Suécia 2008

Kalmar FF
Kalmar FF

Balanço

V

ice-campeão e vencedor da Taça em 2007, o Kalmar FF partiu para o novo exercício com ambições legítimas a conquistar o primeiro campeonato sueco do seu historial, apesar do maior favoritismo pender para IFK Gotemburgo, campeão em título e que garantiu a continuidade de quase toda a estrutura que assegurou o êxito, e IF Elfsborg, vencedor da prova em 2006 e que apostava forte em recuperar o troféu perdido no último exercício. Um excelente arranque de Liga, com 6 vitórias nas primeiras 7 partidas, lançaria o Kalmar na liderança isolada da prova, e nem mesmo a perda do brasileiro César Santin, principal «estrela» dos «Irmãos Vermelhos», transferido, durante o «Mercado de Verão», para o FC Copenhaga, constituiu obstáculo para a obtenção do inédito campeonato do clube mais representativo de uma cidade do sudeste da Suécia com pouco mais de 60 mil habitantes. Uma conquista que teve tanto de difícil como de legítima, já que os comandados de Nanne Bergstrand, sempre fiel a uma ideia de jogo ofensiva, bem expressa nos 70 golos obtidos ao longo do exercício, que afiançaram, com largo avanço sobre os rivais, o ataque mais produtivo da Liga, souberam resistir a uma perigosa quebra de produção na entrada para a recta final da competição, com 3 derrotas entre a jornada 23 e 26, o que permitiu uma aproximação final do Elfsborg, equipa que se destacou pela solidez do ponto de vista defensivo. Se é certo que a goleada caseira diante do IFK Norrköping (6-0), na penúltima jornada, escancarou as portas do título ao Kalmar FF, este só seria definitivamente confirmado na ronda derradeira com um empate na deslocação ao terreno do Halmstads (2-2). Pelo caminho ficara, pouco mais de um mês antes, a revalidação do triunfo na Taça, perdida para o IFK Gotemburgo, protagonista de uma época irregular, que cedo o afastou da luta pelo bicampeonato, após uma final disputadíssima, apenas decida no desempate por pontapés da marca de grande penalidade.

 

Classificação:

 1.Kalmar FF             30  20  4  6  70-32  64  Campeão; Liga Campeões (2ª pré)
 2.IF Elfsborg           30  19  6  5  49-18  63  Liga Europa (2ª pré)
 3.IFK Gotemburgo        30  15  9  6  50-26  54  Liga Europa (3ª pré)
 4.Helsingborgs IF       30  16  6  8  54-41  54  Liga Europa (1ª pré)
 5.AIK Solna             30  12  9  9  36-32  45  
 6.Malmö FF              30  12  8 10  51-46  44
 7.Örebro SK FK          30  11  9 10  36-39  42
 8.Halmstads BK          30  11  8 11  41-38  41
 9.Hammarby IF FF        30  11  8 11  44-51  41  
10.Trelleborgs FF        30   9 13  8  33-31  40
11.GAIS Gotemburgo       30   9 11 10  30-36  38  
12.Djurgårdens IF        30   9  9 12  30-41  36  
13.Gefle IF              30   7  7 16  33-42  28  
 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
14.Ljungskile SK         30   6  6 18  23-52  24  Playoff
------------------------------------------------
15.GIF Sundsvall         30   5  7 18  26-54  22  Despromovido
16.IFK Norrköping FK     30   4  8 18  31-58  17  Despromovido

 

Playoff

[entre o Ljungskile SK, 14º classificado da 1ªDivisão, e o IF Brommapojkarna, o 3º classificado da 2ªDivisão]

IF Brommapojkarna – Ljungskile SK, 0-0
Ljungskile SK – IF Brommapojkarna, 1-1

– O Ljungskile SK desceu à 2ªDivisão.
– O IF Brommapojkarna subiu à 1ªDivisão.

 

Quem Subiu:

Örgryte IS, BK Häcken
+ IF Brommapojkarna (via Playoff).

 

Melhores Marcadores

Patrik INGELSTEN (Kalmar FF), 19
ANSELMO Tadeu do Nascimento (Halmstad), 15
VIKTOR ELM (Kalmar FF), 15
Henrik LARSSON (Helsingborg), 14
Ola TOIVONEN (Malmö FF), 14
Charlie DAVIES (Hammarby), 14
Hans BERGGREN (Gefle), 12
Mauro ÓBOLO (AIK), 10
Edward OFERE (Malmö FF), 9
René MAKONDELE (Helsingborg), 9
Christoffer ANDERSSON (Helsingborg), 9
CÉSAR SANTIN (Kalmar FF), 9
Kim OLSEN (Örebro), 9
Francisco WANDERSON do Carmo (GAIS), 9
Fredrik BERGLUND (Elfsborg), 8
Pontus WERNBLOOM (IFK Gotemburgo), 8
Stefan ISHIZAKI (Elfsborg), 8
Sebastian RAJALAKSO (Djurgården), 7
DAVID ELM (Kalmar FF), 7
Jonas WALLERSTEDT (IFK Gotemburgo), 7
Andreas DRUGGE (Trelleborg), 7
Johan OREMO (Djurgården), 7

 

Dados Relevantes

O Campeão

1º título sueco do Kalmar FF, clube que deu sequência ao 2º lugar obtido na temporada anterior. O Kalmar FF, que já havia sido vice-campeão sueco em 1985, conquistou o campeonato na sua quinta época consecutiva no escalão principal, depois de vencer, em 2003, o título de campeão da 2ªDivisão (Superettan).

Clubes com mais títulos

IFK Gotemburgo (18), Malmö FF (15), Örgryte IS (14), IFK Norrköping (12), Djurgården IF (11), AIK Solna (10), GAIS e Helsingborgs IF (6), IF Elfsborg (5), Halmstads BK e Östers IF (4).

Mais vitórias

Kalmar FF (20).

Menos derrotas

IF Elfsborg (5).

Melhor ataque

Kalmar FF (70).

Melhor defesa

IF Elfsborg (18).

Menos empates

Kalmar FF (4).

Mais empates

Trelleborgs FF (13).

Menos vitórias

IFK Norrköping (4).

Mais derrotas

Ljungskile SK, GIF Sundsvall e IFK Norrköping (18).

Pior ataque

Ljungskile SK (23).

Pior defesa

IFK Norrköping (58).

Melhor equipa nos jogos em casa

IF Elfsborg (40). 13 vitórias, 1 empate e 1 derrota.

Melhor equipa nos jogos fora de casa

Kalmar FF (26). 8 vitórias, 2 empates e 5 derrotas.

Melhor série de vitórias consecutivas

Kalmar FF (6).

Melhor série de jogos consecutivos sem perder

Trelleborgs FF e Hammarby IF (10).

Pior série de derrotas consecutivas

Djurgårdens IF, IFK Norrköping e Ljungskile SK (5).

Pior série de jogos consecutivos sem vencer

GIF Sundsvall (11).

Média de golos

2,7 golos por jogo. Representou um acréscimo de 0,1 em relação à temporada anterior (média de 2,6 golos por jogo).

Jogo com mais golos

Hammarby IF – Malmö FF (3-6).

Maiores goleadas

Malmö FF – GIF Sundsvall (6-0), Kalmar FF – IFK Norrköping (6-0).

Resultados mais comuns

1-0 (40), 2-1 (38), 2-0 (29), 1-1 (26), 0-0 (24).

Percentagem de jogadores suecos utilizados na Liga

67,3%. Representou um decréscimo de 4,3% em relação à época anterior (71,6%).

Equipa mais nacional

Trelleborgs FF – 91,6% de utilização de jogadores suecos.

Equipa menos nacional

Djurgårdens IF – 50,1% de utilização de jogadores suecos.

Países mais representados (utilização em jogos da Liga)

Suécia (67,3%), Brasil (3,8%), Islândia (3,3%), Finlândia (3,1%), Dinamarca (1,9%) e Nigéria (1,7%).

Jogadores

Paulino Lopes Tavares (Trelleborgs FF, 11 jogos/2 golos), antigo jogador do Campomaiorense, de 24 anos, com formação realizada entre o Cultural da Pontinha e o Benfica, estreou-se, em 2008, na Liga sueca, depois de uma passagem de mais de três anos pelas divisões inferiores do futebol francês. Apenas realizou uma partida completa, mas marcou dois golos, nas vitórias diante do GAIS (3-1, em casa) e do IFK Gotemburgo (2-0, fora).

Jogadores mais utilizados

– Daniel Andersson, Helsingborgs IF, 30 jogos, 2700 minutos de utilização (totalista)
– Daniel Bernhardsson, Gefle IF, 30 jogos, 2700 minutos de utilização (totalista)
– Kim Christensen, IFK Gotemburgo, 30 jogos, 2700 minutos de utilização (totalista)
– Bobbie Friberg da Cruz, GAIS Gotemburgo, 30 jogos, 2700 minutos de utilização (totalista)
– Mattias Hugosson, Gefle IF, 30 jogos, 2700 minutos de utilização (totalista)
– Mauro Ivan Óbolo, AIK Solna, 30 jogos, 2700 minutos de utilização (totalista)
– Johan Wiland, IF Elfsborg, 30 jogos, 2700 minutos de utilização (totalista).

Jogadores com melhor média pontual

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 16 jogos)

– Rasmus Jönnson, Helsingborgs IF, 2,278 (18 jogos)
– Mikael Eklund, Kalmar FF, 2,235 (17 jogos)
– Henrik Rydström, Kalmar FF, 2,231 (26 jogos)
– Patrick Ingelsten, Kalmar FF, 2,207 (29 jogos)
– Joakim Lantz, Kalmar FF, 2,200 (20 jogos)
– Johan Karlsson, IF Elfsborg, 2,185 (27 jogos).

O melhor marcador

Patrick Ingelsten (Kalmar FF)
19 golos em 29 jogos
11 golos apontados em casa e 8 em jogos extramuros
8 golos obtidos na primeira parte e 11 na segunda parte
Marcou golos em 14 partidas: dez golos foram «solitários», aos quais juntou ainda três «duplas» e uma «tripla», obtida na recepção vitoriosa (4-0) ao GAIS Gotemburgo.

Jogador com a melhor série de jogos consecutivos a marcar golos

Charlie Davies (Hammarby IF) e Sebastian Rajalasko (Djurgårdens IF), 5.

Jogador mais eficaz

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 16 jogos)

Patrick Ingelsten (Kalmar FF), 1 golo a cada 127 minutos de utilização.

Melhor «joker» – jogador com mais golos como suplente utilizado

Hasse Berggren (Gefle IF) e Andreas Kristoffersson (Ljungskile SK), 3 golos em 6 partidas como suplente utilizado.

Guarda-redes menos batido

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 16 jogos)

Johan Wiland (IF Elfsborg), 0,60 golos sofridos por jogo.

Guarda-redes com mais «balizas-virgens»

Johan Wiland (IF Elfsborg), 19 em 30 jogos.

Guarda-redes com melhor percentagem de «balizas-virgens»

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 16 jogos)

Johan Wiland (IF Elfsborg), 63,3% (19 em 30 jogos).

Guarda-redes que mais minutos esteve sem sofrer golos

Johan Wiland (IF Elfsborg), 699 minutos, numa série iniciada na 5ª jornada e que se prolongou até à 13ª jornada.

 

Taça

21-9-2008
Kalmar FF, 0
IFK Gotemburgo, 0

O IFK Gotemburgo venceu a Taça, após o desempate por pontapés da marca de grande penalidade, ao bater o Kalmar FF por 5-4.

 

Supertaça

22-3-2008
IFK Gotemburgo, 3 (Jonas Wallerstedt, 24. e 82., Hjalmar Jónsson, 67.)
Kalmar FF, 1 (César Santin, 87.)

 

KALMAR FF: O CAMPEÃO

 
Estatísticas

Nac. Pos. Nome J G A V Min.
SWE M Jimmie AUGUSTSSON 11 0 1 0 535
SWE G Zlatan AZINOVIC 1 0 0 0 90
BRA AM CÉSAR SANTIN 15 9 1 0 1.297
BRA AM DANIEL SOBRALENSE 19 5 3 0 687
NGA A Abiola DAUDA 21 5 0 0 720
SWE D Mikael EKLUND 17 0 1 0 1.401
SWE A David ELM 27 7 4 0 2.007
SWE M Rasmus ELM 27 5 3 0 2.249
SWE M Viktor ELM 30 15 1 0 2.614
SWE AM Patrik INGELSTEN 29 19 0 0 2.403
SWE M Erik ISRAELSSON 3 0 0 0 122
SWE M Lasse JOHANSSON 23 0 1 0 962
SWE D Joachim LANTZ 20 0 0 0 1.701
SWE DM Stefan LARSSON 18 1 1 0 979
SWE DM Petter LENNARTSSON 4 0 2 0 267
SWE D Marcus LINDBERG 26 1 6 0 2.314
BRA A MARCEL Silva 4 0 0 0 41
SWE M Marcus MÅRTENSSON 1 0 0 0 4
SWE D Emin NOURI 12 0 1 0 1.080
SWE A Robin ÖSTLIND 1 0 0 0 12
SWE D Patrik ROSENGREN 22 1 1 0 1.659
SWE M Henrik RYDSTRÖM 26 1 7 1 2.300
FRA D Arthur SORIN 21 0 0 0 1.613
SWE G Petter WASTÅ 29 0 0 0 2.610

 
A Táctica

Kalmar FF: táctica

 

Treinador Campeão

Nanne Bergstrand
foto © Scanpix

NANNE BERGSTRAND

Técnico com um trajecto ascensional no futebol sueco, Nanne Bergstrand atingiu, aos 52 anos, o ponto mais alto da sua carreira, ao conduzir o Kalmar FF ao primeiro título nacional do seu historial, o que fortaleceu o seu estatuto de herói local, depois do triunfo na Taça e do vice-campeonato em 2007. À frente dos destinos dos «Irmãos vermelhos» desde o final de 2002, Bergstrand guiou o clube, em 2003, à divisão principal, onde consolidou a sua posição ao longo dos últimos anos. Fiel a uma ideia de jogo ofensiva, suportada por um 4x3x3, soube ultrapassar a perda do extremo César Santin, maior «estrela» do conjunto, que se transferiu a meio da temporada para o Copenhaga, e revelou sagacidade na gestão da ansiedade do colectivo, ao não permitir que a equipa soçobrasse após somar três derrotas entre a jornada 23 e 26, que relançaram a luta pelo campeonato.

 

Equipas-Tipo

[accordion title=”IF ELFSBORG“]

IF Elfsborg[/accordion]

[accordion title=”IFK GOTEMBURGO“]

IFK Gotemburgo[/accordion]

[accordion title=”HELSINGBORGS IF“]

Helsingborgs IF[/accordion]

[accordion title=”AIK SOLNA“]

AIK Solna[/accordion]

[accordion title=”MALMÖ FF“]

Malmö FF[/accordion]

[accordion title=”ÖREBRO SK FK“]

Örebro SK FK[/accordion]

[accordion title=”HALMSTADS BK“]

Halmstads BK[/accordion]

[accordion title=”HAMMARBY IF FF“]

Hammarby IF FF[/accordion]

[accordion title=”TRELLEBORGS FF“]

Trelleborgs FF[/accordion]

[accordion title=”GAIS GOTEMBURGO“]

GAIS Gotemburgo[/accordion]

[accordion title=”DJURGÅRDENS IF“]

Djurgårdens IF[/accordion]

[accordion title=”GEFLE IF“]

Gefle IF[/accordion]

[accordion title=”LJUNGSKILE SK“]

Ljungskile SK[/accordion]

[accordion title=”GIF SUNDSVALL“]

GIF Sundsvall[/accordion]

[accordion title=”IFK NORRKÖPING FK“]

IFK Norrköping FK[/accordion]

 

O «ONZE» DO ANO

Suécia 2008: onze do ano

 

Figuras da Época

Johan Wiland
foto © BJÖRN LARSSON ROSVALL/SCANPIX

Johan Wiland (IF Elfsborg)

Mattias Bjärsmyr
foto © Lennart Månsson/Bildbyrån

Mattias Bjärsmyr (IFK Gotemburgo)

Teddy Lucic
foto © fotbollsverige.se

Teddy Lucic (IF Elfsborg)

Ragnar Sigurdsson
foto © Sami Grahn

Ragnar Sigurdsson (IFK Gotemburgo)

Gustav Svensson
foto © google.se

Gustav Svensson (IFK Gotemburgo)

Rasmus Elm
foto © Andreas Hillergren

Rasmus Elm (Kalmar FF)

Petter Andersson
foto © hammarbyfotboll.se

Petter Andersson (Hammarby IF)

Viktor Elm
foto © Arne Forsell

Viktor Elm (Kalmar FF)

Stefan Ishizaki
foto © Bildbyrån

Stefan Ishizaki (IF Elfsborg)

Patrik Ingelsten
foto © Bildbyrån

Patrik Ingelsten (Kalmar FF)

Ola Toivonen
foto © Bildbyrån

Ola Toivonen (Malmö FF)

 
foto de abertura © Scanpix


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.