as jornadas 11 e 14 e as eliminações Taça de Portugal e da Taça da Liga, competição em que os sadinos ficaram precocemente afastados da possibilidade de revalidar o título, conduziram ao despedimento do cada vez mais contestado Daúto Faquirá, que não resistiu aos maus resultados e à pouca qualidade do futebol apresentado: a consistência defensiva, imagem de marca da equipa no exercício anterior, foi uma miragem em 2008/09; um meio-campo pouco dinâmico e muito previsível, como também um ataque pouco objectivo e excessivamente perdulário, que perdeu prematuramente Bruno Moraes, ajudam a explicar os 7 golos apontados durante a primeira volta da competição. Carlos Cardoso, até aí a desempenhar funções de adjunto, foi, mais uma vez, a solução de recurso encontrada para evitar a descida ao segundo escalão. Um trabalho hercúleo, agravado pelos inúmeros problemas com que o plantel se debateu, em virtude de salários em atraso e do pouco apoio directivo, que não atemorizou o veterano treinador, habituado a este tipo de desafios. Mesmo que sem brilhantismo, já que o Vitória apenas somou 14 pontos em 16 jogos sob o seu comando e não apresentou melhorias substanciais na qualidade de jogo, Carlos Cardoso soube aproveitar os deslizes dos seus mais directos rivais na luta pela permanência – Belenenses e Trofense – e conseguiu guiar a formação sadina a mais uma manutenção extremamente sofrida, definitivamente confirmada, nos instantes finais da temporada, com um empate na deslocação ao terreno da Naval (2-2).

 
Estatísticas (Liga + Taça UEFA)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min.
G
BRA ANDRÉ MORETTO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR BRUNO VALE 7 0 2 0 630 2 0 0 0 180
POL Pawel KIESZEK 10 0 1 0 900 0 0 0 0 0
SRB Nikola MILOJEVIC 6 0 1 0 540 0 0 0 0 0
POR PEDRO ALVES 7 0 0 0 630 0 0 0 0 0
D
BRA ANDERSON DO Ó 11 2 4 0 983 0 0 0 0 0
POR ANDRÉ MARQUES 14 2 2 0 1.079 0 0 0 0 0
POR AURI Dias Faustino 22 2 8 0 1.944 2 0 0 0 180
FRA Aly CISSOKHO 13 0 1 0 1.170 2 0 1 0 180
POR FILIPE BRIGUES 1 0 0 0 45 0 0 0 0 0
POR HUGO Vieira 16 0 4 0 1.157 0 0 0 0 0
CPV JANÍCIO Martins 30 0 1 0 2.656 2 0 0 0 180
BRA JEAN MICHEL Sousa Bertasso 7 2 0 0 196 0 0 0 0 0
BRA ROBSON Severino 29 1 5 0 2.610 2 0 0 0 180
CIV Marco ZORO 10 0 5 0 435 0 0 0 0 0
M
POR BRUNO RIBEIRO 15 0 4 0 897 0 0 0 0 0
BRA DANILO PORTUGAL 2 0 1 0 102 1 0 0 0 8
BRA ELIAS Alves da Silva 24 2 6 1 1.485 2 0 0 0 135
BRA LEANDRO LIMA 24 0 1 1 1.433 2 0 0 0 99
BRA MATEUS Garcia Borges 18 2 3 0 1.200 2 0 0 0 102
POR PAULO REGULA 11 0 3 1 716 0 0 0 0 0
POR RICARDO CHAVES 29 2 7 0 2.258 2 1 1 0 133
CPV SANDRO Mendes 12 0 6 1 1.038 2 0 0 0 180
A
POR BRUNO BOLINHAS 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR BRUNO GAMA 29 2 4 0 2.120 2 1 0 0 71
BRA BRUNO MORAES 3 0 2 0 156 1 0 1 0 90
POR CARLOS SALEIRO 5 0 0 0 129 0 0 0 0 0
BRA JOEANO Pinto Chaves 7 0 1 0 377 0 0 0 0 0
BRA LAIONEL Silva 25 2 4 0 1.145 2 0 0 0 159
BRA LEANDRO BRANCO 10 0 0 1 326 0 0 0 0 0
BRA LEANDRO CARRIJO 21 2 2 0 1.246 2 1 0 0 103
POR MOISÉS Ferreira 2 0 0 0 86 0 0 0 0 0

Estatísticas (Taça de Portugal + Taça da Liga)

Nac. Nome J G A V Min. J G A V Min.
G
BRA ANDRÉ MORETTO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR BRUNO VALE 1 0 0 0 90 2 0 0 0 180
POL Pawel KIESZEK 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
SRB Nikola MILOJEVIC 0 0 0 0 0 1 0 0 0 90
POR PEDRO ALVES 2 0 0 0 180 0 0 0 0 0
D
BRA ANDERSON DO Ó 3 0 0 0 270 0 0 0 0 0
POR ANDRÉ MARQUES 1 0 0 0 90 2 0 0 0 143
POR AURI Dias Faustino 1 0 0 0 90 3 1 1 0 270
FRA Aly CISSOKHO 2 0 1 0 180 1 0 0 0 90
POR FILIPE BRIGUES 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR HUGO Vieira 1 0 1 0 46 1 0 0 0 23
CPV JANÍCIO Martins 3 0 0 0 270 3 0 0 0 270
BRA JEAN MICHEL Sousa Bertasso 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA ROBSON Severino 2 0 1 0 180 3 0 2 0 270
CIV Marco ZORO 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
M
POR BRUNO RIBEIRO 0 0 0 0 0 3 0 2 0 205
BRA DANILO PORTUGAL 1 0 0 0 90 0 0 0 0 0
BRA ELIAS Alves da Silva 2 0 0 0 64 2 0 0 0 143
BRA LEANDRO LIMA 3 0 0 0 199 3 1 0 0 249
BRA MATEUS Garcia Borges 3 1 0 0 244 2 0 0 0 49
POR PAULO REGULA 0 0 0 0 0 1 0 1 0 67
POR RICARDO CHAVES 2 1 2 0 135 3 0 0 0 270
CPV SANDRO Mendes 3 0 2 0 224 2 0 0 0 135
A
POR BRUNO BOLINHAS 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
POR BRUNO GAMA 3 2 0 0 270 3 0 0 0 191
BRA BRUNO MORAES 1 0 0 0 45 0 0 0 0 0
POR CARLOS SALEIRO 2 0 0 0 114 0 0 0 0 0
BRA JOEANO Pinto Chaves 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
BRA LAIONEL Silva 3 1 0 0 127 1 0 0 0 34
BRA LEANDRO BRANCO 2 0 0 0 36 3 0 0 0 128
BRA LEANDRO CARRIJO 1 0 0 0 26 3 1 0 0 163
POR MOISÉS Ferreira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

 
Treinadores

Treinador Sistema Táctico Outras Opções Período
Carlos Cardoso 4x3x1x2 4x2x3x1, 4x3x3, 4x1x4x1, 4x4x2, 5x4x1 desde 15 de Janeiro de 2009.
Daúto Faquirá 4x2x3x1 4x3x1x2, 4x3x3, 4x4x2, 4x1x3x2 até 14 de Janeiro de 2009.

 
Treinadores (Liga + Taça de Portugal + Taça da Liga)

Treinador J V E D Med. J V E D Med. J V E D Med.
Carlos Cardoso 16 4 2 10 0.875 0 0 0 0 0 1 1 0 0 3.000
Daúto Faquirá 14 3 3 8 0.857 3 2 0 1 2.000 2 0 0 2 0.000

Treinador (Taça UEFA)

Treinador J V E D Med.
Daúto Faquirá 2 0 1 1 0.500

 
Equipa Tipo

Vitória de Setúbal: táctica

 
As Figuras

Bruno Gama
foto © Alvaro Isidoro

Bruno Gama

Robson
foto © Alvaro Isidoro

Robson

 
foto de abertura © abola.pt


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.