Turquia 2008/09

Beşiktaş JK
Beşiktaş JK

Balanço

S

eis anos depois, o Besiktas conquistou a Liga turca, na sequência de uma temporada atípica marcada pelo rendimento inconstante dos três grandes de Istambul, que permitiu a intromissão de Sivasspor e Trabzonspor na luta pelo título. Se é certo que Galatasaray e Fenerbahçe, apontados inicialmente como grandes favoritos, até pelo elevado investimento efectuado no reforço dos plantéis, acabaram por se revelar enormes desilusões, como prova o facto de ambos os clubes terem realizado o segundo pior campeonato da última década, o Besiktas, bem menos agressivo no ataque ao «Mercado» no Verão, conseguiu superar a turbulência que marcou o início da época e conquistou a sua primeira «dobradinha» desde 1990. Como alicerce do êxito das «Águias Negras» esteve a aposta no experiente técnico Mustafa Denizli que, no início de Outubro, rendeu o desgastado Ertugrul Saglam, demitido após o humilhante afastamento na eliminatória de acesso à fase de grupos da Taça UEFA, na sequência de uma pesada derrota diante do Metalist (1-4) e de 2 empates nas primeiras 5 jornadas da Liga. Inteligente a gerir o plantel à sua disposição e a abordar as especificidades de cada jogo, que conduziram a algumas variações no modelo táctico consoante o adversário, Denizli mostrou-se igualmente assertivo nos reajustamentos efectuados no plantel em Janeiro com as aquisições do médio alemão Fabian Ernst, ex-Schalke 04, e do veterano playmaker Yusuf Simsek, ex-Bursaspor, a revelarem-se decisivas para a espectacular segunda metade de temporada, que conduziu o Besiktas ao título nacional – desfazendo o sonho do Sivasspor de alcançar o primeiro campeonato do seu historial, depois de ter liderado a prova, de forma isolada, entre a 15ª e a 30ª jornada – e à vitória na Taça, onde derrotou o Fenerbahçe. Com isso, Mustafa Denizli tornou-se no primeiro técnico a sagrar-se campeão pelos três grandes de Istambul, como também entrou para a história do Besiktas ao ser o primeiro treinador turco a conduzir as «Águias Negras» ao título nacional.

 

Classificação:

 1.Beşiktaş JK                34 21  8  5  60-30  71  Campeão; L.Campeões (f.grupos)
 2.Sivasspor K                34 19  9  6  54-28  66  Liga Campeões (3ª pré)
 3.Trabzonspor K              34 19  8  7  54-34  65  Liga Europa (elim. acesso)
 4.Fenerbahçe SK              34 18  7  9  60-36  61  Liga Europa (3ª pré)
 5.Galatasaray SK             34 18  7  9  57-39  61  Liga Europa (2ª pré)
 6.Bursaspor K                34 16 10  8  47-36  58
 7.Kayserispor K              34 13 11 10  38-26  50
 8.Gaziantepspor K            34 12 11 11  46-48  47
 9.İstanbul BB SK             34 12  6 16  37-46  42
10.BB Ankaraspor K            34 11  8 15  36-42  41
11.Eskişehirspor              34 10 10 14  45-49  40
12.Antalyaspor                34 10 10 14  34-42  40
13.MKE Ankaragücü SK          34 11  6 17  36-47  39
14.Gençlerbirliği SK          34 10  8 16  38-50  38
15.Denizlispor                34 11  5 18  39-52  38
-----------------------------------------------------
16.Konyaspor                  34 10  8 16  35-46  38  Despromovido
17.Kocaelispor İzmit          34  8  5 21  47-73  29  Despromovido
18.Hacettepespor K Ankara     34  5  7 22  24-63  22  Despromovido

 

Quem Subiu:

Manisaspor, Diyarbakırspor, Kasımpaşa SK.

 

Melhores Marcadores

Milan BAROS (Galatasaray SK), 20
TANER Gülleri (Kocaelispor İzmit), 18
GÖKHAN ÜNAL (Trabzonspor K), 15
UMUT BULUT (Trabzonspor K), 14
MEHMET YILDIZ (Sivasspor K), 14
Souleymane YOULA (Eskişehirspor), 13
André Soares da Silva «BETO CACHOEIRA» (Gaziantepspor K), 12
Deyvison da Silva «BÓBÔ» (Beşiktaş JK), 11
SERCAN Yildirim (Bursaspor K), 11
Alexsandro de Souza «ALEX» (Fenerbahçe SK), 11
Daniel GÜIZA (Fenerbahçe SK), 11
RODRIGO TABATA (Gaziantepspor K), 11
Hervé TUM (Sivasspor K), 10
Filip HOLOSKO (Beşiktaş JK), 10
MÁRCIO NOBRE (Beşiktaş JK), 10
Silvino de Carvalho «JABÁ» (MKE Ankaragücü SK), 9
MEHMET Çakir (BB Ankaraspor K), 9
BATUHAN Karadeniz (Eskişehirspor), 9
MEHMET TOPUZ (Kayserispor K), 9
MUSTAFA Pektemek (Gençlerbirliği SK), 8
Harry KEWELL (Galatasaray SK), 8
LINCOLN de Souza Soares (Galatasaray SK), 8
Darryl ROBERTS (Denizlispor), 8
Roman KRATOCHVÍL (Konyaspor), 8
Serge DJIEHOUA (Antalyaspor), 8

 

Dados Relevantes

O Campeão

11º título turco do Besiktas, clube que quebrou um jejum de seis anos de conquistas, pois já não vencia o campeonato desde 2002/03.

Clubes com mais títulos

Fenerbahçe SK e Galatasaray SK (17), Beşiktaş JK (11) e Trabzonspor K (6).

Mais vitórias

Beşiktaş JK (21).

Menos derrotas

Beşiktaş JK (5).

Melhor ataque

Beşiktaş JK e Fenerbahçe SK (60).

Melhor defesa

Kayserispor K (26).

Menos empates

Denizlispor e Kocaelispor İzmit (5).

Mais empates

Kayserispor K e Gaziantepspor K (11).

Menos vitórias

Hacettepespor K Ankara (5).

Mais derrotas

Hacettepespor K Ankara (22).

Pior ataque

Hacettepespor K Ankara (24).

Pior defesa

Kocaelispor İzmit (73).

Melhor equipa nos jogos em casa

Sivasspor K (42). 13 vitórias, 3 empates e 1 derrota.

Melhor equipa nos jogos fora de casa

Trabzonspor K (33). 10 vitórias, 3 empates e 4 derrotas.

Melhor série de vitórias consecutivas

Sivasspor K e BB Ankaraspor K (5).

Melhor série de jogos consecutivos sem perder

Beşiktaş JK (13).

Pior série de derrotas consecutivas

Kocaelispor İzmit (7).

Pior série de jogos consecutivos sem vencer

Hacettepespor K Ankara (13).

Média de golos

2,6 golos por jogo. Exactamente a mesma da temporada anterior (média de 2,6 golos por jogo).

Jogos com mais golos

Eskişehirspor – Trabzonspor K (2-5), Gaziantepspor K – Kocaelispor İzmit (5-2), Galatasaray SK – Kocaelispor İzmit (2-5), Fenerbahçe SK – Hacettepespor K Ankara (7-0), Eskişehirspor – İstanbul BB SK (6-1), Kocaelispor İzmit – Gaziantepspor K (2-5), Eskişehirspor – Denizlispor (4-3), Denizlispor – Bursaspor K (4-3), Beşiktaş JK – Kocaelispor İzmit (5-2), Fenerbahçe SK – Bursaspor K (5-2).

Maior goleada

Fenerbahçe SK – Hacettepespor K Ankara (7-0).

Resultados mais comuns

2-1 (51), 1-0 (49), 2-0 (47), 0-0 (34), 1-1 (29).

Percentagem de jogadores turcos utilizados na Liga

63,0%. Representou um decréscimo de 5,1% em relação à época anterior (68,1%).

Equipa mais nacional

Antalyaspor – 76,9% de utilização de jogadores turcos.

Equipa menos nacional

Beşiktaş JK – 41,9% de utilização de jogadores turcos.
O Beşiktaş JK foi a única equipa participante na Liga que ficou abaixo dos 50% de utilização de jogadores turcos.

Países mais representados (utilização em jogos da Liga)

Turquia (63,0%), Brasil (9,3%), Camarões (2,5%), Croácia e Argentina (1,6%), Austrália (1,5%), Alemanha, Guiné-Conacri e Eslováquia (1,4%).

Portugueses

Fernando Meira e Neca foram os dois representantes portugueses na edição 2008/09 da Liga turca. Meira, um estreante na competição, rumou, em Julho de 2008, do Estugarda para o Galatasaray, que investiu 4 milhões de euros na sua aquisição por indicação do técnico alemão Michael Skibbe. Titular indiscutível dos «Leões», no centro da defesa, onde foi mais utilizado, ou como unidade mais recuada do sector intermediário, acabou por não terminar a temporada na Turquia, já que, em Março de 2009, aceitou rumar aos russos do Zenit, que investiram 5,1 milhões de euros na sua aquisição. A sua experiência no futebol turco valeu-lhe uma Supertaça, conquistada no seu primeiro jogo oficial pelo Galatasaray. Já o médio Neca, que vem a realizar um trajecto muito interessante no futebol turco, assumiu grande protagonismo na excelente primeira volta do Ankaraspor – apontou 5 golos nas primeiras 17 jornadas -, que parecia querer intrometer-se na luta pelos lugares cimeiros da classificação. Contudo, à semelhança da equipa, caiu bastante de produção durante a segunda metade da competição, terminando o exercício com 6 golos – segundo melhor marcador do clube – e 3 assistências.

Os números dos 2 jogadores portugueses na Liga turca 2008/09: Fernando Meira (Galatasaray SK, 21 jogos/0 golos); Neca (BB Ankaraspor K, 27 jogos/6 golos).

Jogadores mais utilizados

– Souleymanou Hamidou, Kayserispor K, 34 jogos, 3060 minutos de utilização (totalista)
– Fábio Bilica, Sivasspor K, 34 jogos, 2976 minutos de utilização
– Eren Güngör, Kayserispor K, 33 jogos, 2970 minutos de utilização
– Serkan Kirintili, MKE Ankaragücü SK, 33 jogos, 2970 minutos de utilização
– Roman Kratochvíl, Denizlispor e Konyaspor, 33 jogos, 2962 minutos de utilização
– Erhan Güven, BB Ankaraspor K, 33 jogos, 2921 minutos de utilização.

Jogadores com melhor média pontual

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 18 jogos)

– Ugur Inceman, Beşiktaş JK, 2,286 (21 jogos)
– Edouard Cissé, Beşiktaş JK, 2,241 (29 jogos)
– Lincoln, Galatasaray SK, 2,130 (23 jogos)
– Rodrigo Tello, Beşiktaş JK, 2,125 (32 jogos)
– Ekrem Dag, Beşiktaş JK, 2,120 (25 jogos)
– Ibrahim Toraman, Beşiktaş JK, 2,107 (28 jogos).

O melhor marcador

Milan Baros (Galatasaray SK)
20 golos em 31 jogos
10 golos apontados em casa e 10 em jogos extramuros
10 golos obtidos na primeira parte e 10 na segunda parte
Marcou golos em 13 partidas: oito golos foram «solitários», aos quais juntou ainda três «duplas» e duas «triplas», ambas obtidas em jogos em casa, diante do Hacettepespor K Ankara (3-1, 13ª jornada) e do Beşiktaş JK (4-2, 16ª jornada).

Jogador com a melhor série de jogos consecutivos a marcar golos

Não se verificou nenhuma série digna de registo.

Jogador mais eficaz

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 18 jogos)

Milan Baros (Galatasaray SK), 1 golo a cada 114 minutos de utilização.

Melhor «joker» – jogador com mais golos como suplente utilizado

Gökhan Gülec (Bursaspor K), 4 golos em 15 partidas como suplente utilizado.

Guarda-redes menos batido

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 18 jogos)

Souleymanou Hamidou (Kayserispor K), 0,76 golos sofridos por jogo.

Guarda-redes com mais «balizas-virgens»

Souleymanou Hamidou (Kayserispor K), 17 em 34 jogos.

Guarda-redes com melhor percentagem de «balizas-virgens»

(entre os jogadores que completaram mais de metade da época: 18 jogos)

Souleymanou Hamidou (Kayserispor K), 50,0% (17 em 34 jogos).

Guarda-redes que mais minutos esteve sem sofrer golos

Dimitar Ivankov (Bursaspor K), 506 minutos, numa série iniciada na 25ª jornada e que se prolongou até à 30ª jornada.

Treinadores

Contratado no início de Abril pelo Gaziantepspor, José Couceiro iniciou uma nova aventura no futebol europeu, procurando dar sequência ao bom trabalho realizado na Selecção principal da Lituânia. Acompanhado por Quinito, que assumiu o papel de técnico adjunto, Couceiro aproveitou as últimas 8 jornadas da Liga para conhecer o plantel à sua disposição, onde os brasileiros Rodrigo Tabata e Beto «Cachoeira» são os maiores destaques, de forma a lançar as bases para o ambicioso projecto de atingir a qualificação europeia em 2009/10. 2 vitórias, 4 empates e 2 derrotas, que consumam uma média pontual de 1,25 por jogo, permitiram ao treinador português garantir o 8º lugar final, exactamente a mesma posição que o clube ocupava quando assumiu o comando técnico, mas apresentou uma média pontual inferior aos seus antecessores: Nurullah Saglam (1,348 de média de pontos por jogo, entre a 1ª e a 23ª jornada) e Seckin Saglam (2,0 de média de pontos por jogo, entre a 24ª e a 26ª jornada). A prova de fogo chegará no novo exercício, numa Liga pouco estável para os treinadores, como atestam as quase duas dezenas de «chicotadas» no decurso da última temporada.

 

Taça

13-5-2009
Fenerbahçe SK, 2 (Dani Güiza, 27., Alex, 90., de grande penalidade)
Beşiktaş JK, 4 (Yusuf Simsek, 6., Bóbô, 56. e 74., Filip Holosko, 80.)

 

Supertaça

17-8-2008
Galatasaray SK, 2 (Harry Kewell, 66., Shabani Nonda, 73.)
Kayserispor K, 1 (Mehmet Topuz, 88.)

 

BEŞIKTAŞ JK: O CAMPEÃO

 
Estatísticas

Nac. Pos. Nome J G A V Min.
TUR DM ALI Tandogan 6 0 1 0 305
TUR M AYDIN Karabulut 3 0 0 0 141
TUR A BATUHAN Karadeniz 3 1 0 0 102
BRA A Deyvison da Silva «BÓBÔ» 32 11 1 0 1.995
FRA M Edouard CISSÉ 29 0 4 1 2.241
ARG M Matías DELGADO 26 6 1 1 1.828
TUR MD EKREM DAG 25 1 1 0 2.010
SWE M ERKAN ZENGIN 2 0 0 0 48
GER M Fabian ERNST 16 2 3 0 1.381
TUR D GÖKHAN ZAN 19 1 2 0 1.523
TUR G HAKAN Arikan 6 0 0 0 464
SVK AM Filip HOLOSKO 30 10 3 0 1.937
TUR DM IBRAHIM TORAMAN 28 2 6 1 2.474
TUR DM IBRAHIM ÜZÜLMEZ 27 0 3 0 2.266
BRA A MÁRCIO NOBRE 27 10 3 0 1.841
TUR G RÜSTÜ Reçber 29 0 5 0 2.596
TUR DM SERDAR KURTULUS 14 0 2 0 957
TUR M SERDAR ÖZKAN 25 1 4 0 1.151
CRO D Anthony SERIC 3 0 0 0 158
CZE DM Tomás SIVOK 29 2 9 1 2.454
CHI MD Rodrigo TELLO 32 6 3 0 2.277
TUR M UGUR INCEMAN 21 0 1 0 621
TUR M YUSUF SIMSEK 17 3 3 0 856
CZE D Tomás ZÁPOTOCNÝ 23 2 4 1 1.866

 
A Táctica

Beşiktaş JK: táctica

 

Treinador Campeão

Mustafa Denizli
foto © guncel.net

MUSTAFA DENIZLI

Experiente técnico turco, de 59 anos, foi o escolhido para render, no início de Outubro de 2008, o desgastado Ertugrul Saglam, concretizando o sonho de orientar o Besiktas, o seu clube de coração. Não podia ser mais feliz: recuperou uma equipa que parecia sem rumo e conseguiu a «dobradinha», tornando-se no primeiro treinador a sagrar-se campeão pelos três grandes de Istambul, pois já havia vencido a Liga turca pelo Galatasaray (1987/88) e Fenerbahçe (2000/01). Adepto do 4x2x3x1, o seu esquema táctico de eleição, mostrou sagacidade a adaptar a sua equipa às especificidades e incidências de cada jogo, o que o levou a alterná-lo, sobretudo, com o 4x4x2 losango, mas também recorreu ao 4x4x2 clássico e ao 3x5x2, esquemas que lhe permitiam utilizar em simultâneo dois dos seus três avançados: Bóbô, Márcio Nobre e Holosko. Denizli, que orientou a Selecção AA turca entre 1996 e 2000, conseguiu juntar futebol de qualidade aos títulos, o que deixou os adeptos das «Águias Negras» em êxtase.

 

Equipas-Tipo

[accordion title=”SIVASSPOR K“]

Sivasspor K[/accordion]

[accordion title=”TRABZONSPOR K“]

Trabzonspor K[/accordion]

[accordion title=”FENERBAHÇE SK“]

Fenerbahçe SK[/accordion]

[accordion title=”GALATASARAY SK“]

Galatasaray SK[/accordion]

[accordion title=”BURSASPOR K“]

Bursaspor K[/accordion]

[accordion title=”KAYSERISPOR K“]

Kayserispor K[/accordion]

[accordion title=”GAZIANTEPSPOR K“]

Gaziantepspor K[/accordion]

[accordion title=”İSTANBUL BB SK“]

İstanbul BB SK[/accordion]

[accordion title=”BB ANKARASPOR K“]

BB Ankaraspor K[/accordion]

[accordion title=”ESKIŞEHIRSPOR“]

Eskişehirspor[/accordion]

[accordion title=”ANTALYASPOR“]

Antalyaspor[/accordion]

[accordion title=”MKE ANKARAGÜCÜ SK“]

MKE Ankaragücü SK[/accordion]

[accordion title=”GENÇLERBIRLIĞI SK ANKARA“]

Gençlerbirliği SK[/accordion]

[accordion title=”DENIZLI SK“]

Denizlispor[/accordion]

[accordion title=”KONYASPOR K“]

Konyaspor[/accordion]

[accordion title=”KOCAELISPOR İZMIT“]

Kocaelispor İzmit[/accordion]

[accordion title=”HACETTEPESPOR K ANKARA“]

Hacettepespor K Ankara[/accordion]

 

O «ONZE» DO ANO

Turquia 2008/09: onze do ano

 

Figuras da Época

Michael Petkovic
foto © spor.mynet.com

Michael Petkovic (Sivasspor)

Gökhan Gönül
foto © google.com.tr

Gökhan Gönül (Fenerbahçe)

Diego Lugano
foto © Reuters

Diego Lugano (Fenerbahçe)

Fábio Bilica
foto © hamachiturk.com

Fábio Bilica (Sivasspor)

Hrvoje Cale
foto © Getty Images

Hrvoje Cale (Trabzonspor)

Fabian Ernst
foto © AP

Fabian Ernst (Besiktas)

Arda Turan
foto © google.com.tr

Arda Turan (Galatasaray)

Mehmet Topuz
foto © haberler.com

Mehmet Topuz (Kayserispor)

Rodrigo Tabata
foto © google.com.tr

Rodrigo Tabata (Gaziantepspor)

Rodrigo Tello
foto © Reuters

Rodrigo Tello (Besiktas)

Milan Baros
foto © Getty Images

Milan Baros (Galatasaray)

 
foto de abertura © turkspor.net


Rui Malheiro

 
analista de futebol, scout e autor. freelancer. escreveu Anuário do Futebol 2008/09 e Anuário do Futebol 2009/10.